First  Prev  1  2  Next  Last
Post Reply Mudanças no plano gratuito da Crunchyroll a partir de 2015
Springtime Moderator
25576 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M / Ág. Santas, Portugal
Offline
Posted 11/20/14 , edited 11/23/14
(Repito o que escrevi na descrição do tópico: Este tópico não é oficial; esse será feito no futuro próximo, possivelmente na CrunchyNotícias. Este apenas serve para dar a conhecer algo que até agora só tinha sido revelado no fórum americano da Crunchyroll.)

No anúncio feito esta semana sobre a chegada da Crunchyroll à Xbox One, foi revelado que muito em breve entrarão em vigor novas restrições para os membros não pagantes. Primeiro, a citação original:


Ou seja, a partir do início do próximo ano, as séries com mais de 1 ano na Crunchyroll serão restringidas aos assinantes, a menos que essa série se encontre disponível noutro site oficial. O mais provável é que este critério venha a ter como base a disponibilidade nos EUA, mas, mesmo assim, a Crunchyroll consegue muitos exclusivos a cada temporada, o que significa que títulos tão recentes como os da temporada de inverno de 2014 poderão deixar de estar disponíveis para membros comuns já a partir de janeiro de 2015.

Segundo o mesmo anúncio, no final desta semana, os títulos afetados começarão a exibir uma nota sobre a sua disponibilidade futura. Por outro lado, um privilégio exclusivo de assinantes – o de poder ver animes através dos dispositivos de sala de estar – tem vindo a ser eliminado. Atualmente, a PS3, PS4, PS Vita e Xbox One podem ser usadas por todos (com anúncios para não assinantes).

Para concluir, o anúncio revela que ainda existem mais algumas coisas "empolgantes" que serão anunciadas até ao fim do ano. Veremos o que vem por aí.
15713 cr points
Send Message: Send PM GB Post
25 / M / Venezuela
Offline
Posted 11/21/14 , edited 11/23/14
Um duro golpe para os usuários livres, temos de aproveitar algumas séries antes de ver a escrita como prêmio; que terá outras surpresas
Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 11/21/14 , edited 4/28/15
Rapaz, se conseguirem alguns exclusivos legais. Uns OVAs e quem sabe até alguns longas, mesmo que os usuários free, se ferrem, vai ser mais positivo do que negativo.

Até porque, nós aqui no mundo real, sabemos que no fim o pessoal do free que achar ruim vai recorrer a pirataria mesmo. A Crunchy também não precisa dar de graça o que é exclusivo não.
12693 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Itaperuna - RJ
Offline
Posted 11/21/14 , edited 11/21/14

yuriccp wrote:

Rapaz, se conseguirem alguns exclusivos legais. Uns OVAs e quem sabe até alguns longas, mesmo que os usuários free, se ferrem, vai ser mais positivo do que negativo.

Até porque, nós aqui no mundo real, sabemos que no fim o pessoal do free que achar ruim vai recorrer a pirataria mesmo. A Crunchy também não precisa dar de graça o que é exclusivo não.


Hue hue hue, gostei dessa sua franqueza, apesar de que já tem bastantes exclusivos bons por aqui. Eu até acho que essa medida é boa pra aumentar a sensação de exclusividade da gente que é pagante, mas provavelmente vai resultar em uma redução no número de novas assinaturas.

Não que eu tenha nada do que reclamar, claro. Afinal de contas vai ser muito difícil eu cancelar a minha assinatura e mesmo nesse caso, como você mesmo disse sempre sobra o plano B de Brasil AKA Terra da Pirataria .
Springtime Moderator
25576 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M / Ág. Santas, Portugal
Offline
Posted 11/21/14
O objetivo é, claro, aumentar o número de assinantes. Resta saber se esta alteração vai conseguir isso mesmo, ou se vai desencorajar potenciais novos clientes ou até mesmo os que veem com anúncios e que trazem algum (mas não muito) lucro.
397 cr points
Send Message: Send PM GB Post
64 / M
Offline
Posted 11/22/14 , edited 11/23/14
vai aumentar nada, vai é fazer diminuir Crunchy tá perto de ser uma Netflix da vida pois são eles que tem nada pra assistir de graça
Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 11/22/14 , edited 11/22/14
É que sinceramente eu não sei como funciona o mercado ilegal NA. Provavelmente não seja muito diferente do daqui no que se trata a parte online.

Só que usando nosso mercado legal e pirata como base, acho que na parte gratuita a Crunchy faz de errado.

No ponto de vista da CR, pra mim, ela deveria sim exibir os Simulpubs inclusive para os usuários gratuitos. Mas também só isso!

Os 2 primeiros e os 2 mais recentes eps. de cada anime que deveriam ser disponíveis gratuitamente e em todos os dispositivos. Para introduzir um usuário iniciante a aquele anime, e para competir com os piratas e ao mesmo tempo atrair publico pagante.

Ou seja, assistiu os primeiros eps de um anime completo do catalogo e gostou! Assine e veja o resto. Ao mesmo tempo que o ep. mais recente também estaria disponível antes da grande maioria dos fan-subs piratas a fim de atrair mais público ao site. Mas se o kra quisesse ver algum ep. mais antigo, então teria de virar assinante.

Isso usaria das grandes vantagens de CR sobre a pirataria (simulpub, multi-dispositivos) para o pessoal do acesso gratuíto ao mesmo tempo que manteria vantagens aos assinantes (catalogo completo sem problemas comuns aos fan-subs como links quebrados, torrents mortos e qualidade questionável, e ao mesmo tempo manteria os assinantes dando acesso a todo esse catalogo em todos os dispositivos e em todas as qualidades possíveis e quem sabe até extras exclusivos como OVAs e "Fimes" (longas), já que no Brasil pelo menos, o mercado deles inexiste).

Assim geraria um acesso interessante com publicidade devido aos acessos aos simulpubs, que funcionaria com chamariz e daria um trocado também e ao mesmo tempo atacaria a pirataria fornecendo o ep. mais recente antes deles enquanto que para os assinantes, teria um catalogo grande muito mais estável e fácil de assistir em altíssima qualidade, melhor do que rodar a internet atrás de pirataria com links ruins e muitas vezes em baixa qualidade e que são uma mão de obra para se colocar numa TV.
Springtime Moderator
25576 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M / Ág. Santas, Portugal
Offline
Posted 11/22/14 , edited 11/22/14

cottonmather wrote:

vai aumentar nada, vai é fazer diminuir Crunchy tá perto de ser uma Netflix da vida pois são eles que tem nada pra assistir de graça

Para ser justo, a quantidade de conteúdo novo todos os anos também não é nada reduzida. 1 ano já engloba muitos vídeos, mais os não exclusivos, que estarão sempre disponíveis para todos os membros.


yuriccp wrote:

[Tudo]

Concordo. Já é da minha opinião há algum tempo que até as transmissões simultâneas deveriam estar acessíveis para membros gratuitos. O que é preciso é encontrar algum balanço entre privilégios dos assinantes vs. não assinantes para ainda assim dar valor ao plano pago. Essa ideia de manter apenas 4 episódios de cada série é interessante.
13238 cr points
Send Message: Send PM GB Post
M
Offline
Posted 11/23/14 , edited 4/20/15
Eu acho que os passes deveriam aumentar a sua duração, de 48 horas, para 7 dias gratuitos, assim os usuários livres, poderiam ter uma maior degustação dos serviços do CR, e assim ficarem empolgados em se tornar um assinante pagante.
19419 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M / Minas Gerais
Online
Posted 11/23/14 , edited 11/23/14

Alexandre1974 wrote:

Eu acho que os passes deveriam aumentar a sua duração, de 48 horas, para 7 dias gratuitos, assim os usuários livres, poderiam ter uma maior degustação dos serviços do CR, e assim ficarem empolgados em se tornar um assinante pagante.



A ideia de aumentar é boa, eu também acho 48 horas pouco, mas aumentar pra uma semana não ficaria bom, porque ai os não assinantes poderiam se sustentar apenas com passes, acho que 72 horas já fica de bom tamanho, porque se quiserem usar numa sexta, podem aproveitar um final de semana inteiro.
Springtime Moderator
25576 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M / Ág. Santas, Portugal
Offline
Posted 11/23/14 , edited 11/23/14
Os passes estão bem como estão, na minha opinião. Não requerem a existência de um método de pagamento e são oferecidos em enormes quantidades todos os meses. Até ao ano passado, quando foram implementadas restrições ao seu uso contínuo, era possível abusar do sistema e conseguir uma assinatura "vitalícia" com pouco esforço.
23009 cr points
Send Message: Send PM GB Post
Online
Posted 1/10/15
Creio que a CRUNCHROLL tenha que se basear no NETFLIX que é o maior serviço de stream da atualidade, e vem crescendo cada dia mais. O valor adquirido com publicidade deve ser irrisório comparando-se com o valor das assinaturas. Conheço poucas pessoas que tenham utilizado o mês gratuito do NETFLIX, e não tenham assinado o serviço. Vale ressaltar que o valor cobrado pela assinatura também é pequeno perto do benefício oferecido. Antes, assinava o VIP da Punch (R$ 10,00 todos os meses) e tinha que deixar o PC ligado o dia todo fazendo upload nos torrents (gasto com energia elétrica). Hoje, só abro o CRUNCH no PC, PS4, celular... e curto meus animes. Sendo que ainda posso fazer filas com meus animes preferidos, para a transmissão na metade e recomeçar de onde parei. O primeiro mês de assinatura free seria mais que suficiente para conhecer o serviço.
Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 1/10/15
O problema que não dá para comparar a Netflix com a Crunchy e até mesmo outras como a Daisuki e a, literalmente, maldita FUNI. É que o mercado pirata de Filmes e Séries é muito menos organizado do que o mercado "pirata" de Animes.

  • A pirataria nos animes descende dos velhos fansubs que se encarregavam de tudo, da obtenção da obra, tradução/legenda, controle de qualidade e distribuição.
  • Já a dos filmes e séries era basicamente um individuo ou grupo que ripava e outro que legenda e distribuia a legenda num site de legendas e alguns blogs que juntavam os 2, colocavam num site de compartilhamento de arquivos e deixavam pra lá.


Além disso a pirataria de animes demorou demais pra começar a ser combatida. Enquanto o a de filmes e séries foi combatida "desde o inicio", a de animes, em boa parte por não quer quem reclamasse (responsável legal) na maioria dos países, foi deixada solta.

E por fim, técnicamente sempre foi muito mais fácil distribuir animações do que filmes, porque a compactação é muito mais eficiente nelas, fazendo com que os arquivos e streaming fossem menores.


O resultado disso, é que hoje você consegue assistir um anime pirata completo na internet sem precisar procurar muito, numa qualidade razoável (não tão boa quanto as oficiais. Mas ainda assim boazinha) sem dificuldade.
Já um filme, para assistir em streaming é uma "busca", para conseguir baixar é preciso paciência e na base do torrent, você precisa ir atrás das legendas.


Ou seja, o mercado pirata de animes é muito mais forte e perigoso e por isso nem a CR, nem nenhuma outra pode se dar ao luxo de fazer como a NetFlix de ter poucos a nenhum simulpub de séries não próprias, ficar cancelando as antigas e isso porque só os assinantes podem ver.
28017 cr points
Send Message: Send PM GB Post
Offline
Posted 1/11/15
Não vai fazer diferença eles vão atrás da pirataria em outros sites...
Manjador de Licenciamento
26389 cr points
Send Message: Send PM GB Post
21 / M / Brasil
Online
Posted 1/16/15
E para quem não viu, o Crunchyroll anunciou ontem no fórum americano, também mudanças para os planos de mangás....
A assinatura exclusiva de mangás que existia já não está mais disponível e todos os mangás passam a estar disponíveis para assinantes dos planos de Animes e Acesso Total... Fora que colocaram o catálogo completo de Attack on Titan e Fairy Tail por 3 meses.
Sukigu, talvez fosse bom acrescentar isso ao post principal

Também vai uma sugestão que a páginas de comparação dos planos seja devidamente traduzida, é uma vergonha estar metade em português, metade em inglês.
First  Prev  1  2  Next  Last
You must be logged in to post.