First  Prev  1  2  3  Next  Last
Post Reply Kimi no na wa is overrated!?
1048 cr points
Send Message: Send PM GB Post
20 / M / Brasília
Online
Posted 10/2/17 , edited 10/7/17
Assisti Kimi no na wa hà pouco tempo e achei tão Superestimado, eu não consigo aceita esta segunda posição no MAL e vários reviews dizendo que este filme foi 10/10, Koe no Katachi para mim foi um anime de romance superior por alguns motivos, talvez o hype que eu criei pela qtd de elogios possam ter atrapalhado ligeiramente minha experiência com o anime, mas realmente não entendo o porque desta superestimação, o que vocês acham sobre isso?
270 cr points
Send Message: Send PM GB Post
Offline
Posted 10/2/17 , edited 10/7/17
Acho a mesma coisa, Koe no Katachi foi magico pra mim, já Kimi no na wa foi tão meia boquinha
157 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M
Offline
Posted 10/3/17 , edited 10/7/17
vou assistir o koe no katachi depois volto aqui !


.....



Baixei o koe no katachi em 1080p mais de 5 gb demorou um pouco .....

em fim... resumindo .... superestimado mesmo são os cérebros das pessoas que depois de anos assistindo animes se acham fodonas, mas não conseguem entender uma coisa só ..... "filmes da Marvel ou DC ? " , aqui é o mesmo caso, cada obra com sua historia com seu foco isolado, trazendo emoções diferentes de pontos de vistas diferentes, de perspectiva, enredo, proposito, concepção, compreensão, narrativa, dilema, filosofia e fotografia completamente diferentes... as duas são ótimas por motivos diferentes ( tem suas falhas tbm )... só que nenhuma das duas teve um reconhecimento menor do que devia nem maior do que devia !!! as coisas são como são os números e os comentários são justamente as impressões que as pessoas tem da obra, do que viram do que sentiram !

Mas por ser romance um filme pras massas não gostei do final aberto de koe no katachi... pelo menos o kimi no na wa foi mais digamos assim romântico, clichê mas romântico, afinal o romance é clichê !
1357 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Fortaleza - CE
Offline
Posted 10/3/17 , edited 10/6/17
Sendo algo de autoria do Makoto Shinkai é bem normal que tenha tido grande expectativa pelo seu lançamento, mas de fato foi superestimado. Acho até que vale uma nota 10, mas fica no mesmo nível de filmes anteriores dele como o do jardim e aquele da menina e o gato (a série de 4 episódios).

19194 cr points
Send Message: Send PM GB Post
18 / M / Belo Horizonte/MG
Offline
Posted 10/3/17 , edited 10/7/17
Sempre que olhava as notas do MAL como uns dos meus paramentos para assistir ou ler algo, fico decepcionado, hoje em dia esse site apenas me serve para saber algo sobre a staff da obra. No caso de Kimi no na wa, este filme já estava do aguardo para assistir e não procurei informações além da sinopse e sua staff, e como é de autoria do Shinkai, assistiria com certeza, já que sou fã dele. Conclusão, o filme estava no mesmo nível dos outros, como disse o Saint- Fernando, a obra não me decepcionou, porém está longe da que eu mais gosto entre todas as obras dele.

Agora sobre Koe no Katachi, ainda não sei como eu não estava sabendo sobre sua existência, fato é que uma amiga me apresentou o filme. Em suma adorei, principalmente, pois estava acontecendo algo parecido entre meus amigos e isso mexeu mais comigo. Logico, isso é algo pessoal e não irá acontecer com tudo mundo, mas quando você está passando por algo parecido a obra mexe mais contigo.

Bem, ambas as obras são boas, gostei delas, gostei tanto que até estão comprando os mangás que estão saindo por aqui.
15174 cr points
Send Message: Send PM GB Post
Offline
Posted 10/3/17
Sim, totalmente Overhated. O ponto forte do filme foi a parte corrida (troca troca) e parte chata foi a reviravolta, que era bastante previsível (pra não dizer, NA CARA).
Mas eu confesso, que depois de algumas semanas, o filme fica melhor. Ele envelhece muito bem.

Acho que o hype me fez não gostar tanto, se eu tivesse assistido no susto, tenho certeza que teria gostado muito mais.
Engraçado que eu não tinha lido sinopse nem visto trailers, mas todo lugar que eu lia algo a respeito era o povo arrotando rosas e louvores.

Koe no Katachi tem uma história BEM melhor, mesmo sendo um filme inferior tecnicamente.
Nem digo pelo enredo e sim pelo roteiro mesmo, mais cuidadoso e no ponto.

Quem já viu o episódio "The Constant" da série LOST, deve ter achado Kimi No Na Wa bem fraquinho.
57 cr points
Send Message: Send PM GB Post
23 / M / Brazil
Offline
Posted 10/3/17 , edited 10/7/17
Olha, sou um grande fã das obras do Makoto Shinkai e com toda a certeza, kimi No na Wa foi a melhor que ele já produziu. Primeiro, você deve analisar toda a questão de produção: Animação, Trilha Sonora, Dublagem e etc, no qual, Kimi no Na Wa é indiscutivelmente superior. Além disso, uma coisa pesa muito para o filme do Makoto é obra ser original, não ter mangá, novel ou outra obra por trás. Um exemplo claro disso é que em 2015, Kanbaneri ganhou o premio de melhor anime do ano, Newtype Awards, mesmo sem ser a melhor obra do ano para muitos.
Koe no Katachi é uma obra muito boa, ela tem realmente tem uma história emocionante e que traz uma reflexão muito grande a respeito da sua temática. No quesito história eu ainda daria o voto para Kimi no Na Wa por ser algo muito superior do que eu esperava, e olha que eu tava muito na hype do filme. Agora sobre desenvolvimento de personagens Koe no Katachi é muito superior a kimi No na Wa.
Em síntese, eu entendo o lado de quem acha que é overrated, mas ao comparar ambas, eu também considero Kimi no Na Wa uma obra superior em praticamente todos os quesitos do que Koe no Katachi. Como foi dito, Koe no Katachi é uma excelente obra, ela é realmente linda e emocionante, entretanto Kimi no Na Wa superou todas as expectativas do que se tinha para ela.
57 cr points
Send Message: Send PM GB Post
23 / M / Brazil
Offline
Posted 10/3/17 , edited 10/7/17
Entendo seu ponto de vista, porém discordo de algumas partes. Com toda a certeza o nome do Makoto Shinkai cresceu muito no ramo das animações por conta das suas obras anteriores: Kotonoha no Niwa, Byousouku 5 Centimenter e outras, porém Kimi no Na Wa se mostrou muito superior ao que se esperava da obra, minha opinião, já que teve uma total quebra de expectativa em determinada parte da obra. Fora a qualidade de produção dessa obra é surreal, quando vi o Kotonoha no Niwa (Jardim das palavras) achei que ele havia atingindo o patamar máximo, mas Kimi no Na Wa novamente quebrou essa barreira. Bom, essa é a minha opinião, superistimado? Não, foi totalmente merecido as "glorias" dessa animação.
270 cr points
Send Message: Send PM GB Post
Offline
Posted 10/3/17 , edited 10/7/17
Talvez a produção tenha sido boa, mas os personagens e a historia no geral são bem ruinzinhos, principalmente se for comparado aos personagens e historia de Koe no katachi
9308 cr points
Send Message: Send PM GB Post
25 / M
Offline
Posted 10/3/17 , edited 10/7/17
Pra mim faz muito sentido todo o hype em cima de Kimi no Na wa. Primeiramente a qualidade técnica chama muito a atenção, os cenários são incríveis e já cativam o público nas primeiras cenas. A trilha sonora também se destaca. Com um plot interessante e personagens cativantes, você tem um anime "completo". É muito fácil gostar do anime, mesmo ele não sendo perfeito. Isso justifica uma posição tão alta no MAL.
A história não é tão dramática quanto Koe no Katachi, por isso não sei se considero "justo" uma comparação entre os dois. O forte apelo emocional de Koe no Katachi dá a sensação de ser uma história espetacular, mas na verdade possui um plot bem simples. Isso não tira o mérito do anime, que é excelente também.
Pra mim ambos são excelentes, mas se eu tivesse que recomendar um anime para alguém, provavelmente eu recomendaria Kimi no Na wa.
1012 cr points
Send Message: Send PM GB Post
23 / M / Brasil
Offline
Posted 10/4/17 , edited 10/7/17
Tem gente por aqui querendo comparar Kimi no na wa com o Koe no katachi! cade as proporções? Kimi no na wa é anime de troca de corpos, já o outro é um filme cheio de carga emocional e que trata de um assunto sério. Pelo amor de Deus vamos ser sensatos.
783 cr points
Send Message: Send PM GB Post
21 / M / Lisboa, Portugal
Offline
Posted 10/4/17 , edited 10/4/17

alissomcleitom wrote:

Tem gente por aqui querendo comparar Kimi no na wa com o Koe no katachi! cade as proporções? Kimi no na wa é anime de troca de corpos, já o outro é um filme cheio de carga emocional e que trata de um assunto sério. Pelo amor de Deus vamos ser sensatos.


Acho que é um pouco sobrevalorizado mas sem dúvida que é um filme muito bom. Concordo também que não vale apena comparar os dois filmes por são muitos diferentes koe no katachi nem sequer se pode considerar um romance, já kimi no na wa é um romance misturado com sobrenatural. No meu caso eu prefiro koe no katachi mas eu vi e gostei dos 2.
1012 cr points
Send Message: Send PM GB Post
23 / M / Brasil
Offline
Posted 10/4/17 , edited 10/7/17

Xplusion wrote:


alissomcleitom wrote:

Tem gente por aqui querendo comparar Kimi no na wa com o Koe no katachi! cade as proporções? Kimi no na wa é anime de troca de corpos, já o outro é um filme cheio de carga emocional e que trata de um assunto sério. Pelo amor de Deus vamos ser sensatos.


Acho que é um pouco sobrevalorizado mas sem dúvida que é um filme muito bom. Concordo também que não vale apena comparar os dois filmes por são muitos diferentes koe no katachi nem sequer se pode considerar um romance, já kimi no na wa é um romance misturado com sobrenatural. No meu caso eu prefiro koe no katachi mas eu vi e gostei dos 2.


Exatamente meu caro! a única coisa que eu não concordo é querer comparar os dois! O pessoal tem muito disso de querer comparar os animes/filmes como aconteceu aqui.. o problema é que esses filmes não podem ser comparados pois a proposta é muito diferente, assim como você citou. A discussão se o anime/filme é Overrated é válida, mas uma comparação com Koe no Katachi é descabida.

1048 cr points
Send Message: Send PM GB Post
20 / M / Brasília
Online
Posted 10/4/17 , edited 10/7/17

Sempre que olhava as notas do MAL como uns dos meus paramentos para assistir ou ler algo, fico decepcionado, hoje em dia esse site apenas me serve para saber algo sobre a staff da obra. No caso de Kimi no na wa, este filme já estava do aguardo para assistir e não procurei informações além da sinopse e sua staff, e como é de autoria do Shinkai, assistiria com certeza, já que sou fã dele. Conclusão, o filme estava no mesmo nível dos outros, como disse o Saint- Fernando, a obra não me decepcionou, porém está longe da que eu mais gosto entre todas as obras dele.

Agora sobre Koe no Katachi, ainda não sei como eu não estava sabendo sobre sua existência, fato é que uma amiga me apresentou o filme. Em suma adorei, principalmente, pois estava acontecendo algo parecido entre meus amigos e isso mexeu mais comigo. Logico, isso é algo pessoal e não irá acontecer com tudo mundo, mas quando você está passando por algo parecido a obra mexe mais contigo.

Bem, ambas as obras são boas, gostei delas, gostei tanto que até estão comprando os mangás que estão saindo por aqui.


Eu tenho MAL como parâmetro para eliminar os animes que irei\não irei começar a ver da temporada e para ter uma base mínima sobre se vale a pena tentar ver um anime que alguém indicou, geralmente me preocupo apenas com estar na média, para que eu não me force a ver um anime muito ruim, ainda mais ultimamente que estou muito sem tempo para ver, daí eu vejo uns 2 ou 3 da temporada no máximo acumulando os eps pro fim de semana. No caso de Kimi no Nawa foi o seguinte, romance é o segundo gênero que menos me atrai (considerando que Ecchi não seja um gênero), porém eu curto um anime que me passe uma boa experiência independente de gênero, por exemplo Koe no Katachi, Sakamichi no Apollon e Clannad, são obras que curti demais, quando vi Kimi no Nawa top 2 e não só isso, muitos críticos elogiando bastante a obra, eu criei um hype para ela grande e acabei me decepcionando, eu entendo que grande parte deste hype é culpa minha, mas não consegui ser pego pelo filme, só gostei das qualidades técnicas, história e personagens que era o que eu mais esperava acabei decepcionado e achei o roteiro um pouco enrolado no começo, o que é até perdoável para um filme, embora neste quesito Koe no Katachi tenha desenrolado melhor no meu ponto de vista.



Sim, totalmente Overhated. O ponto forte do filme foi a parte corrida (troca troca) e parte chata foi a reviravolta, que era bastante previsível (pra não dizer, NA CARA).
Mas eu confesso, que depois de algumas semanas, o filme fica melhor. Ele envelhece muito bem.

Acho que o hype me fez não gostar tanto, se eu tivesse assistido no susto, tenho certeza que teria gostado muito mais.
Engraçado que eu não tinha lido sinopse nem visto trailers, mas todo lugar que eu lia algo a respeito era o povo arrotando rosas e louvores.

Koe no Katachi tem uma história BEM melhor, mesmo sendo um filme inferior tecnicamente.
Nem digo pelo enredo e sim pelo roteiro mesmo, mais cuidadoso e no ponto.

Quem já viu o episódio "The Constant" da série LOST, deve ter achado Kimi No Na Wa bem fraquinho.


Concordo contigo, as qualidades técnicas de Kimi no Nawa se destacam mas na história, roteiro e personagens (o que são qualidades de GRANDE peso) Koe no Katachi foi melhor, no meu ponto de vista.


Olha, sou um grande fã das obras do Makoto Shinkai e com toda a certeza, kimi No na Wa foi a melhor que ele já produziu. Primeiro, você deve analisar toda a questão de produção: Animação, Trilha Sonora, Dublagem e etc, no qual, Kimi no Na Wa é indiscutivelmente superior. Além disso, uma coisa pesa muito para o filme do Makoto é obra ser original, não ter mangá, novel ou outra obra por trás. Um exemplo claro disso é que em 2015, Kanbaneri ganhou o premio de melhor anime do ano, Newtype Awards, mesmo sem ser a melhor obra do ano para muitos.
Koe no Katachi é uma obra muito boa, ela tem realmente tem uma história emocionante e que traz uma reflexão muito grande a respeito da sua temática. No quesito história eu ainda daria o voto para Kimi no Na Wa por ser algo muito superior do que eu esperava, e olha que eu tava muito na hype do filme. Agora sobre desenvolvimento de personagens Koe no Katachi é muito superior a kimi No na Wa.
Em síntese, eu entendo o lado de quem acha que é overrated, mas ao comparar ambas, eu também considero Kimi no Na Wa uma obra superior em praticamente todos os quesitos do que Koe no Katachi. Como foi dito, Koe no Katachi é uma excelente obra, ela é realmente linda e emocionante, entretanto Kimi no Na Wa superou todas as expectativas do que se tinha para ela.


Kimi no Nawa realmente tem grandes qualidades, mas geralmente o que é mais levado em conta(num "geralzão" digamos assim): é a história, animação, e os personagens, a animação é ótima, mas a história e os personagens principalmente me deixaram bastante a desejar, e eram justamente os que eu mais estava esperando, os personagens então para um anime de romance é o que mais costuma me fazer gostar/desgostar. Não chego a desgostar de Kimi no Nawa mas me decepcionei com o próprio hype que eu criei.


Tem gente por aqui querendo comparar Kimi no na wa com o Koe no katachi! cade as proporções? Kimi no na wa é anime de troca de corpos, já o outro é um filme cheio de carga emocional e que trata de um assunto sério. Pelo amor de Deus vamos ser sensatos.


Cara, a partir do momento que duas obras possuem semelhanças entre si, é possível a comparação. Se eu quiser comparar o roteiro qualquer anime de 1 gênero com outro anime qualquer de outro gênero é possível, pois ambos têm roteiro. Estes animes possuem várias especificações técnicas em comum (que qualquer anime possui), Embora Koe no Katachi não tenha como gênero principal romance, acontece um romance no anime, mesmo que de forma secundária, e já torna possível a comparação do Romance.
Um exemplo óbvio de que posso fazer comparações entre essas obras é eu dizer que a animação de Kimi no Nawa é melhor que a de Koe no Katachi, é uma comparação clara e baseada em técnicas de ambos animes. Desde roteiro e trilha sonora, história e construção de personagens até cenas específicas que podem levar ou não a uma reflexão são possíveis comparações.
Alguns pontos independem de opinião, pois são técnicos, como no exemplo da animação, já outros exigem opinião, o que o espectador vivenciou até o momento pode mudar a forma como ele experienciou o anime, e ainda assim, é possível comparação.
23 cr points
Send Message: Send PM GB Post
Offline
Posted 10/5/17 , edited 10/7/17
"O maior problema de Kimi no Na Wa é a própria grandeza", deveria ser a citação básica de todos os fãs do filme.

Primeiro é preciso estabelecer um fato antes de tudo, Kimi no Na Wa é um ótimo filme e justifica o seu sucesso com cada letra do seu nome e cada yen do seu box office. No entanto, assim como tudo o que faz sucesso, as pessoas tendem a crer que de alguma forma, sucesso e qualidade são vias opostas, a verdade por outro lado, é outra.

Falando sobre Koe no Katachi, eu acompanhei o mangá desde o seu one-shot, e a série era simplesmente magnífica e eu li do início ao fim mais de uma vez. Quando eu descobri que a Kyoto Animation estaria adaptando Koe no Katachi, eu imediatamente decidi que assistiria, já que tanto o estúdio quanto o mangá são símbolos de qualidade e eu previa que sairia algo muito bom de ambos. A abertura de Koe no Katachi foi uma das melhores que eu já vi em filmes de anime e eu gostei muito do filme, mas ainda que tenha feito um ótimo trabalho em um tempo limitado, Koe no Katachi, o filme, nem de longe conseguiu ser uma história tão satisfatória quanto a do mangá, o que me deixou com um certo gosto ruim na boca ainda que tenha visto aquela obra de arte que foi o filme. Aqui, temos a qualidade técnica e artística, mas não temos a profundidade da história original.

Agora Kimi no Na Wa, eu já esperava hiperventilando desde que descobri que o Shinkai Makoto-sensei estaria trabalhando em um novo filme, já que pra mim, ele é um dos maiores diretores da atualidade e serve de grande inspiração. Então o filme saiu, a novel explodiu e eu quase enlouqueci pois não tinha escolha senão esperar sem poder ver o que tinha por trás daquela cortina de prestígio e sucesso. Até que saiu uma versão pirateada legendada em chinês e eu a assisti, em 380p, legendada em inglês e chinês. E ao terminar o filme, eu estava certo de que havia não apenas visto o melhor filme de Shinkai Makoto, mas também o melhor filme de animação que eu já tinha visto.

"Tá bom, seu fanboy, como diabos esse filme é o melhor que tu já viu? Se mata, não deve ter visto cinco filmes e tá ai cagando pela boca. Senta lá e volta quando aprender algo sobre qualidade, ok?! Onde já se viu, Kimi no Na Wa melhor que Koe no Katachi?", Calma, eu sei que você pode não concordar comigo e pode querer soltar o rage em mim, mas por algum motivo, eu quero ao menos expressar minha opinião sobre como Kimi no Na Wa não é overrated, mas, rated.

Assim que eu terminei de assistir Kimi no Na Wa, eu já tinha certeza de uma coisa: "Esse filme simplesmente não vai funcionar no ocidente". Pois é, esse filme no ocidente seria apenas visto como um romance pra garotinha com uma arte de ponta, e é basicamente como a maior parte dos "críticos" por aqui veem esse filme. Mas isso não explica, como um filme como esses fez tanto sucesso? Como um filme que só tem uma boa qualidade técnica pode ser tão prestigiado? Bem... prepare-se para o gigantesco review.

Kimi no Na Wa é um filme escrito e dirigido por Shinkai Makoto, baseado em seu próprio trabalho original que ele publicou simultaneamente em formato novel. Shinkai Makoto é famoso por também trabalhar nos planos de fundo, animação, dublagem e vários outros pontos das suas obras. Apesar de ter assistido os filmes dele mais de uma vez em ordem de lançamento, o primeiro filme que eu tive contato foi Byousoku 5 Centimeter, a imagem "novelista" do filme me fez ficar surpreso ao descobrir que o escritor era também o diretor, o que me levou a Hoshi no Koe e Kotonoha no Niwa, assim como todos os outros filmes, curtas e a versão anime de Kanojo to Kanojo no Neko. O início da carreira de Shinkai Makoto era fortemente marcada por uma escrita poética e uma profundidade inacreditável, assim como uma cinematografia maravilhosa que fazia qualquer um dos seus filmes inesquecíveis mesmo sem ter uma qualidade visual e técnica incríveis. Após Byousoku 5 Centimeter, o autor começou a mudar mais a sua imagem, trabalhando mais em "filmes" que em "novels", conseguindo criar em si a reflexão do que seria o criador que ao vencer seus pontos fracos se tornaria um dos melhores diretores da atualidade, criando então, o magnífico Kotonoha no Niwa. Todos os seus filmes, marcados por fortes sentimentos de jovens com menos de 20 anos, como sofrimento e crescimento, e uma escrita magnífica e poética fizeram dele uma grande promessa em ambos seus objetos de trabalho, a escrita e a direção. Em 20 anos de carreira, Shinkai Makoto construiu o prestígio que tem hoje, por ser um criador distinto e capaz.
Então, veio seu último trabalho, Kimi no Na Wa. Shinkai Makoto revelou que uma das suas grandes inspirações para o filme foi o terremoto e tsunami de 2011, fazendo do seu filme uma história sobre "Esperança em meio ao desastre". Assim como todos os seus filmes, a profundidade de Kimi no Na Wa é tamanha, com falas poéticas e muito bem escritas, e grande fidelidade à cultura e plano de fundo japonês, o que sempre fez dos seus filmes uma imagem atual dos antigos realistas japoneses. Kimi no Na Wa consegue abrigar uma centena de elementos perfeitamente dentro de um espaço de duas horas, com personagens brilhantemente construídos, detalhes que ampliam a história do filme incrivelmente e um desenrolar extremamente tocante. Simplificadamente, Kimi no Na Wa é um filme místico sobre liberdade, destino, escolha, crescimento, sofrimento e esperança, amizade e amor, com o seu núcleo sendo o "Musubi". Musubi tem um significado básico na língua japonesa, união. Assim como dito em uma das melhores e mais inesquecíveis falas do filme, com a avó da Mitsuha descrevendo o Musubi usando a arte de cordagem que elas praticam. Linhas que se quebram, se separam, se unem e continuam até o fim, sempre se envolvendo umas às outras, isso é o Musubi, isso é a vida, isso é o tempo. Aqui está o ponto mais importante e profundo da história, que fala sobre como tudo é conectado por linhas, muitos já devem saber que a "linha vermelha" representa almas gêmeas, com cada uma tendo uma das extremidades de tal linha atada ao seu dedo mindinho, vemos essa cena logo na introdução de Kimi no Na Wa, com cada um dos protagonistas segurando uma das extremidades do fio vermelho, assim como o cometa que também representa uma "linha" que os conecta. Kimi no Na Wa é um filme sobre uma poderosa conexão entre os dois protagonistas, uma conexão que transcende o espaço-tempo e todo o resto, fazendo do amor deles o que há de mais poderoso. Vemos o filme se desenvolver como o atar de várias cordas, com pedaços separados da história de cada personagem enquanto eles descobrem mais um sobre o outro ao trocar de corpos continuamente e até o fim da narrativa. Nesta troca de corpos, vemos o plano de fundo dos personagens que representam duas extremidades; Mitsuha, uma garota calma e quieta do campo, órfã de mãe, cujo pai não está presente em sua vida mas que continua a agir com sua imagem paterna quando bem entende, ainda assim, que nunca está sozinha tendo sua avó e sua irmã mais nova e que de alguma forma lida com seus problemas enquanto se imagina vivendo em Tokyo; e Taki, um garoto energético de Tokyo que perde rapidamente a sua calma, cuja mãe não recebemos detalhes mas que não aparece durante as aproximadamente duas horas de filme, cujo pai só está presente o suficiente em sua vida para agir como sua figura paterna e que geralmente está sozinho, o que o leva à arquitetura como uma forma de passar o tempo e futura opção de carreira. Mitsuha e Taki são opostos, desta forma, eles se detestam assim que "encontram" um ao outro, por não conseguirem ser iguais, no entanto, cada um tem os seus próprios problemas e sonhos e no final da troca de corpos, ambos estão tão "acostumados" como sendo um o outro que eles finalmente se entendem. Aqui temos um detalhe importante, já que Mitsuha quer fugir do interior, mas Taki quer fugir da cidade, Mitsuha é óbvia em relação à isso, mas Taki não é honesto e só mostra como se sente em seus desenhos que passam de pontes a se focar em Itomori, opostos. Temos de ambos os lados personagens secundários fortes, como Tessie, que assim como Mitsuha, já nasceu com sua vida escrita do início ao fim, Mitsuha tem que herdar o templo como sacerdotisa, sendo a filha mais velha e Tessie vai seguir os passos do pai como construtor. Isso cria uma grande conexão entre eles dois e eles se tornam grandes amigos, quase ironicamente, Tessie se dá "melhor" com Taki que com Mitsuha, também por eles serem ambos homens mas por serem de certo modo, "opostos". Do lado de Taki, a Okudera-senpai é quem se destaca, sendo a garota de quem Taki gosta que secretamente também gosta dele, ela sendo uma das personagens mais fortes da história, como a imagem de uma mulher madura e discreta, que sabe esconder o seu sofrimento no interior, de certo modo, ela é uma forma mais madura do Taki e o oposto de Mitsuha e até de Tessie, enquanto vemos muito do Tessie quando a narração foca nele, a narração nunca foca em como a Okudera-senpai realmente se sente, apenas em momentos em que ela se expressa de forma subliminar sobre seus sentimentos. A Okudera-senpai então apoia o Taki e o seu amor, ainda que goste dele e isso a faça sofrer, deixando claro que ver ele se esforçando tanto e estando tão determinado a faz querer se mover, ainda que isso a machuque, a Okudera-senpai é uma das personagens mais importantes de Kimi no Na Wa, sendo uma espécie de "irmã mais velha" para o Taki, no fim, vemos que ela está casada ou noiva enquanto ela diz ao Taki que espera que ele também possa encontrar a felicidade, agindo como uma espécie de guia. Os amigos do Taki, sendo mais próximos dele que ela acabam sendo mais alívio cômico que qualquer coisa, mas que não deixam de demonstrar sua amizade em pequenos atos como assumir a posição do Taki no trabalho para que ele possa ir atrás da Mitsuha ou acompanhá-lo. Uma outra personagem muito bem feita é a avô da Mitsuha, que traz consigo grande sabedoria para a Mitsuha e também Taki, com falas maravilhosas e um background certamente interessante, já que ela revela que viveu o mesmo que a Mitsuha, apesar de ter esquecido há muito tempo com a vida de quem sonhava. O resto é desenvolvimento e a qualidade incrível da direção, que mistura perfeitamente a ótima trilha sonora e a ótima fotografia, mas sem sombra de dúvidas, a melhor parte de Kimi no Na Wa é o roteiro, seguindo a regra de todos os filmes de Shinkai Makoto.

Kimi no Na Wa é um filme sobre linhas. As memórias que vem e vão, se quebram, se unem e seguem novamente, são linhas. O tempo é linhas. O destino é linhas. O amor é linhas. Os cometas, linhas. Os trens? Linhas! Tudo são linhas. Também é um filme sobre jovens japoneses, que são como todos os jovens do mundo, confusos, reprimidos, em busca de independência, que riem, que sofrem e que amam. Por isso quando alguém disser que Kimi no Na Wa é um filme de comédia romântica sobrenatural de troca-de-corpos, diga a ele que ele está errado, Kimi no Na Wa é sobre LINHAS!

Carregado do cotidiano dos jovens japoneses, cultura e religião japonesa, a forma japonesa de agir e tantos mais elementos que compõem a história, é correto afirmar que esse filme não pode ser tão apelativo para um brasileiro quanto um japonês, mas alguém que está diretamente conectado com cada um desses elementos vai reconhecê-los e ser tocados fortemente por eles, temos então, o maior sucesso da história da animação cinematográfica japonesa. Shinkai Makoto é um gênio incomparável e seu próximo filme já anunciado será um dos meus maiores motivos para continuar vivendo.

A propósito, sinto muito pela bagunça que foi esse post e acrescento que choro todas as vezes que assisto Kimi no Na Wa, obrigado.
First  Prev  1  2  3  Next  Last
You must be logged in to post.