Post Reply Primeiras impressões: No Game No Life - New Pop
fioda 
31208 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Amparo, SP
Offline
Posted 12/22/14 , edited 12/23/14
Domingo estive no Ressaca Friends onde ocorreu o lançamento da light novel e do manga nacional de No Game No Life pela New Pop.

Consegui comprar meu exemplar depois de quase ter desistido pois a fila e a organização estavam péssimos e não estava afim de esperar por volta de 1h debaixo de sol forte.

Como escrevo esse post de madrugada, não vou conseguir tirar fotos do material, atualizarei em breve assim que organizar minha mesa e conseguir um pouco de iluminação natural para que as fotos saiam com qualidade melhor.

A primeira coisa que reparei ao ver a novel é, ela é bem menor do que os mangas que são vendidos por aqui pois o formato adotado é o mesmo do original japonês, o que é excelente. A capa possui orelhas e o papel utilizado é o mesmo papel utilizado em livros no geral, um leve tom amarelado e todas as páginas possui detalhes na parte superior escrito "no game no life" estilizado e na lateral, o número da página.

As ilustrações, por terem seguido o tamanho original ficaram excelente, sem qualquer tipo de distorção, vale lembrar que as quatro primeiras páginas são coloridas.

A capa por si só é bem legal, porém, foi estragada pela borda verde que adicionaram na parte superior com os escritos "Parece que os irmãos gamers querem dominar o novo mundo" no qual no original está escrito na vertical do lado esquerdo, poderiam ter trabalhado melhor nessa parte e a lombada, que ficou bastante simples, poderia utilizar o logotipo ao invés de uma escrita simples para o nome da novel, se bem que, até mesmo a original é assim. Outro ponto legal da capa é que ela a parte de trás dela não é igual a parte da frente, ela possui outra ilustração e um trecho com a sinopse.

Quanto a tradução e adaptação não posso falar muito, ainda não comecei a ler porém vi algumas coisas, algumas me surpreenderam positivamente mas teve alguns detalhes que acabei não gostando. Os termos específicos da obra foram todos mantidos no original, ou seja, o nome das raças que são em vários idiomas diferentes como Flügel, Old Deus, além disso, Kuuhaku foi mantido, achei que eles iriam utilizar de como é usado na novel original (deixar um espaço entre aspas com a leitura em furigana). Alguns termos como NEET e Hikikomori foram mantidos. Honoríficos não cheguei a notar na tradução, apesar deles serem pouco utilizados no primeiro volume, eles passam a fazer bastante sentido quando aparecer a Izuna-tan, apesar que, no posfácio eu vi o uso de um -sensei. Os nomes dos personagens eu estranhei mais apenas um: クラミー (Kuramii) foi romanizado como Chrammy, e ドーラ (Doora) como Dola, curiosamente no material que acompanha os Blu-rays foi usado Chlammy e Dora. Outra coisa que não concordei muito foi com o Nii da Shiro que foi traduzido como "Irmão", não é de toda forma errado mas perde um pouco da maneira que ela fala.

Em algumas páginas também existe uma explicação extra no rodapé, uma delas que vi aqui é sobre uma referencia a Jojo que foi usada.

Agora falaremos sobre o manga.

Apesar deu detestar mangas onde o conteúdo original é uma LN acabei pegando esse também, e, pra minha surpresa, como ele também é desenhado pelo Kamiya e pela Hiiragi, o traço é bem parecido e muito bonito. Mas, como esse não segue o formato original japonês, as ilustrações ficaram com um pouco de dithering e é bem visível no background onde são utilizadas retículas. No mais, segue o padrão da novel, páginas coloridas, capa de verdade, uma edição visual muito boa e papel offset.

Enfim, como uma das primeiras LN publicadas no Brasil eu realmente gostei do resultado que vi, confesso que estava esperando bem menos e estava um pouco receoso de comprar, provavelmente devido as decepções que sofri com as últimas aquisições nacionais (Love Hina da JBC no qual possui tradução bem pior do que a publicação original em meio-tanko).

Preço: Novel: R$20,00, Manga: R$12,00 (porém preço na capa é de R$14,00). Não sei se irão manter esse preço mas sei que a novel não será vendida em bancas apenas em livrarias e lojas especializadas. Se precisarem de ajuda pra encontrar a novel a venda posso dar uma procurada aqui, mas certamente deve aparecer nas lojas tipo a Comix e a Liga HQ e provavelmente nas Livrarias como Saraiva e Cultura.


Pra não deixar totalmente sem imagem por aqui, fiquem com essas duas fotos tiradas ontem com meu celular:

Novel: http://imgur.com/lL83mEc
Manga: http://imgur.com/VSf0rCK (NSFW)


Update 1: Acabei lembrando as palavras do Cassius Medauar no debate que aconteceu no Ressaca referente as LNs. Ele falou que LNs são livros e nem deveriam ser chamados assim, ele usou um tom de brincadeira arrogante no sentido de: "Ninguém quer isso, isso é livro e livro é chato". Mas vou explicar o que de fato é uma LN e o porque uma LN é sim um livro, mas nem todo livro pode ser uma LN.

Uma LN é um livro com uma história voltada para o público jovem, possui algumas ilustrações que na maioria das vezes, são bem melhores que as de manga, provavelmente devido a pouca quantidade que contém por volume. Mesmo que você não tenha costume de ler, é um tipo de obra bem divertido e acredito que seja uma boa porta de entrada para que pessoas passem a ler mais. Pena que não consigo ler JP senão já teria comprado as novels de Oreimo e Haganai.
19419 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M / Minas Gerais
Offline
Posted 12/23/14
Comprei o mangá e a LN na sexta ainda na pré-venda, no site universo lumina, que me recomendaram. Ainda to esperando chegar e o frete la é mais barato que o da Comix.
397 cr points
Send Message: Send PM GB Post
64 / M
Offline
Posted 12/23/14
Cassius é poser, o que é livro são novels tipo Another e Battle Royale não light novels
Redator de Notícias
33471 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Rio de Janeiro
Online
Posted 12/23/14 , edited 12/23/14
Estou aqui ansioso esperando os meus chegarem. Um amigo aqui da redação esteve no evento, comprou e já postou para mim.

Enquanto isso eu vou terminando aqui a minha novel de Madoka. Também da NewPop, e pelo que você falou No Game No Life seguiu o mesmo padrão de diagramação. Madoka também tem detalhes bonitinhos em todas as páginas com os números das páginas nas laterias, a capa é muito bonita e a página dupla colorida também, no geral a tradução está boa, mas com alguns pequenos deslizes na adaptação.

Porém... o encadernamento é de má qualidade e quando cheguei no final do capítulo 4 as folhas começaram a descolar da capa, e olha que eu tenho muito cuidado... Fiquei bem puto com isso e até mandei um e-amil pra NewPop reclamando, hoje eu comprei um super bonder e consegui colar novamente, felizmente ficou perfeito.

No caso de Madoka a Novel foi publicada no mesmo formado dos mangás que a New Pop também está lançando, até o momento, tem os 3 volumes da série original baseada no anime e um spin-off Oriko Magica em 2 volumes, porém a editora manifestou o desejo de lançar outros mangas spin-off da franquia. Eu estou torcendo muito para que o próximo seja o "Diferent Story", que é focado na Mami e na Sakura e também tem três volumes.

Espero que os lançamentos de Madoka e No Game No Life animem as editoras a investirem mais em LNs, a própria New Pop já tem mais uma confirmada para o ano que vem, N. 06, não conheço a obra, mas provavelmente vou comprar.

Quanto será que ainda vai demorar para termos SAO, Mahouka e outras LNs de sucesso no Japão chegando aqui?

Aí vai umas fotos de Madoka para terem uma ideia de como está o material:






397 cr points
Send Message: Send PM GB Post
64 / M
Offline
Posted 12/24/14
Tradução e qualidade impecável, NewPOP realmnte provando ser a melhor editora mas depois vem meia dúzia de baba ovo da JBC e Panini falar merda
2019 cr points
Send Message: Send PM GB Post
26 / M
Offline
Posted 12/25/14
opa brother, fiquei curioso em relação ao que a new pop divulgou no facebook alguns dias quanto ao acabamento, disseram o seguinte: "Acabamento costurado e embalado individualmente." eles se referem àquela brochura em que fazem alguns pequenos "cadernos" antes de colar as paginas na lombada? se possível poderia postar uma foto?
12693 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Itaperuna - RJ
Offline
Posted 12/26/14
Eu não acredito que alguém tenha coragem de falar que LNs não são livros como se essa tática idiota fosse aumentar as vendas. Claro, LNs realmente são diferentes de livros como Another, por exemplo, mas não deixam de ser livros.

Dito isso, eu tava só esperando o lançamento de No Game No Life pra poder comprar um exemplar e ver se o trabalho ficou tão legal quanto a novel de Madoka Magica. Sinceramente, eu espero que sim. E tomara que de agora pra frente pelo ou menos a newpop lance cada vez mais LNs pra gente.
Redator de Notícias
16123 cr points
Send Message: Send PM GB Post
42 / M
Offline
Posted 12/26/14
Imagem do stand da New Pop no Ressaca Friends e dos meus exemplares autografados , conquistados à custa de sangue , suor (tava muito calor) e lágrimas (teve gente que ficou 1 hora na fila sem ter a senha e ficou sem autógrafo):












397 cr points
Send Message: Send PM GB Post
64 / M
Offline
Posted 12/26/14 , edited 12/26/14

Hexcalibur wrote:

Eu não acredito que alguém tenha coragem de falar que LNs não são livros como se essa tática idiota fosse aumentar as vendas. Claro, LNs realmente são diferentes de livros como Another, por exemplo, mas não deixam de ser livros.
é o contrário do que diz cara, Cassius disse que LNs são livros mas ao contrário do que ele e você dizem não são
fioda 
31208 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Amparo, SP
Offline
Posted 12/31/14
Opa, sei que tou devendo as fotos ainda, mas estou tentando procurar uma maneira de conseguir fotografar isso decentemente já que é meio complicado fazer isso sozinho e preciso usar o foco manual da camera pra sair legal.

Então dou um update rápido aqui enquanto leio a novel de ngnl.

Li até a metade dela, quase fechando o capítulo 2 e o que percebi até agora foi:
- Adaptação de 16 tatami pra 27 metros quadrados, uma adaptação desnecessária ao meu ver e ainda tem um leve erro, já que 16 tatamis dão quase 26 metros quadrados e não 27, valia mais a pena ter usado uma nota de tradução no rodapé, visto que tem várias outras ao decorrer da novel.
- A caracterização da Shiro tá meio estranha, não sei se é coisa da novel em si ou eu quem tou cismado com isso.
- Adaptação do "Nii" da Shiro pra Irmão, transformou algo moe numa coisa normal e sem graça, ponto negativo ai.
- Algumas frases meio sem sentido, cheguei a tirar fotos de algumas com o celular enquanto eu lia pra poder analisar melhor depois.
- Typos e erros de digitação em várias partes, geralmente letras faltando, porém, o menor dos problemas.
- Um senhorita Shiro num momento onde ele se refere a ela chamando-a de "imouto", no caso, um irmãzinha como tem sido usado cairia melhor, acho que o tradutor teve um breve lapso de memória nessa parte.
- A forma como "Kuuhaku" foi usado poderia ter recebido uma atenção melhor, no original toda vez que é citado esse termo é grafado 『  』 com o furigana de くうはく (kuuhaku), como eles estão usando as aspas japas pra várias palavras, poderiam ter usado o kuuhaku da mesma forma que é usado no original, mas trocando o furigana pela romanização, o que daria um charme extra.
- Os títulos da novel no original são usados seguindo uma formula pra cada volume, no volume 1 por exemplo, foi usado dois títulos, um em JP com os kanjis e um "furigana" com o título em inglês, poderiam ter mantido o inglês e traduzido o JP e não apenas traduzido o inglês pro nosso idioma.
- Jan-ken-pon adaptado como Jokenpô, até hoje não entendo isso, confesso que falava isso quando era criança (quando tinha 5~6 anos) mas era porque não sabia como era a pronuncia correta.
- Uso do "Err" e coisas "A-assim". Apesar desse caso ser puramente pessoal.
- A fonte usada para os itálicos tem algumas letras diferente do padrão e me causa uma certa estranheza ao ler, parece que a letra "A" e as letras maiúsculas são de outra fonte e são apenas "parecidas" com a fonte usada. Agora a fonte normal, a negrito e até mesmo a itálico+negrito não apresenta esse problema.


Enfim, no geral gostei do que estou lendo, a tradução até o momento estou dando um 7/10 com 1 ponto descontado pelas adaptações desnecessárias como o tatami e o jankenpon e 2 pontos pela tradução do Nii da Shiro.

E já falei que adorei a novel ter o formato original japonês?
Redator de Notícias
33471 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Rio de Janeiro
Online
Posted 12/31/14 , edited 12/31/14

fioda wrote:

Opa, sei que tou devendo as fotos ainda, mas estou tentando procurar uma maneira de conseguir fotografar isso decentemente já que é meio complicado fazer isso sozinho e preciso usar o foco manual da camera pra sair legal.

Então dou um update rápido aqui enquanto leio a novel de ngnl.

Li até a metade dela, quase fechando o capítulo 2 e o que percebi até agora foi:
- Adaptação de 16 tatami pra 27 metros quadrados, uma adaptação desnecessária ao meu ver e ainda tem um leve erro, já que 16 tatamis dão quase 26 metros quadrados e não 27, valia mais a pena ter usado uma nota de tradução no rodapé, visto que tem várias outras ao decorrer da novel.
- A caracterização da Shiro tá meio estranha, não sei se é coisa da novel em si ou eu quem tou cismado com isso.
- Adaptação do "Nii" da Shiro pra Irmão, transformou algo moe numa coisa normal e sem graça, ponto negativo ai.
- Algumas frases meio sem sentido, cheguei a tirar fotos de algumas com o celular enquanto eu lia pra poder analisar melhor depois.
- Typos e erros de digitação em várias partes, geralmente letras faltando, porém, o menor dos problemas.
- Um senhorita Shiro num momento onde ele se refere a ela chamando-a de "imouto", no caso, um irmãzinha como tem sido usado cairia melhor, acho que o tradutor teve um breve lapso de memória nessa parte.
- A forma como "Kuuhaku" foi usado poderia ter recebido uma atenção melhor, no original toda vez que é citado esse termo é grafado 『  』 com o furigana de くうはく (kuuhaku), como eles estão usando as aspas japas pra várias palavras, poderiam ter usado o kuuhaku da mesma forma que é usado no original, mas trocando o furigana pela romanização, o que daria um charme extra.
- Os títulos da novel no original são usados seguindo uma formula pra cada volume, no volume 1 por exemplo, foi usado dois títulos, um em JP com os kanjis e um "furigana" com o título em inglês, poderiam ter mantido o inglês e traduzido o JP e não apenas traduzido o inglês pro nosso idioma.
- Jan-ken-pon adaptado como Jokenpô, até hoje não entendo isso, confesso que falava isso quando era criança (quando tinha 5~6 anos) mas era porque não sabia como era a pronuncia correta.
- Uso do "Err" e coisas "A-assim". Apesar desse caso ser puramente pessoal.
- A fonte usada para os itálicos tem algumas letras diferente do padrão e me causa uma certa estranheza ao ler, parece que a letra "A" e as letras maiúsculas são de outra fonte e são apenas "parecidas" com a fonte usada. Agora a fonte normal, a negrito e até mesmo a itálico+negrito não apresenta esse problema.


Enfim, no geral gostei do que estou lendo, a tradução até o momento estou dando um 7/10 com 1 ponto descontado pelas adaptações desnecessárias como o tatami e o jankenpon e 2 pontos pela tradução do Nii da Shiro.

E já falei que adorei a novel ter o formato original japonês?


A minha já chegou e estou quase na metade, também notei alguns desses "erros" que você citou, e esse formato é muito perfeito, sério, eu estranhei o tamanho quando chegou, mas depois que comecei a ler notei que é o formato perfeito para esse tipo de publicação, muito mais confortavél de ler do que foi Madoka por exemplo (A novel de Madoka é no mesmo tamanho do mangá), no caso de Madoka se fosse usar esse formato teriam que dividir em dois volumes. Mas para No Game No Life funcionou muito bem.

Em relação as adaptações, não me incomodaram e acho que foram bem utilizadas. Em relação a adaptação do Nii que a Shiro vive falando, também não achei ruim. É claro que eu gostaria que tivessam mantido ou poderiam usar alguma gíria também, mas acho que ficaria meio estranho.

Espero que 2015 seja o ano das novels no Brasil, eu vou comprar até aquele N.06 só para dar uma força.

Obs. Acho a peridiocidade de 2 meses para os lançamentos um pouco apertada, pois alguns desses erros que notamos no primeiro volume claramente poderiam ter sido corrigidos com uma revisão mais apurada, pessoalmente eu preferia esperar um mês a mais para ter um material "perfeito".

Obs2. Todas as ilustrações da Novel são lindas demais, as coloridas então... ohh god...
fioda 
31208 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Amparo, SP
Offline
Posted 1/1/15
Pois é portugassis2, maior parte das coisas é secundário e acaba não afetando tanto o entendimento, mas o Nii pode ser problemático em outras partes da história, por exemplo, quando aparecer a Izuna-tan, deixar sem honorífico nisso vai ficar uma merda a ponto deu reduzir a nota da TL em mais 2 pontos.

Não entendo qual a frescura de querer tirar honorífico desse tipo de coisa, é por essas e outras que sou extremamente chato nesse ponto. (Abandonei assistir qualquer coisa em ptbr pelo simples fato de terem traduzido idol pra idolo em the idolmaster).

Eu comprei essa novel mais pra ver como que era o trabalho da newpop, confesso que esperava bem menos dado as experiencias passadas com a JBC.

Btw, eu tenho a novel de Madoka aqui, não li mas folhei por cima. Não gostei dos nomes sem a vogal extendida (Kyouko como Kyoko) mas gostei de terem mantido os honoríficos todos. E quanto ao tamanho do papel, na parte escrita ficou ok mas as imagens ficaram com resolução bem baixa, provavelmente devido a ampliação da original, assim como fizeram no manga de ngnl, que possui uma leve distorção devido a ampliação.
You must be logged in to post.