First  Prev  1  2  Next  Last
Post Reply 7 costumes que os brasilerios poderiam importar do japao
gash13 
35102 cr points
Send Message: Send PM GB Post
M / Belo Horizonte
Offline
Posted 11/24/15

dougxx wrote:


gash13 wrote:


fleamaiden wrote:


yuriccp wrote:

Kra, uma coisa que nunca entendi no metro. Eles bem que poderiam fazer uma "grade" automática nas estações, do tipo que subisse quando não houvesse trens, e descesse quando algum parasse na estação. De forma semelhante as cancelas de linha férrea. Só que pra pessoas e de forma inversa (fechado quando não há tem, aberto quando há).

Isso não acabaria com suicidios. Mas pelo menos diminuiria os acidentes.


Aqui em SP algumas estações de metrô tem essa "barreira" mas é de vidro e só abre quando o trem para, nem se alguém quisesse se matar conseguiria

Exemplo:




acho que não resolveria muito não pois o problema do japao e o espaço então mesmo come ssa proteção não adiantaria em caso de alguém tropeçar cair de frente com essa proteção leva junto varias pesosas com ela o que faz com o peso derrubar a proteção em reusmo não adianta nada no brasi funciona proque apesar de são Paulo ser cheio ela não chegou ainda ao nível de toquio que 3 vezes mais populosa que sampa rs. de qualquer forma acho que isso reduziria as quedas e acidentes pro trem por la , mais pela questão piscicologica mesmo sensao de ta proetegido pir uma barreira rs.


que isso uma barreira dessa não cai assim não, elas são projetadas para aguentar o tumulto, os metros de São Paulo são dos mais modernos do mundo, até Dubai se baseou neles, o problema é que é pouco metro pra muita gente


pois e tipo isso vcomo disse estaçoes apertadas pra muita gente . mas o problema so tende a piorar afinal a populacoa do japao nao vai diminuir ne rs

8034 cr points
Send Message: Send PM GB Post
20 / M / Marechal Deodoro,...
Offline
Posted 11/25/15

gash13 wrote:


Etiqueta no transporte público
No metrô e no trem, a regra é a mesma. Você deve esperar em fila e deixar primeiro que as pessoas saiam do vagão para depois entrar: um sonho aqui para os brasileiros. Por lá, a maioria entra sem empurrões. Ao utilizar os transportes públicos, os japoneses evitam ficar com mochilas nas costas e atender celulares. Pôsteres por todas as estações pedem aos passageiros para seguirem algumas regras de etiquetas e boas maneiras, ou seja, eles fazem de tudo para não incomodar a pessoa ao seu lado.


fonte http://noticias.uol.com.br/internacional/listas/conheca-7-costumes-japoneses-que-podem-te-parecer-estranhos.htm




Quem me dera que em Maceió fosse desse jeito hehehehe, no terminal perto da casa onde eu fico na capital é vazio, então não tem esse caos existente nos integrados (que sou atropelado com frequência por humanos que aparentemente estão pegando o ultimo do dia)... Mas aqui em Marechal... Nem busão (só os metropolitanos), nem trem/VLT... Nada além do carro praticamente :v
Creio que em cidades tipo SP ou em Tóquio mesmo seja impossível deixar "livre" nos períodos de pico... Porque nem em Maceió (que só tem 1/10 da população de uma das capitais citadas) consegue manter essa ordem...
edubfr 
14548 cr points
Send Message: Send PM GB Post
25 / M / Rio de Janeiro
Offline
Posted 11/26/15

gash13 wrote:


fleamaiden wrote:


yuriccp wrote:

Kra, uma coisa que nunca entendi no metro. Eles bem que poderiam fazer uma "grade" automática nas estações, do tipo que subisse quando não houvesse trens, e descesse quando algum parasse na estação. De forma semelhante as cancelas de linha férrea. Só que pra pessoas e de forma inversa (fechado quando não há tem, aberto quando há).

Isso não acabaria com suicidios. Mas pelo menos diminuiria os acidentes.


Aqui em SP algumas estações de metrô tem essa "barreira" mas é de vidro e só abre quando o trem para, nem se alguém quisesse se matar conseguiria

Exemplo:




acho que não resolveria muito não pois o problema do japao e o espaço então mesmo come ssa proteção não adiantaria em caso de alguém tropeçar cair de frente com essa proteção leva junto varias pesosas com ela o que faz com o peso derrubar a proteção em reusmo não adianta nada no brasi funciona proque apesar de são Paulo ser cheio ela não chegou ainda ao nível de toquio que 3 vezes mais populosa que sampa rs. de qualquer forma acho que isso reduziria as quedas e acidentes pro trem por la , mais pela questão piscicologica mesmo sensao de ta proetegido pir uma barreira rs.



Viaja não, Tóquio e São Paulo tem praticamente o mesmo número de habitantes.
2222 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M / Maricá - Rio de J...
Offline
Posted 11/27/15


Comentando esse post bem atrasado por falta de tempo. Mas com relação a essas portas de segurança, o problema é que querendo ou não elas são caras. Pelo que sei em São Paulo, só tem na linha 4, que é privatizada e é a linha exemplo não só do país, mas das Américas (sim, a linha 4 de SP é considerada a mais limpa e rápida das Américas, não o sistema de metrô de SP inteiro). Eu não moro em SP, então não sei se tem em outras estações. Eu sei que no Rio por exemplo, tanto a estação Uruguai como a General Osório da linha 1 era pra ter isso, mas o governo cortou os gastos. Tbm a linha 4 do RJ que está em construção o governo chegou a prometer que teria, mas já vi reportagens dizendo que não vai ter tbm, por falta de dinheiro. Fora do Brasil, eu sei que no Reino Unido e na França tão fazendo estações assim, e principalmente na China, mas lá eles constroem metrô mais rápido do que se inventa corredor de ônibus no Rio.

Com relação aos costumes dos japoneses, não só o Brasil, mas vários países poderiam copia, vamos lá:

Usar máscaras hospitalares - Isso é uma coisa bem do Japão mesmo. Ele realmente ajuda a proteger e evitar passar doenças. Se saíssemos com uma máscara aqui com certeza iriam estranhar, provavelmente iriam achar que estamos com uma doença super-hiper-mega contagiosa. Mas engraçado que o brasileiro (ou a maior parte) quando está com alergia, ou resfriado e tem que sair fica tipo fungando o nariz e segura o espirro. Tem um canal de um francês e um americano que acha isso que nós fazemos engraçado, pq sentimos vergonha de espirrar na rua e procuramos ir ou ao banheiro ou algum lugar sem gente por perto, enquanto na França/EUA eles espirram normalmente com um paninho ou algo assim na rua.


Pano quente para limpar as mãos - Isso só mostra como a higiene deles é superior. Com certeza isso devia ser copiado, tenho nem o que falar.

Faxina na Escola - Se isso acontecesse no Brasil, iria ser capa nos jornais, na veja, iria até ser a chamada do Jornal Nacional, +ou- com um tema assim: "Estado deixa de cumprir seu papel, e usa de trabalho escravo infantil para limpar as escolas." ou algo assim. Infelizmente a sociedade brasileira é hipócrita pra cacete quando diz respeito a educação de criança/adolescente. Eu prefiro nem entrar muito nesse assunto.

Etiqueta no transporte público - Eu não sei como está agr exatamente, mas tinha uma reportagem que falava que lá usavam até empurradores no horário de pico para caber todo mundo, mas realmente eles respeitavam as pessoas sairem primeiro. E nos animes qdo se passa em cidade grande por exemplo no horário de ir pra escola, mostra os trens cheios. Qdo é fora desse horário que é diferente. E com relação as mulheres assediadas no vagão, realmente a lei japonesa é severa, mas pra isso precisa haver denúncia. E com uma cultura que ainda é meio conservadora, podemos novamente usar animes com exemplo, de q as mulheres lá se sentem constrangidas de denunciar. No entanto, realmente lá eles tem lei que são severas, aqui no Brasil isso normalmente não dá em nda. Tbm sei que em Tóquio tem uns vagões reservados pras mulheres, queria saber se isso funciona por lá, pq aqui no Rio isso não adianta de droga nenhuma. Evitar mochila nas costas é uma ótima etiqueta, eu faço isso tbm pq é desconfortável até pra mim se estiver de mochila e com relação a não atender celular, não precisaria tanto por aqui, afinal seu eu levar 2 horas, seja preso no trânsito da ponte Rio-Niterói, ou no trem entre Campo Grande-Central, precisaria atender o telefone. Mas se aqui, simplesmente não botassem uns alto-falantes do nda eu já ficaria satisfeito, antes era só funk, agr tem até música gospel. Pior foi a um tempo atrás que tinha um pessoal no metrô que tocava música dentro do vagão. Tipo na estação ok, mas dentro do vagão?

Recolher lixo no estádio - Esse é um nível ao qual dificilmente iremos chegar, me dou por satisfeito se simplesmente não jogassem lixo no chão.

Tirar os sapatos antes de entrar em casa - Por mais higiênico que seja isso nunca vai acontecer por aqui. Vivemos numa sociedade Cristã-Judaica ocidental, que no mínimo acha isso exótico e estranho.

Sem gorjetas - Esse eu não concordo. Dar gorjeta é algo normal, um agradecimento ao serviço prestado além do que precisa. Tipo, se vc pega um táxi o cara simplesmente tem que te levar até o destino e vc pagaria a ele. Mas e se ele te explicar sobre a cidade, te der dicas de turismo, te dizer quais lugares evitar, explicar onde encontrar serviços de conveniência, bancos, restaurantes? Ele está fazendo além do trabalho dele e vc criando simpatia pode dar um agradecimento, por isso não vejo problema.

Normalmente quem paga é a mulher - Comigo esse funciona assim: "Paga quem tem dinheiro" kkkkkk. Então como aqui é outra cultura e outra realidade social e financeira, deixa assim mesmo.

gash13 
35102 cr points
Send Message: Send PM GB Post
M / Belo Horizonte
Offline
Posted 11/27/15

Flinmaster wrote:



Comentando esse post bem atrasado por falta de tempo. Mas com relação a essas portas de segurança, o problema é que querendo ou não elas são caras. Pelo que sei em São Paulo, só tem na linha 4, que é privatizada e é a linha exemplo não só do país, mas das Américas (sim, a linha 4 de SP é considerada a mais limpa e rápida das Américas, não o sistema de metrô de SP inteiro). Eu não moro em SP, então não sei se tem em outras estações. Eu sei que no Rio por exemplo, tanto a estação Uruguai como a General Osório da linha 1 era pra ter isso, mas o governo cortou os gastos. Tbm a linha 4 do RJ que está em construção o governo chegou a prometer que teria, mas já vi reportagens dizendo que não vai ter tbm, por falta de dinheiro. Fora do Brasil, eu sei que no Reino Unido e na França tão fazendo estações assim, e principalmente na China, mas lá eles constroem metrô mais rápido do que se inventa corredor de ônibus no Rio.

Com relação aos costumes dos japoneses, não só o Brasil, mas vários países poderiam copia, vamos lá:

Usar máscaras hospitalares - Isso é uma coisa bem do Japão mesmo. Ele realmente ajuda a proteger e evitar passar doenças. Se saíssemos com uma máscara aqui com certeza iriam estranhar, provavelmente iriam achar que estamos com uma doença super-hiper-mega contagiosa. Mas engraçado que o brasileiro (ou a maior parte) quando está com alergia, ou resfriado e tem que sair fica tipo fungando o nariz e segura o espirro. Tem um canal de um francês e um americano que acha isso que nós fazemos engraçado, pq sentimos vergonha de espirrar na rua e procuramos ir ou ao banheiro ou algum lugar sem gente por perto, enquanto na França/EUA eles espirram normalmente com um paninho ou algo assim na rua.


Pano quente para limpar as mãos - Isso só mostra como a higiene deles é superior. Com certeza isso devia ser copiado, tenho nem o que falar.

Faxina na Escola - Se isso acontecesse no Brasil, iria ser capa nos jornais, na veja, iria até ser a chamada do Jornal Nacional, +ou- com um tema assim: "Estado deixa de cumprir seu papel, e usa de trabalho escravo infantil para limpar as escolas." ou algo assim. Infelizmente a sociedade brasileira é hipócrita pra cacete quando diz respeito a educação de criança/adolescente. Eu prefiro nem entrar muito nesse assunto.

Etiqueta no transporte público - Eu não sei como está agr exatamente, mas tinha uma reportagem que falava que lá usavam até empurradores no horário de pico para caber todo mundo, mas realmente eles respeitavam as pessoas sairem primeiro. E nos animes qdo se passa em cidade grande por exemplo no horário de ir pra escola, mostra os trens cheios. Qdo é fora desse horário que é diferente. E com relação as mulheres assediadas no vagão, realmente a lei japonesa é severa, mas pra isso precisa haver denúncia. E com uma cultura que ainda é meio conservadora, podemos novamente usar animes com exemplo, de q as mulheres lá se sentem constrangidas de denunciar. No entanto, realmente lá eles tem lei que são severas, aqui no Brasil isso normalmente não dá em nda. Tbm sei que em Tóquio tem uns vagões reservados pras mulheres, queria saber se isso funciona por lá, pq aqui no Rio isso não adianta de droga nenhuma. Evitar mochila nas costas é uma ótima etiqueta, eu faço isso tbm pq é desconfortável até pra mim se estiver de mochila e com relação a não atender celular, não precisaria tanto por aqui, afinal seu eu levar 2 horas, seja preso no trânsito da ponte Rio-Niterói, ou no trem entre Campo Grande-Central, precisaria atender o telefone. Mas se aqui, simplesmente não botassem uns alto-falantes do nda eu já ficaria satisfeito, antes era só funk, agr tem até música gospel. Pior foi a um tempo atrás que tinha um pessoal no metrô que tocava música dentro do vagão. Tipo na estação ok, mas dentro do vagão?

Recolher lixo no estádio - Esse é um nível ao qual dificilmente iremos chegar, me dou por satisfeito se simplesmente não jogassem lixo no chão.

Tirar os sapatos antes de entrar em casa - Por mais higiênico que seja isso nunca vai acontecer por aqui. Vivemos numa sociedade Cristã-Judaica ocidental, que no mínimo acha isso exótico e estranho.

Sem gorjetas - Esse eu não concordo. Dar gorjeta é algo normal, um agradecimento ao serviço prestado além do que precisa. Tipo, se vc pega um táxi o cara simplesmente tem que te levar até o destino e vc pagaria a ele. Mas e se ele te explicar sobre a cidade, te der dicas de turismo, te dizer quais lugares evitar, explicar onde encontrar serviços de conveniência, bancos, restaurantes? Ele está fazendo além do trabalho dele e vc criando simpatia pode dar um agradecimento, por isso não vejo problema.

Normalmente quem paga é a mulher - Comigo esse funciona assim: "Paga quem tem dinheiro" kkkkkk. Então como aqui é outra cultura e outra realidade social e financeira, deixa assim mesmo.



belas observaçoes as suas concordo em quase tudo .rs acho tambem que nem tudo daria certo apesar que gstaria que tivessemos esse habitos deles em especial na questoa da higiene rs
Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 12/8/15
8º costume: Fazer propagandas sem noção e hilárias:
https://www.youtube.com/watch?v=AFc98lh69UA

Foi mal desviar o tópico. Mas achei que ele é o local ideal pra postar isso e torna-lo mais divertido.
gash13 
35102 cr points
Send Message: Send PM GB Post
M / Belo Horizonte
Offline
Posted 12/10/15 , edited 12/10/15

yuriccp wrote:

8º costume: Fazer propagandas sem noção e hilárias:
https://www.youtube.com/watch?v=AFc98lh69UA

Foi mal desviar o tópico. Mas achei que ele é o local ideal pra postar isso e torna-lo mais divertido.


pois e as propagandas nada tem haver com o querem que as pessaos comprem u.u. kkkkkkkkkkkkkk fala fala fala mas nao tem nada haver com o produto que quer que o publico compre rs
First  Prev  1  2  Next  Last
You must be logged in to post.