First  Prev  1  2  3  4  Next  Last
Post Reply KIZNAIVER★
11429 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 6/25/16

Galera, no último episódio de hoje, um usuário lá nos comentários do episódio notou uma coisa muito interessante. Vejam quem aparece no minuto 21:07 do último episódio no canto superior direito da tela >>>

37867 cr points
Send Message: Send PM GB Post
20 / M / Rio de Janeiro
Offline
Posted 6/25/16 , edited 6/25/16

rod_garcia wrote:


Galera, no último episódio de hoje, um usuário lá nos comentários do episódio notou uma coisa muito interessante. Vejam quem aparece no minuto 21:07 do último episódio no canto superior direito da tela >>>


O estúdio Trigger tá gostando de fazer isso kkk
Tanto é que nos créditos do último episódio de Space Patrol Luluco,teve o anúncio de uma adaptação para TV de Little Witch Academia.
568 cr points
Send Message: Send PM GB Post
21 / M / São Paulo
Offline
Posted 6/27/16 , edited 6/27/16
O que vocês acharam do final de Kiznaiver?
Eu já tinha deixado meu comentário sobre o anime há alguns posts e o mantenho. O final não foi: Ó, MEU DEUS! QUE FINAL! Foi apenas um final bonitinho de anime. Não esperava nada além disso. A trama, em si, não é muito forte, afinal, eram adolescentes descobrindo os mistérios e o valor da amizade, do amor, enfim, da empatia como um todo.
Continuo recomendando o anime, não pelo plot, mas pelas DIVERSAS discussões que ele traz. É um anime que aborda diversos aspectos sociais e as relações interpessoais de uma maneira menos superficial, mesmo sendo, de novo, um tanto infantilizado e 'colorido demais' em alguns momentos, contudo, é coerente com a adolescência/infância e a fase de descoberta dos personagens.
Não é extraordinário. Mas é um bom anime e foge um pouco da normalidade. XD
Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 6/27/16
Eu também achei Kiznaiver um anime bonzinho. Concordo com o darfurplayer que não foi nenhum grande anime e o final seguiu o mesmo padrão.

Também não achei a trama nenhum espetáculo, mas foi interessante de se ver. Porem não achei ele infantilizado ou colorido demais. Na verdade gostei do fato dele não ter um clima pesado ou excessivamente dramático que é comum em animes sociológicos/psicológicos. Varia um pouco ter algo mais solto e mais perto do senso comum (sem a maldita choradeira do tipo "minha mãe, que morreu, me obrigava a tocar piano porque ela não consegui realizar seu sonho na vida e jogou toda esta frustração sobre mim quando eu era pequeno me obrigando a tentar me tornar o melhor para seguir os passos dela, dai ela morreu no meio do processo, e eu fiquei traumatizado, mesmo passado anos, mesmo após crescido, me culpando até hoje, durante o anime inteiro por ser um merda, e por causa disso não me permito mais tocar a sério e fico enrolando o anime inteiro com esta mesma história").

O problema mesmo de Kiznaiver pra mim foi mais a falta de profundidade no conceito mesmo e o fato dele deixar coisas desconexas, como por exemplo, um conceito descente que explicasse o como o Kiznaiver ajudaria a gerar paz na humanidade (já que desde o principio, compartilhar os sentimentos, obviamente seria muito propicio a causar o isolamento e a reclusão do que a paz propriamente dita). Este e outros conceitos do anime não me convenceram e acabaram deixando um clima de "falta de explicação" e inutilidade no ar que me incomodou durante o anime inteiro, principalmente no final.
edubfr 
14550 cr points
Send Message: Send PM GB Post
25 / M / Rio de Janeiro
Offline
Posted 6/27/16
Acho que realmente ninguém tava esperando um final espetacular, justamente pelo que o yuriccp comentou. Nunca houve de fato algo mais a fundo no sistema Kizna, que nos convencesse que ele seria realmente capaz de propiciar a paz mundial, e não era esperado que isso seria resolvido no último episódio.

O que mais gostei no anime foi dos personagens e como a relação deles se construiu. Toda aquela loucura ao fundo foi apenas um adicional.
11429 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 6/27/16 , edited 6/27/16
O anime ser "colorido demais" é uma marca específica do estúdio TRIGGER.. ficaram bem evidentes os traços já vistos em KILL la KILL, por exemplo.. aliás, cenas que denotavam mais alegria tinham cores vivas e gritantes, cenas mais dramáticas tinha cores pálidas e mais escuras.. eu achei bem bacana.
11429 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 6/27/16

yuriccp wrote:

O problema mesmo de Kiznaiver pra mim foi mais a falta de profundidade no conceito mesmo e o fato dele deixar coisas desconexas, como por exemplo, um conceito descente que explicasse o como o Kiznaiver ajudaria a gerar paz na humanidade (já que desde o principio, compartilhar os sentimentos, obviamente seria muito propicio a causar o isolamento e a reclusão do que a paz propriamente dita). Este e outros conceitos do anime não me convenceram e acabaram deixando um clima de "falta de explicação" e inutilidade no ar que me incomodou durante o anime inteiro, principalmente no final.


O projeto tinha como objetivo compartilhar a dor.. com várias pessoas compartilhando a mesma dor, a intensidade era reduzida a ponto de você quase não sentir.. é daí que vem o conceito de "paz mundial".. imagine alguém batendo o pé na quina da mesa.. se essa dor for compartilhada com 30 pessoas, quem bateu quase nao vai sentir nada..

Eu até que achei coerente.. a questão é que a motivação deles era essa, trazer "paz".. mas na prática acabou não dando muito certo.

Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 6/27/16
Não acho que o objetivo tenha sido este não.

Durante o anime eles explicam que o Kiznaiver tem 2 problemas básicos. Ele dura pouco, e ele só conseguia compartilhar direito a dor. Mas o que eles queriam mesmo era compartilhar todos os sentimento e os pensamentos.

O problema é que era meio obvio o que ocorreria se funciona-se. O turbilhão de sentimentos diferentes acaba fazendo com que os personagens se afastassem, se evitassem e se estranhassem mais do que se aproximassem. Eles acabaram voltando mesmo pela convivência forçada que gerou a amizade e não pelo Kiznaiver.

Além disso, se o objetivo fosse só dividir a dor até sumir, isso não diminuiria os conflitos, ao contrário aumentaria, pois o medo de sentir dor se perderia (o mais provável é o contrário, seria as pessoas evitarem para compartilhar a dor. Mas em grande escala a divisão acabaria fazendo que a dor se torna-se crônica e constante gerando um efeito similar ao de não ter dor e voltaria os conflitos mais uma vez).
568 cr points
Send Message: Send PM GB Post
21 / M / São Paulo
Offline
Posted 6/27/16 , edited 6/27/16
Eu concordo e discordo de vocês... HUAUHA.
Quero só deixar claro que o "colorido demais" do meu comentário não foi em relação à animação. Foi mais no aspecto de ser romantizado, feliz demais em alguns momentos, entende? Dava para ter sido algo mais "dark", não algo extremamente depressivo e cheio de dramatização (concordo sobre your lie on april, btw), mas algo que tivesse um pouco mais de peso quando necessário. Às vezes precisamos tomar um soco para valorizar o afago. XD
Acho que no frigir dos ovos, era um anime que tinha potencial para ser muito bom, mas foi excessivamente superficial. A coisa mais bem construída do anime foi a relação entre os personagens, entretanto dava para ter sido melhor, não acham? (Talvez eu esteja pedindo demais para um anime com apenas 12 episódios, perdoe-me por isso.)
~
Agora, sobre a finalidade do experimento, acho que foi sim coerente e plausível. O que eu entendo do experimento é que ele daria, mesmo que temporariamente, uma possibilidade das pessoas SENTIREM o que os outros sentem. É aquele famoso "não faça com os outros o que não quer que façam com você", compreende? Muitas coisas no mundo poderiam ser evitadas se a pessoa parasse para se colocar no lugar do outro e, com o Kizna, você automaticamente é colocado numa posição equivalente. Os pesquisadores acreditavam, penso eu, que ao ter experienciado a consequência da sua ação no outro, o agente não faria o mal, ele simplesmente não agiria por ter conhecido NA PRÓPRIA PELE o que aquilo significava. A não maltrataria B se soubesse a dor que B sente, pois não iria querer sentir aquela dor, mesmo quando deixasse de senti-la. É uma AUTOCENSURA, é um pensamento moral transformado em algo sensível...
Apesar de concordar que ele poderia não ter essa conclusão e até gerar outros problemas como aconteceu com o próprio grupo (e com os dois delinquentes malucos que quando pararam de sentir dor, quiseram brigar).
~
Viagens:
a) Eu até pensei que a dor poderia, na verdade, tornar-se infinita. Porque se A e B compartilham a dor, quando A sentir dor B também sente, então, A sentiria a dor de B por sentir a dor de A e... progressão infinita. Mesmo que a dor diminua progressivamente também, por ter sido dividida).
b) Vamos tentar desenvolver mais em larga escala:
O exemplo do Yuri é a situação na qual toda a humanidade está unida pelo Kizna, correto? Nessa linha de raciocínio, a dor seria diluída na humanidade como um todo e não teria, basicamente, sentido nenhum, afinal, um soco dividido entre 7 bilhões de pessoa é a mesma coisa que nada. Entretanto, quantas pessoas estão tristes no mundo agora? Uma, duas, três? Milhares? Milhões? Quantas pessoas estão sentindo dor física? Nesse caso não temos mais 1/7bi, teríamos 1mi/7bi, 100mi/7bi, enfim, não dá para saber, porém, acredito que o ponto tenha se estabelecido: muitas pessoas sentem dor, sofrimento, tristeza no mesmo momento, logo, como colocado, seria um PROBLEMÃO no momento inicial, assim as pessoas se afastariam até o programa acabar, da mesma forma que o grupo fez, certo?
Bom, temos vários problemas que somos incapazes de resolver por estarmos numa escala grande demais. Não temos como saber a intensidade da dor, o quanto ela oscilaria, o que aconteceria ao dividir o pensamento de 7 bilhões de pessoas que não se conhecessem e tudo mais. Muitos problemas. Muitas possibilidades de trama. Poucos episódios. Podemos discutir bastante e só.
Portuguese Moderator
28122 cr points
Send Message: Send PM GB Post
30 / M / Pernambuco/Alagoas
Offline
Posted 6/28/16 , edited 6/28/16

darfurplayer wrote:
Acho que no frigir dos ovos, era um anime que tinha potencial para ser muito bom, mas foi excessivamente superficial. A coisa mais bem construída do anime foi a relação entre os personagens, entretanto dava para ter sido melhor, não acham? (Talvez eu esteja pedindo demais para um anime com apenas 12 episódios, perdoe-me por isso.)


Na verdade vc nem discordou, foi básicamente isso que eu quiz dizer. O maior problema do anime foi que ele ficou muito superficial, se focando apenas na relação entre os personagens. Porem ele aproveitou pouco o potencial do projeto Kizna já que ficou praticamente na relação os personagens em si, e quase nada sobre o próprio projeto, deixando em branco coisas como, como usa-lo, como aplica-lo, quem apoia o projeto, porque apoia, etc.

Esta subutilização do potencial do anime acabou deixando superficial pra mim. Não acho que precisaria criar um clima mais pesado, pois gostei de variar um pouco fazendo algo mais solto sobre um anime de assunto mais sério. Porem faltou profundidade nele.
First  Prev  1  2  3  4  Next  Last
You must be logged in to post.