Post Reply Cinquenta Tons de Hype: Scream, nova empreitada da MTV!
10050 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Recife
Offline
Posted 6/12/15 , edited 6/12/15
opa! Tudo bem com vocês? faz tempo que não posto por aqui :v Fiz um post no meu blog sobre a série Scream e queria poder discutir com vocês sobre. Então segue o texto abaixo:



O termo Hype vem cada vez ficando mais popular em nosso país, servindo para definir o exagero de algo, ou para enfatizar alguma coisa, ideia ou um produto que está por vir. A coluna terá o mesmo intuito ao explorar algo que ainda vai começar e com isso discutir se todo este Hype é realmente necessário e benéfico para o assunto em questão. E o nome da coluna? Bem sugestível, não? :v



Em novembro de 2014 a MTV Americana dava sinal verde para a criação de uma temporada de Scream, uma produção de Wes Craven baseada na franquia de terror adolescente Pânico, que foi um grande sucesso nos anos 90 em várias partes do mundo. A partir daí começou a se presenciar diversos comentários sobre a qualidade da produção, principalmente por se tratar de uma série da MTV que mesmo com um grande sucesso nas mãos como Teen Wolf ainda não conseguiu convencer em definitivo os fãs de séries sobre a qualidade de suas produções. Agora em 2015 com a estreia marcada para o dia 30 de junho com uma temporada de 10 episódios, a emissora começa a sua divulgação de diversas formas e soltando peças chaves para aumentar o Hype sobre a produção e é neste momento que as comparações e nostalgia começam a ferver pela internet.



Antes de continuar, vamos voltar aos anos 90, onde Scream conseguiu revitalizar o gênero de terror se utilizando de conceitos que combinava cenas assustadoras com diálogos que satirizavam os clichês dos filmes de terror. Sem contar que no elenco havia vários ídolos adolescentes da época: Neve Campbell, Rose McGowan e Courteney Cox. O Sucesso foi estrondoso fazendo com que a franquia se estendesse para mais três filmes, que a medida do tempo foi ficando defasado, o que nos anos noventa era sinal de inovação na década seguinte virou sinônimo de piada, a máscara que aterrorizava antes agora se torna engraçada em meio a tantas sátiras feitas com a franquia ao longo dos anos.

O primeiro filme se foca em um serial killer, fanático por filmes de terror, que vem assustando cada vez mais uma pequena e pacata cidade do interior da Califórnia em 1996 ao assassinar brutalmente os jovens da cidade. Primeiro, ele telefona para alguém fazendo perguntas sobre filmes de terror. Se a vítima errar a resposta, ele depois invade a casa dela e a esfaqueia.
O problema é que ninguém sabe quem pode ser o assassino, já que ele usa uma máscara de fantasma (Ghostface) e um facão para abrir suas vítimas de cima a baixo. Em uma das tentativas do assassino, este falha ao tentar matar a jovem Sidney Prescott, que sobrevive por muita sorte. A partir daí, o assassino fica obcecado por Sidney e passa a tentar matá-la constantemente.

Conseguiu relembrar? Sentiu a nostalgia?




Voltando aos dias atuais, a MTV esta conseguindo levantar um grande Hype sobre a série, principalmente com a divulgação da nova máscara que é notavelmente diferente do que estamos acostumados, gerando um estranhamento nas pessoas que passaram anos com uma determinada imagem mas também com o intuito de satisfazer uma nova geração adaptando e repetindo uma fórmula que deu certo antes.

"A máscara original é muito icônica. Se fossemos manter aquela máscara na série, sem contar com nenhum dos personagens originais, acho que estaríamos enganando o público", destacou o produtor executivo Jaime Paglia em entrevista a Entertainment Weekly. Ele completou ainda, dizendo que a máscara foi inspirada em outras de vilões clássicos como Jason e Michael Myers.

Em uma conversa com uma amiga, ela levantou a seguinte questão: "Essa máscara ficou melhor, já que os filmes de "Todo mundo em pânico" deixou a antiga engraçada demais pra causar medo." Posso dizer que pensando por este lado foi uma boa escolha mudar, mas ainda veremos se realmente dará certo.



A MTV esta se utilizando de diversas estratégias para atrair o público atual que não conhece tão bem a historia da franquia, a fim de criar algo que pareça novo e direcionado a essa nova geração, que tem hoje as séries de Tv como grandes fenômenos. Uma das estratégias mais interessantes foi juntar diversos astros da programação para uma especie de 'Killer Party', onde vemos diversos personagens mortos pelo ''Pânico''. Segue abaixo dois vídeos desta ação promocional:

Promo: https://youtu.be/ZhLLVy0dSgI

Bastidores: https://youtu.be/hZK9cuHErPE

As mudanças não param por aí, a série será ambientada na cidade ficcional de Lakewood (e não Woodsboro), um local suburbano que fica em clima de pavor após o assassinato brutal de Nina Patterson (papel de Bella Thorne) e a revelação de que a morte pode estar conectada a outro crime ocorrido 20 anos antes.

Com Hype positivo ou negativo, teremos que esperar até o dia 30 de Junho para conferir como ficou a adaptação, lembrando que essa não é a primeira vez que uma emissora adapta um filme antigo, é só nos direcionarmos para Bates Motel e vemos o quanto esse tipo de aposta deu certo e espero que funcione também com Scream.

O que achou? Vai acompanhar a série? Ou vai dar só uma conferida? Como está o seu Hype?

*Quer saber mais sobre o termo Hype? Então se liga no Podcast de número 52 do MANGÁ²: Link

Abaixo segue mais informações sobre a série:

Estreia: 30 de Junho EUA

Emissora: MTV Americana

Trailers: https://youtu.be/WUejkrfF6u0 https://youtu.be/AUx5jyUS55w https://youtu.be/E0TYLL-_HzI https://youtu.be/xMmHjvNf5oE https://youtu.be/I7RwztAgdMI


Descrição dos personagens:


Nina Patterson (Bella Thorne): A rainha da escola que comanda seu reino com punho de ferro. Sua melhor amiga, Brooke, a descreve como uma “psicopata mimada sem controle do impulso”, ou seja, alguém que você não deve cruzar o caminho. Por anos, Nina praticou bullying sem dó contra Audrey, Noah e uma série de outros alunos. Agora, bem... o karma a alcançou.

Emma Duval (Willa Fitzgerald): A garota boa que quer a paz em seu grupo popular. Isso se dá, pelo menos em parte, pelo abandono do pai anos antes. Emma teve problemas para retornar à normalidade após o ocorrido, mas se mostrou uma garota resiliente que sempre tenta ver o melhor das pessoas — uma qualidade que o assassino usa em sua vantagem.

Kieran Wilcox (Amadeus Serafini): O misterioso solitário e carismático. Kieran é o novato na cidade que não mostra interesse em se juntar ao grupo popular, por mais que tenha tido uma conexão instantânea com Emma.

Audrey Jensen (Bex Taylor-Klaus): A garota focada e destemida algumas vezes lida com problemas por causa de sua atitude impertinente. Ela é uma pária social no colégio e faz o melhor para ser fiel a si mesma, ao mesmo tempo em que persegue o sonho de se tornar cineasta. Audrey ainda está descobrindo a própria sexualidade, o que a leva a se envolver romanticamente com outra garota... e com um incidente de bullying virtual que inicia toda a história.

Noah Foster (John Karna): Noah é um prodígio, um gênio que adora tudo que é nerd. Quando não está trabalhando após o horário escolar na loja de HQs (ou hackeando os servidores do CERN por diversão), ele se mostra obcecado por games, animes e, acima de tudo, filmes de terror. Noah é fascinado por documentários de crimes reais e histórias de assassinos em série desde criança, o que dá a ele conhecimento e perspectiva sobre os eventos que acontecem em Lakewood... talvez ele saiba demais?

Will Belmont (Connor Weil): Charmoso, cuidadoso e preocupado com os outros, Will é o modelo de namorado — ou, pelo menos, é isso que Emma pensa. Os dois estão em um relacionamento sério há um ano. No entanto, a fé de Emma foi testada muitas vezes. Quando Will a decepciona e Kieran chega à cidade, um triângulo amoroso se forma.

Brooke Maddox (Carlson Young): A segunda no comando de Nina e, aparentemente, aquela que herdará o trono. Sempre pronta a fazer comentários maldosos, Brooke aparenta ser o estereótipo da garota malvada. No entanto, diferente de Nina, Brooke é extremamente leal aos amigos — e com razão, já que eles são a única família que lhe resta. Seu pai, Quinn Maddox, é o prefeito da cidade e sempre se mostra ausente, da mesma forma que sua mãe.

Maggie Duval (Tracy Middendorf): A mãe de Emma e a legista de Lakewood. Ela trabalhou duro para desenvolver uma relação próxima com a filha, algo nada fácil desde de a partida de Kevin Duval, o pai da garota, anos antes. Apesar de estar feliz em ter encontrado o amor com o xerife Clark Hudson, Maggie hesita em contar a novidade a Emma, especialmente quando um misterioso perseguidor do seu passado retorna.

Xerife Clark Hudson (Jason Wiles): Após um tempo no serviço militar e um casamento falido, Hudson começa a nova vida na pequena cidade de Lakewood. Ele é um bom policial, mas logo fica sobrecarregado devido às mortes que começam a acontecer na comunidade. Seu trabalho se torna ainda mais complicado devido à pressão do prefeito, que não quer que Lakewood perca o status de “ótimo lugar para viver e investir”.


Até a próxima postagem \o\


Fontes: Minha Série, Spoiler Tv, Wikipédia, Scream Brasil, Adoro Cinema.

Link da postagem no blog: http://boo-box.link/1ZAF3


You must be logged in to post.