First  Prev  1  2  3  4  Next  Last
Post Reply Lolis ameaçadas!
Redator de Notícias
33477 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Rio de Janeiro
Online
Posted 11/18/15

namealreadytaken wrote:

ONU
> acusando lolis de causar crimes
> proprios membros da ONU pegos participando de crimes envolvendo menores de idade
http://www.theguardian.com/world/2015/sep/18/un-criticised-for-failure-to-pursue-allegations-against-staff

"Investigation finds two thirds of internal UN probes into alleged rapes by peacekeepers not passed on to national courts"
2/3 dos casos de rape causado pelos militantes da ONU nem passaram para a corte nacional.

UN is a joke. a really bad joke.

"NGOs have spoken of a culture of impunity around allegations of sexual assault in UN peacekeeping missions, in recent months."
basicamente, membros da ONU fazem crime sexual com criancas de verdade e nao sao punidos. e isso acontece faz bom tempo.

UN = disgusting. i could use a stronger language, but i;d rather not get banned.


Credibilidade da ONU = 0

De acordo com declarações de representantes da ONU 13% das adolescentes japonesas, são prostitutas. De onde eles tiraram esse número? DO ALÉM!

Mais detalhes aqui: http://www.bbc.com/news/world-asia-34774630 e aqui: http://en.rocketnews24.com/2015/11/11/maybe-13-percent-of-japanese-schoolgirls-arent-really-selling-their-services-as-escorts/
12868 cr points
Send Message: Send PM GB Post
29 / M / São Paulo
Offline
Posted 11/18/15

portugassis2 wrote:


T1mered wrote:

Então, vamos lá. Provavelmente eu vou ser linchado por pensar na contramão aqui, mas não acho que ela esteja totalmente errada. O problema é que o que aconteceu aqui, na maioria dos posts, foi o típico rage característico de comunidades de Facebook. Dã, estamos na internet. Mas, enfim, vamos ao que tange a ordem a ONU.


Não existe nenhuma "ordem da ONU", a ONU não manda em nada, o que ela fez, através de uma representante foi recomendar que material com conteúdo lolicon, fosse banido do Japão.


T1mered wrote:
Não é uma questão de fandom, mas a pornografia em animê e mangá que tem uma representação sexualidade de uma criança é um tanto quanto ofensivo para muita gente. Lembrar que existe, no mundo ocidental, um peso diferente para a valoração do que é sexual e do que é violento. Nos EUA o que é violento não é tão chocante quanto aquilo que mexe com a sexualidade....

...Assumir que algo é bonito do seu ponto de vista pode parecer errado do ponto de vista do outro. Sendo assim, seria bom dar uma pensada nestas questões.


Não entendi exatamente o que você quis dizer com isso, me corrija se estiver errado. Você quer dizer que devemos usar valores ocidentais, do que é moralmente aceito aqui para julgar esse tipo de material produzido no Japão?

Não acho que valores morais sejam argumentos suficientes para proibir qualquer tipo de conteúdo em qualquer lugar, o que deve ser debatido é o real prejuízo que esse tipo de conteúdo poderia causar na sociedade.

Se algum grupo se sente incomodado, não consuma esse conteúdo... Se formos pensar numa sociedade onde qualquer coisa que ofenda algum grupo deva ser proibida, vamos viver num mundo muito maluco.

Vamos a um exemplo simples: "Músicas" de funk me ofendem, acho simplesmente ridículas e provavelmente muita gente concorda comigo, mas elas devem ser proibidas só porque eu e mais um certo grupo de pessoas não aprovamos? Acho que não. Mas há de se considerar que nos bailes funk aqui do Rio é bem fácil encontrar "novinhas" de 12, 13, 14 anos se prostituindo e não vejo a ONU ou qualquer outra organização vir a público para tentar acabar com isso, mas enfim...


T1mered wrote:
Tem muita gente que não entende a gravidade de tratar de sexo e temas tabu de maneira positiva, ou leve e dier que isso seja normal.


Não, cara... Por favor não... Não quero acreditar que você disse isso, quando na verdade é exatamente por esses temas serem tratados como tabu e não serem discutidos abertamente e de forma didática com crianças e adolescentes, é que muitos abusos acontecem...


T1mered wrote:
Existe uma coisinha chamada cultura do estupro e a representação glorificada disso. Hentai tá cheio disso, outras coisas como Monogatari fazem piada com isso (eu amo Monogatari, mas é vedd). Se ninguém leu Blackbird vejam tbm o tipo de relação que há.


Existe uma coisa chamada fetiche, se alguém possui fetiche por cenas de estrupo, não quer dizer que ele seja um monstro ou uma aberração da sociedade, ou até mesmo que passe pela sua cabeça qualquer possibilidade de praticar tal abuso contra alguém, inclusive existem casais que juntos praticam esse fetiche e em sua intimidade, onde simulam o estrupo para apimentar a relação.

Isso também não quer dizer que mulheres que tem esse fetiche desejem ser estrupadas de verdade, esse é um assunto bem complexo e não é a tarefa mais fácil do mundo entender os desejos sexuais alheios. Por favor, não achem que estou apoiando o estrupo, longe disso, mas a utilização desse tipo de cena em materiais de ficção não pode ser tratada como uma aberração, é algo absolutamente normal.

Além de tudo, não é só no Hentai que isso é explorado, existem milhares, eu disse MILHARES de sites de pornografia ocidentais que oferecem esse tipo de conteúdo para seus visitantes, então se a questão fosse combater esse "problema" o hentai / lolicon seria responsável apenas por um pequeno percentual de todo material do tipo que existe por aí.


T1mered wrote:
Não adianta chorar. Ainda tenho a oportunidade de ocntar que vi um fã de monogatari que assumiu ter atração por meninas de 13 anos?


Não é crime sentir atração sexual por uma menina de 13 anos, não vamos ser hipócritas, por favor, existem muitas meninas nessa idade por aí que já são bem desenvolvidas e além disso, não são poucas as que vivem publicando fotos ou vídeos altamente sensuais nas redes sociais para chamar a atenção, é justo então julgar o cara por simplesmente ter admitido o óbvio?

Vivemos numa sociedade que estimula cada vez mais cedo a sexualização das adolescentes, o que consequentemente leva os jovens a iniciarem sua vida sexual bem cedo. Leia esse artigo para maiores referências: http://mulher.uol.com.br/gravidez-e-filhos/noticias/redacao/2015/05/19/jovens-comecam-vida-sexual-cada-vez-mais-cedo-veja-como-agir.htm

Enfim... Não entendi bem o seu posicionamento sobre o tema, pois tem muita contradição, mesmo assim resolvi comentar algumas questões que me chamaram atenção.

Sobre o texto da BBC, acredito que seja o mais sóbrio que li sobre o tema até então, recomendo a leitura para quem ainda não conferiu.


Faz muito tempo que eu não posto em fóruns, então, primeira coisa é me perdoem que isso aqui vai dar merda porque, também, o fórum está travando com uma internet de 200 mb. Vai entender porque isso está ocorrendo. Fora que estou tentando me concentrar em tópicos aqui para responder de maneira adequada e estou sendo interrompido por lag. Fica difícil manter qualquer seriedade de pensamento e uma linha de raciocínio em relação ao que vcs estão dizendo. Estou sendo obrigado a postar no Word e, de certo modo, isso atrapalha um pouco. Vamos aos pontos e ao que foi colocado. Se eu confundir alhos bugalhos considerem que estou numa situação muito tensa com o fórum travando e uma mensagem de (não está respondendo) aparece a cada 10 segundos. Enche bastante o saco e tira a gente do sério. Eu costumo digitar como um mané retardado em fórum e isso atrapalha, afinal, o meu texto ali todo picotado, fodido e com uns erros pra lá de escabrosos: pronomes, vírgulas, etc. Fica tudo recortado por causa desse lag. Ás vezes, por hábito o negócio fica feio.

Talvez, o texto tenha soado sentimental demais e muito confuso. Na verdade eu fui colocando vários pontos de vista um em cima do outro. O texto ficou um recorte de opiniões e eu não construí uma redação dando minha opinião. Embora, claro, pelo decoro e maior seriedade de discussão atrelados à um fórum eu devesse. Até porque eu dificilmente teria oportunidade de pegar uma galera que estivesse argumentando de forma consistente e coerente. Ainda assim eu tenho pontos discordantes com isso, ressalte-se isso. O meu objetivo no post anterior não era chegar a um ponto de vista conclusivo e, sim, levantar alguns pontos para possível discussão. Pelo visto funcionou bem. O post não tinha o objetivo de ser um discurso coerente. Se vocês notarem ele é um recorte de coisas.

Enfim, *se irritando progressivamente com a lerdeza do site* o que importa é dizer que o post não foi escrito nas minhas melhores condições e este ser foda de segurar a irritação porque o site tá lerdo demais. Mas enfim. Retomemos o assunto e tentemos ser lógicos. Até quando eu puder aguentar um site travando no com uma internet super rápida....

1 - Até onde vai meu conhecimento histórico a ONU foi uma segunda tentativa da criação de uma “ordem mundial”, reparem nas aspas. O sentido não é exato. É só uma aproximação. Para ninguém reclamar depois que estou sendo incoerente com a informação. Até porque nem sei se isso é relevante no debate aqui, e considerando-se o ambiente em que foi criada a ONU o papel dela mudou muito de lá pra cá. A organização é uma herança da Segunda Guerra Mundial e foi criada por conta do desastre Nazista. Assim ela é, ou deveria ser em tese, um órgão mediador de forças e conflitos armados e/ou de valores sociais. Ela foi criada no Ocidente e, portanto, sua visão de mundo deriva desta parte do mundo. Não quero realmente entrar no debate, embora, considerando-se este histórico, seja absurdo pensar que ela precise interferir dentro de consumos nacionais ou internacionais de algum tipo de ficção. Não é este o ponto que defendia. Além do mais, cada país tem sua legislação e ela não pode alterar estas leis. O ponto é que a ONU fez vista grossa pro material comercializado no Japão para logo depois tomar uma posição acerca do material.

2 – Sei do que você está falando. Não vou tentar responder exatamente sua questão, mas deixar este ponto de vista mais claro para você. O que você me pergunta é se um material destes deveria ser proibido por seu conteúdo porque ele ofende certo ponto de vista. Certo? Não tem como negar que eu falei isso. Na verdade, eu afirmei isso como o fato de que o material ser comercializado de forma normal, sem restrições, possa ser um tanto quanto inapropriado. Isso é o meu ponto de vista pessoal. Eu não acho interessante este material, mas isto sou eu. E o que quer dizer que é um ponto de vista individual e não transferível. Não estou pensando em termos lógicos, mas mostrando como me sinto perante a questão. Um contraste para suscitar debates. Agora vamos aos pontos conflitantes dessa opinião e que são inúmeros:

A – Não, nenhum material de ficção deveria ser pensado sob o ponto de vista da moral e pensado sob uma ótica de representação = ato. Sendo assim, o que disse no meu post sobre Platão quer dizer que, infelizmente, as pessoas confundem as coisas e isto pode não ser bem visto pela sociedade. É uma questão do que é aceitável em termos morais. Reservadas suas proporções culturais estou falando de cultura ocidental.

B – De certo modo, sim. Estou falando de materiais sendo julgados por outra moral alheia a eles e que condiz com nosso ponto de vista. Sendo sincero, eu não concordo muito com essa moral, mas meu “ponto de vista” grita um pouco fora do espectro de fã de anime e mangá e lembra que por convenções sociais a violência é mais aceitável que a sexualização. Isso explica o aviso da ONU conforme o que ela considera condenável no ato de desenhar “menores”. Não justifica as comparações entre os dois, mas dá sustentação na pirâmide pra isso. Não quer dizer que haja uma justificativa real para o banimento de certo conteúdo, porém, ainda há a possibilidade de debate. Não dá para tirar da reta algo só pela licença poética. Assim, como não dá para dizer que devemos proibir pelos costumes. Sabemos, em geral, quem que faz isso...

C – Sobre a moral e o consumo ou não disso eu concordo com você. Sou professor de literatura, inglês e língua portuguesa sei bem dos problemas de se restringir liberdade de expressão e não por mera questão de conteúdo, mas liberdade de pensamento. O que eu acho é que não dá para se debater uma coisa dessas apenas se considerando sob o mote os incomodados que se retirem”. Essa chave é tão ruim quanto o moralismo. Ela tira qualquer questionamento fora e debate.

D – Sobre esta última questão só digo que do mesmo modo que eu fui subjetivo não dá pra ficar achando que este é um critério de valoração do material. Não estou entrando em todos os méritos de proibição e restrição. Chamei a atenção para que esse argumento não parece válido do ponto de vista debatido e do que deveria se considerar como defesa. Alguém poderia questionar o conteúdo. Quantas vezes eu não precisei explicar em aula porque um poema como “O poema sujo” de Ferreira Gullar, cujos vocabulários são obscenos é um objeto de arte. E quantas vezes eu quase não fui agredido verbalmente por conta disso? Sei bem do sentimento, mas como você vai falar isso para alguém que acha que as regras da fala precisam estar presentes num poema e o material precisa ser sublime?

3 – Você pegou meu argumento na contramão. Até porque não tive oportunidade de desenvolver ele de maneira adequada. Só deixo claro que o que você colocou é o meu ponto de vista. Na verdade, o que queria dizer é que a representação positiva de um ato de estupro pode ser negativa. O fato é que o material que transforma isso em uma apologia e não em um debate é maior por conta de questões mercadológicas. É mais fácil afirmar que questionar. Ponto pacífico aqui. Então, pelo menos neste ponto fique bastante descansado que eu não sou nenhum moralista. rs

4 – Okay, não vou argumentar aqui, mas existe o debate entre perversão e fetiche e isso pode ser debatido por horas. Só vou dar o braço a torcer por esse argumento porque ele é lógico e eu tenho coisas mais importantes para rebater aqui. Até porque, sim, o ato não é representação e a simulação não é o ato. Fim de discussão.

5 – TRIGGER WARNING! Stop Rigth There!

Erm..... Sério mesmo que esse discurso foi evocado aqui? Me sinto até embaraçado por ouvir isso. Não sei nem por onde começar, mas essa linha de raciocínio é perigosa e beira ao discurso do estupro e da pedofilia. Só não vou assumir que você esteja dizendo que a menina mereça ser estuprada por conta disso porque sei que não foi isso, mas calma aí com isso campeão.
Segundo, a situação foi toda bastante controversa e envolvia um cara pedindo por conteúdo sexual envolvendo menores reais e um outro dando suporte e mandando dicas de como ele poderia acessar a deepweb. Só não cheguei neste mérito porque seria longo demais falar disso. Além do que dizer-se hipócrita por isso seria tomar casos específicos como a questão. O homem em questão citou, também, uma prática cultural que seria condenável perante outros seres humanos: o casamento de um homem adulto com uma criança.

Agora me diz se as declarações não beiraram o condenável? Me diz que HIPOCRISIA não querer sustentar esse tipo de prática. Evocar o discurso de casar para fazer bem a uma CRIANÇA é sim condenável do ponto de vista humano. Não dá nem para discutir esse ponto.
Porém, eu não evoquei a situação toda. Então, o seu comentário foi um tanto quanto presumível. Só não dá para dizer que o comentário não me causou certa vertigem. O comentário do sujeito.

Acho que é isso. Espero ter deixado claro o ponto de vista que tenho agora que pude debater.


Redator de Notícias
33477 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Rio de Janeiro
Online
Posted 11/18/15

T1mered wrote:
Na verdade, eu afirmei isso como o fato de que o material ser comercializado de forma normal, sem restrições, possa ser um tanto quanto inapropriado.

Mas nesse ponto existe um certo equivoco, pois existem sim restrições, pois não são vendidos para menores de 18 anos. E quando são materiais mais leves, como ecchis em geral, recebem uma classificação etária um pouco menor.


T1mered wrote:
Não quer dizer que haja uma justificativa real para o banimento de certo conteúdo, porém, ainda há a possibilidade de debate. Não dá para tirar da reta algo só pela licença poética. Assim, como não dá para dizer que devemos proibir pelos costumes. Sabemos, em geral, quem que faz isso...

Concordo. Apesar de ter um ponto de vista diferente, eu acho que o debate é válido também.


T1mered wrote:
Só não vou assumir que você esteja dizendo que a menina mereça ser estuprada por conta disso porque sei que não foi isso, mas calma aí com isso campeão.

Não... certamente não.


T1mered wrote:
Segundo, a situação foi toda bastante controversa e envolvia um cara pedindo por conteúdo sexual envolvendo menores reais e um outro dando suporte e mandando dicas de como ele poderia acessar a deepweb...

...Agora me diz se as declarações não beiraram o condenável? Me diz que HIPOCRISIA não querer sustentar esse tipo de prática. Evocar o discurso de casar para fazer bem a uma CRIANÇA é sim condenável do ponto de vista humano.

Aí já é uma outra questão completamente diferente, não é um cara simplesmente que se sente atraído por uma menina que achou bonita. Estamos falando de compartilhamento de material pedófilo de verdade na internet, nesse caso sou absolutamente contra.


T1mered wrote:
Acho que é isso. Espero ter deixado claro o ponto de vista que tenho agora que pude debater.


É sempre bom poder debater de forma educada e inteligente. Como você mesmo comentou antes, a maioria das discussões sobre isso que estão sendo feitas por aí são decididas no grito e não chegam a nenhuma conclusão produtiva.
Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 11/18/15 , edited 11/18/15
Mas é exatamente a falta de discussão que é minha principal reclamação em relação a "decisão" da ONU.

Eles simplesmente, "do nada", resolveram pegar material artístico, que nada envolve crianças e sua produção e consumo, e declarar como pornografia infantil.

Tipo, não houve justificativas reais, plausíveis, estudos, analises ou discussões. Foi simplesmente uma decisão arbitrária, baseada em preconceitos e moralismo. Que pode parecer besteira, mas acaba no mínimo envolvendo e constrangindo um país e seu povo.

É a mesma história da declaração que fizeram de que 13% das adolescentes japonesas se prostituíam! Um número altissimo e que não faz o menor sentido quando falamos de um país altamente desenvolvido.
E os Japoneses reclamaram, a ONU disse isso baseado em q? Até hoje nunca sequer justificaram as fontes de tal declaração. E mesmo assim, o estrago já foi feito, por causa disso eles passaram o constrangimento internacional enorme de que "não cuidam das próprias crianças", logo eles um país que justamente tende a valoriza-las e protege-las devido ao fato do país estar envelhecendo e com cada vez menos crianças e adolescentes.

Apenas por citação: Nós reclamamos que temos uma presidente que fala muita besteira. Mas por muitas vezes a ONU a supera, não com a falta de nexo. Mas com a gravidade das besteiras que também fala.



namealreadytaken wrote:

ONU
> acusando lolis de causar crimes
> proprios membros da ONU pegos participando de crimes envolvendo menores de idade
http://www.theguardian.com/world/2015/sep/18/un-criticised-for-failure-to-pursue-allegations-against-staff

"Investigation finds two thirds of internal UN probes into alleged rapes by peacekeepers not passed on to national courts"
2/3 dos casos de rape causado pelos militantes da ONU nem passaram para a corte nacional.

UN is a joke. a really bad joke.

"NGOs have spoken of a culture of impunity around allegations of sexual assault in UN peacekeeping missions, in recent months."
basicamente, membros da ONU fazem crime sexual com criancas de verdade e nao sao punidos. e isso acontece faz bom tempo.

UN = disgusting. i could use a stronger language, but i;d rather not get banned.


É que as pessoas esquecem. Mas guerra e pobreza são os maiores estímulos para crimes, atrocidades e impunidade.

Por isso que disse em meus posts, que os representantes da ONU deveriam parar de ficar discutindo e recomendando besteira e se focar nos problemas sérios da humanidade, que estão logo ai, e sempre são convenientemente deixados de lado.
gash13 
35102 cr points
Send Message: Send PM GB Post
M / Belo Horizonte
Offline
Posted 11/18/15
ha onu e tao sem moral tao sem credibilidade que fica difcil ela argumentar sobre essa questao de lolita. Alias que discussao inutil. lolita promove o incentivo a pedofilida a meu ver nao. como ja disse antes. O problema de tudo e um so os Mangas e animes estao crescendo em popularidade em paises ricos ocidentais em especial nos EUA que e um dos maiores consumidores de manga hoje em dia. isso incomoda muito a onu e os conservadores ocidentais . pois os valores japoneses que sao passados atraves dos animes sao muito diferente dos ate entao os valores ocidentais passados pelos americanos atraves de filmes e desenhos. Por algum motivo isso parece incomodar muito a onu. alias aposto que depois de implicar com as lolitas a onu vai implicar com os mangas adultos gore como Berserk e Claymore da vida.
Posted 11/18/15 , edited 11/18/15
Vou entrar na contramão e tentar expor também o ponto de vista de quem realmente acha que isso influencia.

Já disseram sobre "games influenciarem as pessoas". Vou ser sincero, eu sinceramente acho que influencia sim. Temos uma sociedade que usa games como estímulo para um raciocínio rápido, porém noto também muita tolerância a violência, ações baseadas apenas em lógica e não em outras questões, e também uma espécie de "síndrome de estocolmo" em qualquer coisa que seja um vício. Estas ideias falo por mim.

Não sei se existem estudos científicos sobre a influência de games na vida e atitude das pessoas, porém não duvido que exista. Serve para tudo também - inclusive qualquer história de ficção - inclua também hentais "loli".

Nossa mente em si é capaz de criar ideias que outros sequer imaginariam. E também "nossa" mente também pode acabar se adentrando em nossa própria imaginação e aceitar certas ideias que criamos como reais e certas. No caso do "loli" - a pedofilia - isso é o chamado "parafilia", ou seja, um "desvio" de condição social - ter prazer com algo fora do comum, exótico, fetiche.

Como já disseram, fetiche "não é incômodo", desde que realmente aceito pela outra parte - o alvo do fetiche. E no caso de crianças-pré adolescentes, a partir do momento que eles viram alvo de fetiche, isso acaba confundindo a mente destes, o que é considerado inclusive abuso sexual, assédio, perversão.

Pesquisem sobre a campanha #PrimeiroAssédio por exemplo e verão relato de mulheres e meninas que dizem que quando tinham uma idade pré-adolescente (a idade geralmente alvo nas histórias de lolitas), eram alvos de olhares maliciosos, de comentários provocantes e as vezes, até de "bulinação" (passar a mão, etc...), isso geralmente de adolescentes e adultos, mais velhos e maduros sexualmente.

Hentai Loli incentiva isso? Acho que podemos dizer que sim. Isso porque perpetua a ideia de que é permitido você olhar de forma sexual a uma jovem. Não sei exatamente como é a cultura japonesa quanto a isso - teria que procurar pesquisas sobre as questões sexuais por lá. Mas sei que é um país que tem seus problemas sociais com isso - lembremos da questão da censura em partes intimas mesmo em filmes para maiores.

Assim como o funk "proibidão", que a propósito, se pesquisarem, verão que muitos "funkeiros" foram alvo de ações do Ministério Público justamente para impor censura, devido a letra recheada de perversão sexual.

Muitas vezes proibir algo não é "acabar com a liberdade de expressão". Pelo contrário, é para regular esta liberdade de forma que não interfira com a liberdade alheia. Se você tem algo que incentiva a restrição de liberdade a outro, então aquilo que se diz livre está regulando o outro, no final não é livre. Liberdade é fazer algo sem que prejudique o outro. No caso dos loli, a ideia de que uma menininha pode ser apreciada como fonte de sexo restringe uma menininha que acaba sendo alvo de alguém que tenha a parafilia e usa uma história loli como incentivo.

Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 11/18/15 , edited 11/19/15
Kra, eu concordo com tudo que você disse até aqui. Mas a partir das citações abaixo eu discordo de praticamente tudo.


Ligeirinho wrote:
Hentai Loli incentiva isso? Acho que podemos dizer que sim. Isso porque perpetua a ideia de que é permitido você olhar de forma sexual a uma jovem. ...

Não, não é!

É fato comum e conhecido por qualquer pessoa em praticamente todos os países civilizados incluindo o Japão. Que abusar sexual menores é crime, e mesmo desejar é algo imoral e doentio. Não importa o quanto um mangá loli, seja ele hentai ou não, demonstre o contrário, isso não é o suficiente para alterar este senso comum a todos. Mesmo os hentais mais pesados, onde a estupro, tortura física e psicológica, ou os mais românticos, entre jovens adultos e crianças, eles nunca demonstram isso como certo.

O problema na verdade sempre foi o contrário. O "errado" é estimulante pra muita gente e principalmente para os verdadeiros pedófilos. O ilegal, imoral e injusto costuma ser um estimulo tão ou mais excitante do que qualquer permissividade.


Ligeirinho wrote:Não sei exatamente como é a cultura japonesa quanto a isso - teria que procurar pesquisas sobre as questões sexuais por lá. Mas sei que é um país que tem seus problemas sociais com isso - lembremos da questão da censura em partes intimas mesmo em filmes para maiores.


Rapaz, vou dizer algo obvio. Mas que talvez nem todo mundo tenha realizado ainda. Mas essa censura tem nome. Hipocrisia!

Existe uma hipocrisia imensa por trás da moral japonesa, e esta censura é justamente um dos exemplos mais esdrúxulos dela.

A censura sexual japonesa é algo que foi criada durante a era meiji, quando os japoneses começaram a adotar a cultura ocidental-judaico-cristã. Neste momento vários valores foram importados entre eles a "imoralidade" sobre o sexo e para se adequar eles desenvolveram um sistema de censura. Mas sempre foi algo que esteve ali apenas para justificar "que eles seguiam esta a moral", mas nunca foi algo realmente popularmente aceito.

Como consequência de tal restrição, especialmente agora na era contemporânea após as várias revoluções sexuais ao redor do mundo, muitos autores passaram a utilizar de técnicas alternativas para contornar a censura e aumentar o sexualismo e a sensualidade nas obras. Foi dai que muitos fetiches hentais como tentáculos, monstros, objetos e etc, foram criados e essa técnica alternativa de sexualizar através de fetiches acabou por consequência criando e estimulando ironicamente o loli sensual e sexual entre os vários fetiches criados.

Resumindo, uma restrição moral e hipócrita como a censura de genitálias é que acabou por ajudar a estimular ainda mais a criação e sensualização das obras sobre e com lolis.

Afinal os japoneses são mestre neste tipo de manobra hipócrita, eles tem "cassinos" e caça níqueis legais que apesar da lei deles não permitir a aposta em troca de dinheiro permite em troca de itens e tickets e estes por sua vez podem novamente ser trocados de volta em dinheiro em diversas "lojas" ao redor destes casinos. Ou no caso da prostituição que lá é ilegal. Mas contato que não aja penetração "convencional" entre os orgãos sexuais, toda a perversão restante a venda por dinheiro é permitida, e se por algum "acaso" quebrarem essa lei, eles simplesmente se defendem dizendo que não foi por dinheiro, foi por amor, diversão ou qualquer outra desculpa aleatória (o dinheiro foi para o restante da "massagem") que fica por isso mesmo.

Então mesmo que algum momento cheguem a proibir alguma coisa sobre o assunto. Muito provavelmente eles vão abrir alguma excessão moral absurda tipo essa:



Ligeirinho wrote:Assim como o funk "proibidão", que a propósito, se pesquisarem, verão que muitos "funkeiros" foram alvo de ações do Ministério Público justamente para impor censura, devido a letra recheada de perversão sexual.

Que nunca dá em nada por normalmente ser fomentadas por acusações anticonstitucionais diga-se de passagem...



Ligeirinho wrote:Muitas vezes proibir algo não é "acabar com a liberdade de expressão". Pelo contrário, é para regular esta liberdade de forma que não interfira com a liberdade alheia. Se você tem algo que incentiva a restrição de liberdade a outro, então aquilo que se diz livre está regulando o outro, no final não é livre.

Essa é a mesma desculpa batida que todo censor e sistema de censura usa para se justificar. Além de entrarmos noutra discussão que seria sobre a própria censura e não ao nosso caso que é debater se a ONU está certa em defender o banimento dos mangás lolicons.

Mas aproveitando e adentrando um pouco, na prática, a repressão a liberdade criativa se for observada pelo todo é muito mais ofensiva ao principio de "não interferir com a liberdade alheia". Afinal ninguém é obrigado a ler, então a obra não impõe nada sobre a liberdade de ninguém. Muito pelo contrário, restringir as obras das pessoas é que é uma invasão a liberdade alheia, pois você está retirando o direito de outras pessoas se expressarem.


Ligeirinho wrote:Liberdade é fazer algo sem que prejudique o outro. No caso dos loli, a ideia de que uma menininha pode ser apreciada como fonte de sexo restringe uma menininha que acaba sendo alvo de alguém que tenha a parafilia e usa uma história loli como incentivo.


Mais uma vez, eu relembro que não existem estudos sérios que comprovem ou não se a presença de obras artísticas em forma de desenhos (não utilizando assim crianças e adolescentes reais) que são de caracter puramente ficcional, estimulam ou não a verdadeira pedofilia e abuso sexual infantil.

Então do mesmo jeito que há teses defendendo que isso pode estimular, também a teses que defendem o oposto e que isso pode saciar potenciais pedófilos ou simplesmente podem não fazer diferença alguma e os público das obras de nada ter haver com os pedófilos ou até mesmo os 3 casos ao mesmo tempo.

Então tendo isso em mente, proibir, banir ou censurar obras sobre tais argumentos, não passariam de decisões baseadas em preconceitos baseados em grandes achismos moralistas que só tendem a desviar atenção do verdadeiro problema.
Redator de Notícias
33477 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Rio de Janeiro
Online
Posted 11/19/15


Concordo plenamente com tudo que você comentou.
7919 cr points
Send Message: Send PM GB Post
23 / M / Salvador
Offline
Posted 11/19/15 , edited 11/19/15
Esse assunto sempre vai e volta no mundo todo, só mudando o alvo, de tempos em tempos...

Vamos falar sério? Essa ideia de produto/ação A estimula comportamentos tipo B/C/D pra mim não passa de uma simples discussão pra ver quem consegue impor sua "vontade" sobre o outro. Eu ainda não consigo entender qual o problema que os poderosos e moralistas tem pra conseguir enxergar que obras e produtos ficcionais não irão passar disso: FICÇÃO. Se o indivíduo está usando ou enxergando isso para outro propósito então procurem tratar o indivíduo, não o produto.

Isso parece mais aquelas brigas de criança que quando não gosta de algo diz pros amigos "se eu não quero brincar disso, então ninguém vai brincar também".

A ONU não tem poder de proibir NADA desse tipo, até porque ela não pode interferir na soberania de um país. O ocidente tem uma mania irritante de impor sua cultura e seus valores por onde quer que ele passe. No final das contas tudo depende apenas da opinião dos japoneses. Se eles acharem que o "pitaco" da ONU está correto e quiserem proibir então que seja, até lá ela pode bater perna e dar "pitacos" a vontade pois tudo ainda vai sempre estar nas mãos do próprio povo soberano no país para decidir.
12868 cr points
Send Message: Send PM GB Post
29 / M / São Paulo
Offline
Posted 11/19/15 , edited 11/19/15

gash13 wrote:

ha onu e tao sem moral tao sem credibilidade que fica difcil ela argumentar sobre essa questao de lolita. Alias que discussao inutil. lolita promove o incentivo a pedofilida a meu ver nao. como ja disse antes. O problema de tudo e um so os Mangas e animes estao crescendo em popularidade em paises ricos ocidentais em especial nos EUA que e um dos maiores consumidores de manga hoje em dia. isso incomoda muito a onu e os conservadores ocidentais . pois os valores japoneses que sao passados atraves dos animes sao muito diferente dos ate entao os valores ocidentais passados pelos americanos atraves de filmes e desenhos. Por algum motivo isso parece incomodar muito a onu. alias aposto que depois de implicar com as lolitas a onu vai implicar com os mangas adultos gore como Berserk e Claymore da vida.


Cara, na moral, por mais que seu argumento faça sentido do ponto de vista das perspectivas culturais algo que choca outra sociedade ainda soa ofensivo. E como eu havia dito há a diferença de peso que se dá à violência e ao sexo. Ninguém reclama muito de animê ser violento, até porque a cultura americana (portanto, ocidental) não vê com maus olhos a violência extrema. Essa violência desenfreada faz parte do nosso dia-a-dia. Já algo que desafia a sexualidade ou vai na contramão de valores éticos relacionados à isso incomoda sim.


Sobre Claymore e outras, relaxe, os quadrinhos nos EUA já foram censurados muito antes dos mangás. Já passamos demais da época do livro "A sedução do inocentes". Livro este que aliás pregava que os valores dos quadrinhos eram deturpados porque "influenciavam o lesbianismo, a pedofilia, a homossexualidade e o comunismo." Ou algo assim. Fique sossegado. Este livro é mítico por causa de suas falácias.
gash13 
35102 cr points
Send Message: Send PM GB Post
M / Belo Horizonte
Offline
Posted 11/19/15

T1mered wrote:


gash13 wrote:

ha onu e tao sem moral tao sem credibilidade que fica difcil ela argumentar sobre essa questao de lolita. Alias que discussao inutil. lolita promove o incentivo a pedofilida a meu ver nao. como ja disse antes. O problema de tudo e um so os Mangas e animes estao crescendo em popularidade em paises ricos ocidentais em especial nos EUA que e um dos maiores consumidores de manga hoje em dia. isso incomoda muito a onu e os conservadores ocidentais . pois os valores japoneses que sao passados atraves dos animes sao muito diferente dos ate entao os valores ocidentais passados pelos americanos atraves de filmes e desenhos. Por algum motivo isso parece incomodar muito a onu. alias aposto que depois de implicar com as lolitas a onu vai implicar com os mangas adultos gore como Berserk e Claymore da vida.


Cara, na moral, por mais que seu argumento faça sentido do ponto de vista das perspectivas culturais algo que choca outra sociedade ainda soa ofensivo. E como eu havia dito há a diferença de peso que se dá à violência e ao sexo. Ninguém reclama muito de animê ser violento, até porque a cultura americana (portanto, ocidental) não vê com maus olhos a violência extrema. Essa violência desenfreada faz parte do nosso dia-a-dia. Já algo que desafia a sexualidade ou vai na contramão de valores éticos relacionados à isso incomoda sim.


Sobre Claymore e outras, relaxe, os quadrinhos nos EUA já foram censurados muito antes dos mangás. Já passamos demais da época do livro "A sedução do inocentes". livro que aliás pregava que os valores dos quadrinhos eram deturpados porque influenciavam o "lesbianismo, a pedofilia, a homossexualidade e o comunismo." ou algo assim. Fiqe sossegado. Este livro é mítico por causa de suas falácias.


hehehe ta certo. sobre a historia dolivro a A sedução do inocentes . ja ate vi um documentario ja falando sobre isso rs . ha nao to nervoso com a onu so chateado pois acho que tem tantas causas urgentes no mundo alem de discutir essa questao lolitas. me desculpa se eu parecir muito ofensivo na minha fala nao foi essa a inteçao :/
12868 cr points
Send Message: Send PM GB Post
29 / M / São Paulo
Offline
Posted 11/19/15 , edited 11/19/15

gash13 wrote:


T1mered wrote:


gash13 wrote:

ha onu e tao sem moral tao sem credibilidade que fica difcil ela argumentar sobre essa questao de lolita. Alias que discussao inutil. lolita promove o incentivo a pedofilida a meu ver nao. como ja disse antes. O problema de tudo e um so os Mangas e animes estao crescendo em popularidade em paises ricos ocidentais em especial nos EUA que e um dos maiores consumidores de manga hoje em dia. isso incomoda muito a onu e os conservadores ocidentais . pois os valores japoneses que sao passados atraves dos animes sao muito diferente dos ate entao os valores ocidentais passados pelos americanos atraves de filmes e desenhos. Por algum motivo isso parece incomodar muito a onu. alias aposto que depois de implicar com as lolitas a onu vai implicar com os mangas adultos gore como Berserk e Claymore da vida.


Cara, na moral, por mais que seu argumento faça sentido do ponto de vista das perspectivas culturais algo que choca outra sociedade ainda soa ofensivo. E como eu havia dito há a diferença de peso que se dá à violência e ao sexo. Ninguém reclama muito de animê ser violento, até porque a cultura americana (portanto, ocidental) não vê com maus olhos a violência extrema. Essa violência desenfreada faz parte do nosso dia-a-dia. Já algo que desafia a sexualidade ou vai na contramão de valores éticos relacionados à isso incomoda sim.


Sobre Claymore e outras, relaxe, os quadrinhos nos EUA já foram censurados muito antes dos mangás. Já passamos demais da época do livro "A sedução do inocentes". livro que aliás pregava que os valores dos quadrinhos eram deturpados porque influenciavam o "lesbianismo, a pedofilia, a homossexualidade e o comunismo." ou algo assim. Fiqe sossegado. Este livro é mítico por causa de suas falácias.


hehehe ta certo. sobre a historia dolivro a A sedução do inocentes . ja ate vi um documentario ja falando sobre isso rs . ha nao to nervoso com a onu so chateado pois acho que tem tantas causas urgentes no mundo alem de discutir essa questao lolitas. me desculpa se eu parecir muito ofensivo na minha fala nao foi essa a inteçao :/


Sou super de boa, cara. Considerando os ambientes que frequento na net esse fórum é um verdadeiro comitê político de tanta civilidade. O que já vi de nego arregaçar o c* do outro em Facebook, Tumblr e Twitter torna isso aqui um episódio de My Little Pony. Dificilmente me ofendo. HAUHAUAHUAHU

Comentário sarcástico abaixo, não levem a sério:


gash13 
35102 cr points
Send Message: Send PM GB Post
M / Belo Horizonte
Offline
Posted 11/19/15 , edited 11/19/15

T1mered wrote:

Sou super de boa, cara. Considerando os ambientes que frquento na net esse fórum pe u verdadeiro comitê político de tanta civilidade. O que já vi de nego arregaçar o c* do outro em Facebook, Tumblr e Twitter torna isso aqui um episódio de My Little pony. Dificilmente me ofendo. HAUHAUAHUAHU


ainda bem que larguei esse demonio chamado face book so entro la rpa conversar no chat com uns amigos meus e pronto. tenho preguica de ver as tretas politicas, ideologicas e religiosas que la tem nao que aqui nao tenha, logico que tem muita treta mas aqui o povo e um pouco menos agressivo apesar de de vez em qaundo aparecer um troll enchendo o saco como aconteceu agora no topico do aplicativo do crunchy.;...
20173 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil
Offline
Posted 11/19/15 , edited 11/19/15
Só sei que ri demais com a Licença Loli, explica muita coisa XD

Mas dizer que Mangá Loli incentiva Pedofilia não faz sentido, não há comprovação e acho que nunca terá, eu mesmo ri. Mesmo sem Mangás Loli a Pedofilia já existe há muito tempo antes e continuaria crescendo. Aliás, acho que muitos pedófilos nem sabem o que é isso.

Quanto a Censura, isso nunca foi a solução pra nada. Faz quem quer, consome quem quiser. ninguém é obrigado a nada.

O que realmente acho Hipocrisia, é que os mesmos que defendem que Mangás Loli influenciam a Pedofilia são os mesmos que pregam que não se deve misturar 2D com a realidade!
12868 cr points
Send Message: Send PM GB Post
29 / M / São Paulo
Offline
Posted 11/19/15

gash13 wrote:


T1mered wrote:

Sou super de boa, cara. Considerando os ambientes que frquento na net esse fórum pe u verdadeiro comitê político de tanta civilidade. O que já vi de nego arregaçar o c* do outro em Facebook, Tumblr e Twitter torna isso aqui um episódio de My Little pony. Dificilmente me ofendo. HAUHAUAHUAHU


ainda bem que larguei esse demonio chamado face book so entro la rpa conversar no chat com uns amigos meus e pronto. tenho preguica de ver as tretas politicas, ideologicas e religiosas que la tem nao que aqui nao tenha, logico que tem muita treta mas aqui o povo e um pouco menos agressivo apesar de de vez em qaundo aparecer um troll enchendo o saco como aconteceu agora no topico do aplicativo do crunchy.;...



Encerrando esse off antes que levemos uma advertência:

Super respeito sua posição com relação ao Face. tem nego que frequenta o lugar só pra destilar ódio, mas debate político e outras coisas não é problema. O problema é que no face o troll tem procedência e quase todo mundo é troll uma hora ou outra naquela p*, mas okay. De qualquer modo aqui o lado da luz da força sempre tem mais força. Vide: autoridade. XD Depois te mostro uns sites de bait chans por aí pra vc ver o que é discussão cheia de desrespeito. Até o face parece um passeio no parque.
First  Prev  1  2  3  4  Next  Last
You must be logged in to post.