Post Reply APRESENTAÇÃO
Moderator
11423 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Online
Posted 4/15/16

E aí pessoal,

Estou criando esse tópico para nos apresentarmos.

Por favor, utilizem a estrutura abaixo para se apresentarem, pode ser?

APRESENTAÇÃO

Nome: Rodrigo
Idade: 23 anos
Cidade: São Paulo / SP
Escolaridade: Estou finalizando minha graduação em Design Gráfico.
Profissão: Sou empreendedor e tenho empresa.

Como você se interessou por animes?


Bom, tudo começou na minha infância e como qualquer garoto eu era fanático por Dragon Ball Z. Lembro-me de ter pego alguns resquícios da TV Manchete nos anos 97, 98 e até 99 quando ela saiu do ar. Além de DBZ, assistia CDZ, Sailor Moon e Yu Yu Hakusho.

Depois com as transmissões da Band, Cartoon Network e até a falecida TV Globinho, acompanhei alguns animes como Samurai X, Cyborg 009, Astro Boy, Sakura Card Captors, e os mais conhecidos, como Pokémon, Digimon, BayBlade e Yu-Gi-Oh.

O tempo foi passando, fui crescendo e perdendo o interesse. Não por animes em si, mas por assistir televisão. Na minha adolescência, foquei em outros hobbys e os animes foram caindo no esquecimento. Eu se quer sabia que existiam "temporadas" japonesas que transmitiam dezenas de novos animes.

Final de 2014 e meados de 2015, meus irmãos mais novos já eram fanáticos por Naturo (mas eu sempre tive um preconceito pessoal) e vi eles assistindo Shingeki no Kyojin. Na época esse anime era uma febre, todo mundo falava sobre. Numa bela noite de sexta-feira, resolvi acessar um FunSub pra matar a curiosidade. Foi amor a primeira vista! Eu nem lembrava que um anime poderia ser tão consistente em história, personagens e entretenimento. Depois de maratonar Attack on Titan, fui pesquisar na internet outras opções e eis que me deparo com Mirai Nikki. Eu tenho uma história de amor com esse anime.. hehehehe Nunca assisti algo tão intenso! Deve ser porque eu estava mal acostumado.

Depois de finalizá-lo, meus irmãos indicaram Sword Art Online que era outra febre na época. Eu estava cansado de assistir animes com baixa qualidade e descobri que a Crunchyroll era uma plataforma de streaming oficial. Não pensei duas vezes e virei um assinante. Lembro-me que depois de assistir SAO, comecei com o Akame ga Kill.

Desde então, fui aprimorando meu conhecimento pela cultura japonesa, principalmente neste mundo de animes, e acompanhado cada temporada rigorosamente. Desde que retornei com Shingeki no Kyojin, já assisti mais de 80 animes e pretendo aumentar essa lista ainda mais.

Não existe idade pra assistir animes, pretendo levar este costume para o resto de minha vida e, inclusive, serei um grande influenciador para os meus filhos.
Member
1100 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Belém-PA
Offline
Posted 5/5/16
Nome: Claudio Silva
Idade: 24 anos
Cidade: Belém / PA
Escolaridade: Técnico em Agrimensura.
Profissão: Trabalho como Topógrafo e Calculista.

Meu interesse por anime!

Bom, eu comecei a ver anime na infância, meu primeiro anime foi Dragon Ball Z, me apaixonei pelo anime, depois conheci, CDZ, Tenchu Muyo, Digimon entre muitos outros animes que passava na TV, só que era algo limitado, só conhecia o que a tv te mostrava, depois de cansar de ver Naruto várias vezes na SBT resolvi ir p internet p ver a continuação, foi ai que comecei a ver o qual grande é o mundo dos anime.

Depois de ver Naruto conheci One Piece... esse anime foi o anime que eu maratonei com vontade, assisti uns 200 episódios em pouco tempo (lembro que final de semana levantava cedo p assistir no pc, só saia de lá p comer e ir no banheiro e dormir no final do dia). Sempre fui de assistir animes aleatórios, entrava em sites para saber da sinopse e assistia.

Essa temporada de abril é a primeira temporada que acompanho e estou gostando muito, como disse o rod_garcia no post ai em cima. "Não existe idade pra assistir animes, pretendo levar este costume para o resto de minha vida e, inclusive, sou um grande influenciador da minha filha, ela ja viu Shingeki no Kyojin comigo, pena que ela não entendeu a trama do anime, mas ja é um bom começo.
Member
438 cr points
Send Message: Send PM GB Post
25 / M / Petrolina, Brasil
Offline
Posted 5/6/16
Nome: Filipe
Idade: 25 anos
Cidade: Petrolina / PE
Escolaridade: Ensino Médio completo
Profissão: Nenhuma no momento.

Como você se interessou por animes?

Quando eu era criança, assistia Dragon Ball (o primeiro, do Goku criança) no SBT e curtia muito. Dos 8 anos até o começo da minha adolescência Pokémon, Digimon Adventures, Yu-Gi-Oh, Bayblade, Medabots, Dragon Ball Z e Tenchi Muyo eram os que eu curtia. Mas até aí pra mim eram só desenhos como outros que passavam na época, apesar de eu sentir uma certa diferença neles e ter uma certa preferência por eles.
A partir daí, eu passei por uma fase vendo desenhos por alto, então pouquíssimos desenhos me chamavam atenção, até, mais ou menos nos meus 16-17 anos, eu ver Bleach e Death Note na casa de um amigo e descobrir o que é anime. Mas ainda assim eu passei um bom tempo só vendo Bleach, até que resolvi ver alguns animes que tavam passando na época, isso foi em 2010. E Shiki e Highschool of the Dead me chamaram a atenção dessa vez, cimentando meu gosto por anime pouco a pouco. Depois disso, eu via alguns animes por alto, mas coisa pouca, de um ou dois, vez ou outra, até que, 2 anos depois, eu resolvi ver um anime chamado Evangelion, que foi o que me conquistou de vez. Graças a isso, eu vi outro anime que só me fez gostar mais de animes, que foi Serial Experiments Lain. E ano passado eu passei a acompanhar as temporadas regularmente. E nesta temporada eu estou até vendo animes antigos.
Eu não me considero um otaku ou fã de animes, mas eu gosto muito dessa mídia. Eu vejo muito potencial nela se ela for bem usada, se ela desafiar seus próprios padrões e limites, como ocorreu com Evangelion e Lain, ou simplesmente se ela usar os próprios clichês a favor, como um anime que eu estou vendo recentemente faz com brilhantismo que é Code Geass.
Member
1572 cr points
Send Message: Send PM GB Post
31 / M / Natal, Rio Grande...
Offline
Posted 5/6/16
APRESENTAÇÃO

Nome: Camilo de Lelis Ferreira da Silva, conhecido como Camilo KUFS
Idade: 31 anos
Cidade: Natal, Rio Grande do Norte
Escolaridade: Graduado em Filosofia, Graduando em Letras-Espanhol.
Profissão: Desempregado, mas sonhando em ter ema daquelas profissões impossíveis em animes, enquanto faz um monte de concursos públicos

Como você se interessou por animes?
Um Certo Anime de Aviões que se transforma em Robôs, uma Menina que busca por sua Mãe e uns cinc Irmãos que lutam trajando armaduras me trouxeram a esse novo mundo.
Member
2326 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / F / Desconhecida.
Offline
Posted 5/7/16 , edited 8/6/16
Apresentação


Nome: Emannuelle
Idade: 22 anos
Cidade: ??
Escolaridade: Concluindo a graduação em Administração.
Profissão: ??

Como você se interessou por animes?

Comecei a me interessar por animes na época em que eram exibidos em canais abertos ou pagos na televisão brasileira. Era sagrado acompanhá-los, mesmo que os episódios se repetissem muito. Acompanhei Dragon Ball, Cavaleiros do Zodíaco, Inuyasha, Pokémon, Digimon, Card Captor Sakura... Destes, o que fez me apaixonar pelos animes foi Inuyasha. A história que intercalava o período atual com o feudal, a busca pelos fragmentos da joia, os personagens e suas motivações fortes, o romance... A partir dele fui procurando outros animes que me cativassem.

Outro anime importante para eu cair de cabeça no mundo dos animes foi Rozen Maiden. Me encantei pelo visual lolita-gótico das bonecas, a trilha sonora maravilhosa e pelas personagens. Aliás, o meu nick (Hinanii) é uma variação do nome da personagem Hina Ichigo.

Tal como o user fcb713 , eu não me considero uma otaku ou fã de animes. Como não disponho de muito tempo-livre, costumo selecionar o que vou assistir e dividir entre a minha paixão em ler mangás.
Member
22518 cr points
Send Message: Send PM GB Post
29 / F / Campinas - SP
Offline
Posted 5/7/16 , edited 9/29/16
Nome: Priscila
Idade 29
Cidade: Campinas/SP
Escolaridade: Superior Incompleto
Profissão: Mahou Shoujo*~ (◕‿◕✿)✧˖°

Como você se interessou por animes?

Acho que como a maioria das pessoas da minha idade, foi assistindo na TV. Bons tempos da Manchete, com animes (Sailor Moon, Cdz, Shurato, YuYu) e tokusatsus (Patrine, Kamen Rider, Winspector, Solbrain). SBT também tinha alguns, sendo meu favorito de lá, as Guerreiras Mágicas de Rayearth e depois mais tarde Sakura, na Globo. Ok que no início ainda não entendia muito bem do que se tratava e o porque era tão diferente, mas com o tempo e com as revistas especializadas nisso, fui entendendo melhor e cada vez mais amando tudo aquilo. :3

Ai na fase da adolescência deixei tudo meio que de lado. Primeiro por não ter mais tanto anime sendo exibido na TV, e depois por querer me enturmar melhor com os colegas na escola (que não curtiam animes, games e nem nada do tipo). Foi uma fase bem chatinha da minha vida, mas também era complicado de ter acesso aos animes e tudo mais. Internet na época ainda era discada, era um inferno ficar as madrugadas nas filas do irc pra baixar um episódio em rmvb que você mal conseguia ver o que tava acontecendo na tela.

Lembro que voltei a ver anime quando um amigo conseguiu pra mim uns episódios de Karekano, numa qualidade péssimaaaa! Mas foi esse anime que fez a chama do amor pelos animes acender de novo em mim. Uns anos depois, a JBC começou a lançar mangás por aqui e eu comprei o primeiro volume do Samurai X, e esse foi meu primeiro contato com os mangás. Outros anos se passaram e FINALMENTE fiz amizade com pessoas que curtiam animes e amavam jogos. Um deles me apresentou Ragnarok (que tava sendo lançado aqui no Brasil na época), e ai, cercada de amigos com gostos em comum, eu finalmente me senti bem pra me assumir otakissima-desu. ;3~

Depois disso, a coisa só foi ficando melhor e cada vez mais eu voltei a me dedicar à esse mundo. Voltei a ver animes, comecei a acompanhar as temporadas, comecei a colecionar mangás e hoje em dia também coleciono figures. Waifu e husbando nunca é demais e sempre mantém o kokoro cheio de felicidade e amorzinho~ ❤️
É delicioso entrar no meu quarto, olhar pras estantes e ver os husbandos e as waifus, sério, melhor sentimento da vida. xD

Única coisa que nunca gostei muito: os eventos. Mas mesmo assim já fui em alguns, com direito a usar touquinha e plaquinha, meu passado me condena, eu sei!! UAHAUAHAUHAUS @@"
Mas achava tudo meio chato, sei lá, nunca rolavam atrações realmente interessantes. Acabava indo mais pra encontrar amigos e gastar dinheiro com os mangás mesmo.

E isso aqui ficou bem maior do que eu esperava! xD
Member
6203 cr points
Send Message: Send PM GB Post
22 / M
Offline
Posted 5/7/16 , edited 5/11/16
nome: Eric
Idade: 21
Cidade: ???
Estudo: Completo
Profissão: ???

Como você se interessou por animes?

Pokémon foi o que me trouxe pro mundo anime e me dispertou o interesse em desenhr.
Comecou aos 4 anos eu acho, quando passava na Record ainda, foi ai q comece a me interessar a desenhar, nessa epoca assistia tudo q fosse possivel e q passasse na tv, ai fui cresscendo, me afastei um pouko d pokemon, mas encontrei um amigo na escola q tbm era fan, alias ja era fan de animes, ai recomecei a me interessar por cards de pokemon, pelos jogos, ai tive meu primeiro contato com a versao japonesa do anime e os Op e Ed. Anos dps, me liguei totalmente a esse mundo gracas a HenNeko, dps comecei a acompanhar simulcasts e cacar animes antigos, baixar musicas dos animes e ate a joga rpgs e outros games estilo anime,alem de me dedicar mais aos desenhos, chegando a fazer curso de desenho.

Member
7434 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M
Online
Posted 5/9/16
Idade 23
Cidade: SP
Escolaridade: Formado R.I.
Profissão: Estudando pra vest de novo

Lendo as apresentações aqui, criei motivação para fazer a minha tb! E como a maioria, comecei a ver animes ainda criança na TV. Lembro muito bem do bloco Toonami, o culpado por me viciar em animes como Dragon Ball, Pokemon, Gundam Wing, Sakura Card Captors, Samurai X e Inuyasha (os que mais me marcaram). Posso dizer seguramente que era o momento mais aguardado do meu dia. Até que em algum momento eu parei de acompanhar qualquer programa na TV e foquei meu tempo livre em livros, jogos e séries. Alguns bons anos depois, ao assistir alguns episódios isolados de Naruto na TV, despertou meu interesse de assistir a série de forma decente e acabei recorrendo a internet... Assim passei anos assistindo apenas Naruto através de links RMVB, mas sem ter conhecimento nenhum do "mundo dos animes". Até que num (abençoado) dia, no site em que assistia Naturo apareceu uma propaganda de outro anime, que seria Infinite Stratus! Por pura curiosidade resolvi assistir e me deparei com os clichês da animação japonesa, que me conquistaram imediatamente . Inicialmente, achei que seria apenas um anime que por acaso me foi interessante, sem ter ideia da dimensão de histórias e gêneros que os animes abrangem. Mas esse foi o ponto de partida onde comecei a pesquisar e entender a cultura dos animes e suas peculiaridades. Assisti alguns animes incríveis como Toradora, Clannad, Higurashi e Madoka e ficou claro que esse tipo de entretenimento era o que mais me agradava. Hoje é sem dúvidas a minha fonte de entretenimento favorita e pelo jeito assim continuará a ser.
Member
53 cr points
Send Message: Send PM GB Post
21 / M / Santo André-SP
Offline
Posted 7/19/16 , edited 7/20/16
Nome: Leonardo
Idade: 21 anos
Cidade: Santo André / SP
Escolaridade: Graduado em Design Gráfico/ Começando faculdade de Ciências Contábeis
Profissão: Procurando emprego na área/ Tentando empreender

Comecei desde cedo como 99,99% das pessoas que aqui postam, me entretendo com um com garoto alienigena meio-macaco procurando por esferas mágicas, heróis gregos vestidos com armaduras lutando contra o mal, treinadores vencendo campeonatos juntamente com os seus poderosos "bichos de estimação", crianças viajando em um mundo digital cheio de monstros poderosos e igualmente digitais, jogadores de futebol com habilidades sobre-humanas, piratas que não podem nadar, crianças que lutavam contra fantasmas de uma escola mal-assombrada e um cara que não conheceu outro mundo por querer. Tudo isso agregando ao fato de sempre ter sido um adepto de jogos, tokusatsus, HQs e toda essa nerdice que todo mundo já está careca de ouvir.

Fiquei mais velho porém os hobbies sempre prevaleceram, e à medida que fui pesquisando mais sobre esse ramo do entretenimento (mangás, animes, etc), passei a conhecer novas obras que aqui nunca foram exibidas (pelo menos até o surgimento do Crunchyroll), começando com alguns mais desconhecidos que conheci por mero acaso (Futakoi) para alguns dos melhores animes que já assisti (Elfen Lied, Reborn, Zero no Tsukaima, Ano Hana, etc). Atualmente acompanho sei lá quantos animes desta atual temporada e sinceramente não existe previsão para me enjoar desse gênero da cultura pop.
You must be logged in to post.