First  Prev  1  2  3  4  5  Next  Last
Post Reply Occultic;Nine★
Izarn 
112 cr points
Send Message: Send PM GB Post
19 / M
Offline
Posted 10/22/16 , edited 10/22/16

Luke32 wrote:


rod_garcia wrote:

Isso é relativo mano.. nem sempre a causa de um cancelamento seja porque a história é ruim. E outra, ninguém explicou porque tiraram os dois primeiros episódios aqui da CR.. não faz sentido dizer que o motivo é porque "eram ruins".. se fosse assim tinha que apagar do repertório animes como Mayioga, Big Order e Comet Lucifer.. kkkk

Aliás, o próprio Marco do Intoxi Anime não escrachou por completo a estreia do anime.. e olha que ele é um cara extremamente crítico. Ele disse que a narrativa da estreia foi infeliz, mas a parte de suspense e mistério foi muito boa..



É verdade o Marco é um crítico chato pra caramba. Ele manja demais de anime e nem escumlhambou muito o Ocultic.


Vocês têm que aprender a elaborar críticas próprias, pois se basear na opinião de alguém não formula argumentos precisos. Tenha em mente que ele não é um crítico, longe disso, é apenas alguém que gosta de entretenimento e faz vídeos pro YouTube, também escreve em um blog, mas sem nenhum elemento profissional. Basta observar que a escrita dele tem foco em adolescentes sem conhecimento de linguagens. Sobre a reconstrução dos episódios, acho interessante, mas vão apenas diferenciar a narrativa e não o enredo, e o que isso significa ? Exatamente, a história continuará a mesma. Não li a novel, mas se o non-sense desses dois episódios não é presente nela receberei os novos episódios de braços abertos.
11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/22/16

Izarn wrote:

Vocês têm que aprender a elaborar críticas próprias, pois se basear na opinião de alguém não formula argumentos precisos. Tenha em mente que ele não é um crítico, longe disso, é apenas alguém que gosta de entretenimento e faz vídeos pro YouTube, também escreve em um blog, mas sem nenhum elemento profissional. Basta observar que a escrita dele tem foco em adolescentes sem conhecimento de linguagens. Sobre a reconstrução dos episódios, acho interessante, mas vão apenas diferenciar a narrativa e não o enredo, e o que isso significa ? Exatamente, a história continuará a mesma. Não li a novel, mas se o non-sense desses dois episódios não é presente nela receberei os novos episódios de braços abertos.


Eu tenho crítica própria, só estou dizendo que o Marco teve uma crítica parecida e ele é uma pessoa em evidência nesse meio, por mais que você ache ele um "cara normal e que escreve para adolescentes". Na minha opinião, o enredo/narrativa estão fracos, mas a direção está muito boa.. também gostei do design do anime e acredito que os personagens possuem potencial para serem trabalhados individualmente.

Izarn 
112 cr points
Send Message: Send PM GB Post
19 / M
Offline
Posted 10/22/16

rod_garcia wrote:


Izarn wrote:

Vocês têm que aprender a elaborar críticas próprias, pois se basear na opinião de alguém não formula argumentos precisos. Tenha em mente que ele não é um crítico, longe disso, é apenas alguém que gosta de entretenimento e faz vídeos pro YouTube, também escreve em um blog, mas sem nenhum elemento profissional. Basta observar que a escrita dele tem foco em adolescentes sem conhecimento de linguagens. Sobre a reconstrução dos episódios, acho interessante, mas vão apenas diferenciar a narrativa e não o enredo, e o que isso significa ? Exatamente, a história continuará a mesma. Não li a novel, mas se o non-sense desses dois episódios não é presente nela receberei os novos episódios de braços abertos.


Eu tenho crítica própria, só estou dizendo que o Marco teve uma crítica parecida e ele é uma pessoa em evidência nesse meio, por mais que você ache ele um "cara normal e que escreve para adolescentes". Na minha opinião, o enredo/narrativa estão fracos, mas a direção está muito boa.. também gostei do design do anime e acredito que os personagens possuem potencial para serem trabalhados individualmente.



Narrativa é o elemento central da direção, então dizer que a direção é boa e a narrativa é fraca acaba sendo um paradoxo (contraditório). Não tenho problemas quanto ao seu gosto pessoal, só não concordo em citar alguém que está em alta como base de boa opinião. Recomendo que pesquise mais sobre os elementos de um mistério, talvez consiga entender os motivos que tornam os episódios introdutórios deste anime impossíveis de vingar em uma boa história.
11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/22/16

Izarn wrote:

Narrativa é o elemento central da direção, então dizer que a direção é boa e a narrativa é fraca acaba sendo um paradoxo (contraditório). Não tenho problemas quanto ao seu gosto pessoal, só não concordo em citar alguém que está em alta como base de boa opinião. Recomendo que pesquise mais sobre os elementos de um mistério, talvez consiga entender os motivos que tornam os episódios introdutórios deste anime impossíveis de vingar em uma boa história.


PRIMEIRO: A narrativa depende - não exclusivamente, mas boa parte dela - do roteirista. A "boa" direção que me refiro é na sequência de cenas. Por mais que sejam complicadas de entender, não estão sendo ruins. Existe uma diferença enorme do público que não está acostumado com este tipo de história e a história ser propriamente ruim. Se você acha confuso e não entende, isso refere-se mais ao ser poder interpretativo..

SEGUNDO: Não disse que a "opinião" do fulano era boa.. disse apenas que ela era similar a minha. Com isso, quis mostrar que existe um lado que está sendo agradado pelo anime e outro não.. Agora eu contra-argumento: não concordo com os que estão nomeando o anime como "ruim" simplesmente porque não foram agradados em seus gostos pessoais. É ruim pra você, não para outros.. aliás, fez bem em ter dropado, mostra que tu não és um masoquista.. hehehehehe

Abraços!
Izarn 
112 cr points
Send Message: Send PM GB Post
19 / M
Offline
Posted 10/22/16

rod_garcia wrote:


Izarn wrote:

Narrativa é o elemento central da direção, então dizer que a direção é boa e a narrativa é fraca acaba sendo um paradoxo (contraditório). Não tenho problemas quanto ao seu gosto pessoal, só não concordo em citar alguém que está em alta como base de boa opinião. Recomendo que pesquise mais sobre os elementos de um mistério, talvez consiga entender os motivos que tornam os episódios introdutórios deste anime impossíveis de vingar em uma boa história.


PRIMEIRO: A narrativa depende - não exclusivamente, mas boa parte dela - do roteirista. A "boa" direção que me refiro é na sequência de cenas. Por mais que sejam complicadas de entender, não estão sendo ruins. Existe uma diferença enorme do público que não está acostumado com este tipo de história e a história ser propriamente ruim. Se você acha confuso e não entende, isso refere-se mais ao ser poder interpretativo..

SEGUNDO: Não disse que a "opinião" do fulano era boa.. disse apenas que ela era similar a minha. Com isso, quis mostrar que existe um lado que está sendo agradado pelo anime e outro não.. Agora eu contra-argumento: não concordo com os que estão nomeando o anime como "ruim" simplesmente porque não foram agradados em seus gostos pessoais. É ruim pra você, não para outros.. aliás, fez bem em ter dropado, mostra que tu não és um masoquista.. hehehehehe

Abraços!


Olha só, não há nada de confuso, e esse é um argumento que pessoas usam a todo instante como forma de demonstrar que o desagrado parte do não entendimento da história, quando pode sim partir do EXCESSO de entendimento. Não é gosto pessoal, e consigo lhe provar. Sabe qual é meu anime favorito ? Baccano!, sabe por que ? Simples, é uma incrível obra não linear que consegue através de alterações temporais frequentes construir e desconstruir uma história de ângulos de diversos personagens diferentes. Se você disser pra mim que Occultic;Nine não tem mudanças temporais frequentes vou rir bastante, mas creio que é óbvio.

Você pode estar levando isso pro lado pessoal, e percebo através da sua escrita, mas já disse que não tenho nenhum desgosto por quem gostou da obra, fique tranquilo. Quanto ao anime, sim eu dropei. Não é nada do que imaginei que seria, não é complexo, instigante ou muito menos bem construído, porém existem pessoas que gostam de obras assim, e eu entendo perfeitamente. Só não admito que use como argumento a "complexidade" da obra para com meu desgosto, ok ? Boa sorte com a obra, mesmo assim.

11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/22/16 , edited 10/22/16

Izarn wrote:

Olha só, não há nada de confuso, e esse é um argumento que pessoas usam a todo instante como forma de demonstrar que o desagrado parte do não entendimento da história, quando pode sim partir do EXCESSO de entendimento. Não é gosto pessoal, e consigo lhe provar. Sabe qual é meu anime favorito ? Baccano!, sabe por que ? Simples, é uma incrível obra não linear que consegue através de alterações temporais frequentes construir e desconstruir uma história de ângulos de diversos personagens diferentes. Se você disser pra mim que Occultic;Nine não tem mudanças temporais frequentes vou rir bastante, mas creio que é óbvio.

Você pode estar levando isso pro lado pessoal, e percebo através da sua escrita, mas já disse que não tenho nenhum desgosto por quem gostou da obra, fique tranquilo. Quanto ao anime, sim eu dropei. Não é nada do que imaginei que seria, não é complexo, instigante ou muito menos bem construído, porém existem pessoas que gostam de obras assim, e eu entendo perfeitamente. Só não admito que use como argumento a "complexidade" da obra para com meu desgosto, ok ? Boa sorte com a obra, mesmo assim.


Você deveria ter lido (ou interpretado melhor) a sinopse do anime, pois a história está seguindo rigorosamente o que foi proposto ali. E obrigado, o 3º episódio foi muito bom! Abraços.

11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/22/16 , edited 10/22/16
Avaliação Occultic;Nine – 3º episódio

Devo ser minoria, mas vamos lá.. antes de mais nada, queria dizer que o anime está seguindo a proposta estabelecida em sua sinopse. Vou citar apenas dois trechos dela para quem não leu:


"Uma infinidade de pequenos, minúsculos "desconfortos" evoluem para um caso tão grande que vai além da imaginação... seu blog (do protagonista) é um catalisador que atrai um bando de camaradas verdadeiramente insanos e maníacos..."

Bom, falando do terceiro episódio, pra quem estava reclamando que não houve construção de personagem, neste último tivemos uma boa explicação sobre o passado da Aria, aquela menina que mexe com ocultismo e lança maldições nas pessoas. Aliás, que desfecho macabro teve aquele passado dela, hein?

O episódio também avançou (lentamente, mas avançou) com as investigações e os mistérios do caso sobre a morte do professor. Parece que o protagonista está enlouquecendo aos poucos pelo fato de ter se metido na cena do crime. Sobre os "pequenos desconfortos" citado na sinopse, fica a pergunta: pra que serve o dente que é uma chave? Que raio de mochila falante era aquela? E aquele capiroto surgindo nos sonhos do protagonista? Temos mistérios de sobra que eu espero que sejam respondidos em breve. Fora, é claro, o fato do desaparecimento daquela outra garota e a forma suspeita como o restante do elenco se comporta.

Pra quem não viu, até o traveco que trabalha no bar não escapou do clima de suspense, vejam essa cena:



E apenas como curiosidade pra que não percebeu, no minuto 17:16 uma imagem aparece entre os frames. Parece até aquelas propagandas da Jequiti no SBT que piscam na TV durante meio segundo.. hehehehe Depois de várias tentativas, consegui pausar e ver a imagem, olha que loucura:



Redator de Notícias
33471 cr points
Send Message: Send PM GB Post
28 / M / Rio de Janeiro
Offline
Posted 10/22/16 , edited 10/22/16
Está engraçado acompanhar essa discussão de vocês aqui. kkk

Bom, eu acho que uma série, seja anime ou qualquer outro tipo de mídia, tem que saber conquistar o público no primeiro episódio. Nem todos vão ter tempo ou disposição para assistir mais de um, ou mais de 3, enfim.

Também tem a questão a expectativa pessoal de cada um, pode parecer idiotice mais não é, se você está na expectativa que um anime vai ser bom, mesmo se o começo não agradar você tende a forçar um pouco a barra para ver os lados positivos e continuar.

No caso do Rod, pode ser que tenha um pouco disso, afinal ele tinha esperanças de que seria um grande anime pelo histórico do autor em Steins;Gate e talz. No meu caso foi o contrário, eu sempre estive bem cético devido a minhas decepções com Robotics;Notes e Chaos;Head.

Fui assistir o primeiro epi na expectativa de algo ruim e foi ruim, logo não existe a menor possibilidade de eu dar outra chance, independente de qualquer coisa. Não tem essa de complexidade, mistério nem nada disso, foi só ruim, ponto. Provavelmente se eu tivesse com expectativa alta, também assistiria mais alguns epis e me esforçaria para ver o "lado bom" do epi, mas sinceramente não vi (nem me esforcei pra ver) nenhum ponto positivo.

Mayoiga por exemplo foi ruim desde o início, mas eu mes esforcei para ver o labo bom e continuar por mais alguns epis por ser grande fã da Okada, a roteirista do anime, no fim acabou sendo uma grande bosta. Felizmente ela me compensou com Kiznaiver (que gostei muito) e Gundam IBO, igualmente.

Também tem animes que eu gosto que muita gente odeia, Gundam Wing por exemplo, só vejo gente falando mal por aí e fico putaço! kkk

Também tem aqueles caso que vamos assistir com expectativa ruim e somos surpreendidos, foi o caso de Yuri on Ice comigo nessa temp, o anime é muito bom. Já a decepção que estou me esforçando pra ver pontos positivos é Vivid Strike!

*Edit: Pra fugir um pouco dos animes, esses dias eu fui assistir a nova série da HBO, Westworld, na maior expectativa e acabei odiando. Dropada também.
11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/22/16 , edited 10/22/16
@portugassis2 disse tudo, sem por nem tirar! rs
Luke32 
13834 cr points
Send Message: Send PM GB Post
19 / M / Goiânia
Offline
Posted 10/23/16 , edited 10/23/16
Concordo com o que o Rods disse ai em cima sobre o terceiro episodio. Ele está melhorando bastante mesmo, está ficando bem mais coeso e bem mais misterioso, por mais paradoxal que seja dizer isso é verdade. Bem mais trabalhado.


E outra coisa, só eu percebi o Iluminatti ali ? Mais alguem ? Ahsuehauu

Para dizer que nao estou mentindo:







Iluminatti Confirmed

27807 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M
Offline
Posted 10/24/16
Os episódios 1 e 2 voltaram, agora vou esperar alguém com paciência para procurar as diferenças com a primeira versão.
11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/24/16
Review Occultic;Nine – 1º episódio

GALERA, eu reassisti o primeiro episódio e eles não mudaram absolutamente nada! Mas isso acabou sendo útil para mim e eu pude absorver e entender coisas que eu não havia percebido na primeira vez. Sendo assim, quero fazer uma "review" de cada episódio para quem não está entendendo ou achando confuso demais..

CUIDADO, SPOILERS!

Bom, o primeiro episódio serviu basicamente para apresentar de forma bem superficial e confusa os personagens da série. Também serviu para apresentar a trama principal, ou pelo menos a trama inicial do qual todo o anime seguirá a partir dela, isto é, a misteriosa morte do professor Hashigami.

Observação: É necessário ficar atento a cada cena apresentada, pois provavelmente cada episódio apresentará elementos que só serão respondidos no episódio seguinte ou no final do anime.

Vou dividir por tópicos cada elemento apresentado no primeiro episódio e de forma cronológica. Inevitavelmente eu vou acabar citando acontecimentos do episódio 2 e 3 para explicar alguns elementos desse primeiro episódio.

1) O anime inicia apresentando o protagonista Yuuta Gamon e a sua "assistente" (vamos colocar assim) chamada Ryouka Narusawa (ou como foi apelidada em alguns fóruns por aí como a "Menina dos Peitos Colossais"). Gamon é um garoto do ensino médio que possui um blog que expõe eventos sobrenaturais de forma sarcástica. Em uma das cenas deste primeiro episódio, uma das matérias em seu blog é sobre uma garota que viveu com uma múmia durante 1 ano. Essa história foi mostrada no 3º episódio e quando eu fizer a review dele, comentarei com mais detalhes.

2) Enquanto o protagonista e a "peitos-colossais" estão conversando no bar, o dono (que é um travecão) liga a TV em um programa onde o Prof. Hashigami está participando de um debate sobre atividades paranormais, fantasmas, mundo espiritual e etc. Ele crê no sobrenatural, enquanto os outros participantes tentam refutá-lo. Reparem que o professor possui um grande e longo cabelo. Esse detalhe será importante para os próximos tópicos.

3) Em paralelo a cena do tópico 2, o anime é levado para uma cena dentro de uma sala de uma faculdade onde alguns alunos estão assistindo esse debate do Prof. Hashigami pelo celular. Sentado ao lado deles está um garoto chamado Sarai Hashigami (ele é filho do professor Hashigami) que aparenta estar incomodado com o programa que seu pai está participando. Ele sai da sala e caminha para o lado de fora da faculdade onde encontra uma nova personagem chamada Ririka Nishizono. Ela é extremamente misteriosa, usa um amuleto dos Illuminatis no colar e faz uma pergunta estranha para o garoto. Comentarei sobre ela com mais detalhes na review do terceiro episódio onde ela é melhor trabalhada. Um fato importante acontece nesta cena: é mostrado um flashback onde a Miyuu Aikawa (comentarei melhor sobre ela no tópico 5) faz uma declaração para ele a respeito do seu pai, isto é, o professor. Esta cena do flashback será mostrada no 2º ou 3º episódio se eu não me engano. Pela declaração da Miyuu, parece que o Sarai não possui um bom relacionamento com o seu pai, o Prof. Hashigami.

4) A cena seguinte apresenta uma nova personagem chamada Touko Sumikaze. Ela provavelmente é uma colunista de uma revista que publica assuntos sobrenaturais. Basta ver os itens peculiares presentes no escritório onde ela trabalha para chegar nesta conclusão. O editor-chefe da revista deixa com ela um "manuscrito" do próprio Prof. Hashigami. Provavelmente ele é um dos que contribui com o conteúdo da revista, escrevendo sobre assuntos de tema espirituais, sobrenaturais, etc. Esse manuscrito foi buscado na casa do professor pelo próprio editor chefe. A pessoa que entregou o manuscrito foi uma senhora bem idosa, mas um tanto suspeita, pois o professor não seria marido dela (pela idade dela) e a sua mãe havia morrido há algum tempo. A jovem Touko sugere que ela seja uma "fantasma" e então a cena termina assim.

5) Em seguida, o anime volta para a cena do bar onde o protagonista vê na televisão uma nova personagem chamada Miyuu Aikawa (eu já comentei sobre ela no tópico 3). Ela possui um canal na internet onde faz revelações sobre o mundo externo, pessoas e/ou futuro, através do seu poder de clarividência.

6) A cena do bar é interrompida pelos créditos da metade do episódio e em seguida a cena pula para um beco escuro e chuvoso onde é apresentado uma nova personagem chamada Aria Kureinaino. Essa é a personagem que "viveu" com uma múmia durante um ano e estava sendo citada no blog do protagonista (este é um spoiler que só será mostrado no 3º episódio). Essa garota trabalha com ocultismo e lança maldições nas pessoas dos quais seus clientes solicitam. Tudo o que ela precisa é de uma mecha do cabelo da vítima e de informações básicas sobre ela. Uma mulher misteriosa solicita que ela lance uma maldição em um determinado homem que não é citado na cena. Após lançar a maldição e a cliente ir embora, um ser misterioso e invisível aparece na cena. Não sabemos se ele é um demônio ou um fantasma, isso ficou em aberto. Tanto a cliente como esta criatura misteriosa reclamam de um mau cheiro vindo da porta. Nisto a Aria recebe um e-mail dizendo que recebeu uma correspondência e no e-mail havia o número da besta 666. Ela caminha para o lado de fora e em sua caixa de correspondência há um cabelo longo cheio de sangue.

7) Em seguida o anime volta para a cena do bar onde o protagonista resolve chamar a Miyuu para participar do seu blog de atividades sobrenaturais. Ao chegar no colégio onde ela faz as suas gravações, a Miyuu diz que já estava esperando por ele (deve ser por causa do seu poder de clarividência). O protagonista convida-a para fazer parte da staff do blog e ela aceita de imediato. Durante esta cena, há um corte onde é apresentado mais um personagem, seu nome é Shun Moritsuka e ele aparenta ser um investigador. Ele estava passando justamente na frente da casa do Prof. Hashigami, onde o seu filho acaba de chegar e fica parado na entrada.

8) A cena volta novamente (talvez seja por este motivo de transitar entre várias cenas que tornou o anime bastante confuso) para o bar onde o protagonista, a menina dos peitos colossais e a nova integrante estão discutindo sobre quais casos cada um irá cobrir para escrever uma matéria. No final o único tema que sobra para o protagonista é uma entrevista com o Prof. Hashigami.. ele então parte para o laboratório onde o professor realiza suas pesquisas e se depara com ele morto no chão do escritório. O assassino havia utilizado uma faca para cortar o couro cabeludo do professor. É aqui que todas as cenas se ligam entre si. Afinal, o cabelo enviado para a correspondência da Aria era justamente a do professor. Depois disso o episódio acaba.

RESUMINDO: Este primeiro episódio, como eu já disse, apresentou de forma bem superficial e confusa todos os personagens da série. Alguns foram apresentados de forma mais consistente e outros apenas de relance. A trama do primeiro episódio seguiu basicamente com um ar de suspense entre o elenco e a ligação de todos eles com a morte do Prof. Hashigami. Tudo isso será esmiuçado um pouco mais no episódio 2 e 3 que pretendo comentar em breve.
11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/24/16 , edited 10/24/16
Review Occultic;Nine – 2º episódio

Reassistindo o segundo episódio, eu vi o quanto esse anime é consistente em termos de história. Recomendo fortemente que todos que tiveram uma má impressão reassistam o anime desde o 1º episódio, pois eu pude entender MUITO melhor tudo o que está acontecendo.

CUIDADO, SPOILERS!

Introdução: Bom, o segundo episódio revelou um pouco melhor a trama iniciada no primeiro episódio. Tudo indica que o Prof. Hashigami estava metido em uma descoberta revolucionária, ou talvez ele sabia coisas de mais e pessoas ao redor dele decidiram riscar sua existência.

Assim como na review anterior, dividirei os acontecimentos do segundo episódio em tópicos:

1) O 2º episódio inicia mostrando a Miyuu Aikawa fazendo uma de suas streaming ao vivo revelando o futuro dos usuários online. Um determinado usuário liga para ela e faz um teste para tentar desmascará-la. Ele pede para que ela revele o seu futuro, mas esconde o fato de que está com um câncer terminal. Na minha opinião as interpretações da Miyuu são reais, tanto que ela visualiza um futuro onde o usuário que está falando com ela está trabalhando em um escritório com diversos servidores. Creio que ele tenha mentido sobre o câncer terminal e concluiu a sua pegadinha por não acreditar neste futuro que a Miyuu revelou.. durante toda essa encenação, o filho do Prof. estava assistindo a transmissão.

2) Após a abertura, o episódio segue para a cena do crime onde o detetive que nos foi apresentado no primeiro episódio está acompanhando o caso. Eu já falei sobre ele no tópico 7 da primeira review. Essa cena do detetive se divide entre uma cena que ocorreu logo após a última cena do primeiro episódio. O protagonista ao ver o corpo do professor, começa a se desesperar mas é interrompido por uma voz na sua "mochila rádio". Essa mochila foi mostrada no primeiro episódio e é semelhante à uma mochila usada em um filme onde uma voz do passado fala com a pessoa do presente (não me recordo do nome do filme). Na minha opinião, este anime está seguindo esta mesma linha com "viagem no tempo", não é de se estranhar, pois o autor é o mesmo de Steins;Gate. Comentarei melhor sobre essa teoria nos próximos tópicos. Voltando a cena, essa voz misteriosa diz para o protagonista arrancar um dente do professor. Ao fazê-lo, o garoto foge da cena do crime e percebe que o dente na verdade é uma espécie de uma "chave".

3) Após mostrar esse flashback, a cena retorna para o detetive que se encontra com outros dois policiais que estavam cuidando do caso. Ele conta sobre as suas descobertas e informa ter encontrado um "mangá doujin", que é uma versão de mangá escrita de forma independente e distribuído sem a intervenção de uma editora. Para a nossa surpresa, a autora do mangá é justamente a personagem misteriosa Ririka no qual eu já comentei no tópico 3 da primeira review. O curioso é que uma das cenas do mangá narra exatamente como o crime aconteceu.. isto é, uma pessoa morre e o seu "assassino" leva de recordação o dente da vítima. O interessante disso é que o mangá na cena do crime liga a Ririka ao professor, ou pelo menos ao crime.

4) Após os policiais saírem da cena, algo extremamente curioso acontece. O detetive recebe uma ligação de alguém suspeito revelando que ele está mantendo uma dupla identidade neste caso. Na ligação, foi difícil entender o diálogo, mas é possível entender que o Prof. estava ligado em um grande caso, ou que ele tenha descoberto algo que não deveria ter metido o seu nariz. A voz suspeita na ligação pergunta sobre uma "lista" e o detetive revela que essa lista havia sido criptografada pelo professor, mostrando que ele morreu e evitou que a sua pesquisa, ou essa tal "lista", caísse em mãos erradas. Importante destacar que o professor ao morrer deixou escrito com o seu próprio sangue a palavra CODE. Esse detalhe será importante para um acontecimento no episódio 3. Lembrando também que o detetive cita que eles "ainda possuem 256 cobaias". Eu não faço ideia do que isso signifique, mas no terceiro episódio um estranho fenômeno acontece onde 51 pessoas surgem mortas dentro de um parque. Eu creio que essas pessoas sejam justamente essas tais "cobaias" citadas pelo detetive.

5) Em seguida, o episódio retorna para a cena onde o filho do professor estava assistindo a transmissão da Miyuu. Ele sendo um cético igual ao usuário que havia ligado anteriormente, liga para ela a fim de desmascará-la de vez. Ao citar a sua teoria de que ela é uma farsa, a Miyuu decide revelar o futuro (ou o passado) dele.. revelando uma cena onde ele está com o pai dele (o professor). Eu particularmente creio que aquilo seja uma revelação do passado, onde mostra que o Sarai esteve na cena do crime antes do seu pai ser morto.. mas parece que ele já estava amarrado e já havia sido torturado. Então ele pergunta ao pai: "Porque você deve ser morto?".. indicando que ele esteve ali, sabia o que aconteceria, e fugiu.. deixando o seu pai morrer. Não faço ideia se ele estava ligado ao crime, ou se apenas ele deixou o seu pai naquela situação por ser um cético e não acreditar nas pesquisas do pai. Esta cena já havia sido mostrado pra gente no primeiro episódio e eu comentei no tópico 3.. a linha cronológica do anime é de difícil assimilação.. tenho minhas dúvidas se a cena do tópico 3 da primeira review aconteceu antes ou depois do contato do Sarai com a Miyuu.

6) A cena seguinte mostra o detetive fazendo contato com a Miyuu. De alguma forma ele descobriu que o Sarai ligou para ela e ela fez uma revelação sobre o professor. Neste momento, o investigador pergunta para a Miyuu se alguém mais sabe sobre esses poderes dela.. é daí que ele consegue fazer contato com a colunista da revista de assuntos paranormais que eu havia comentado no tópico 4 da primeira review.

7) Esta cena do investigador com a Touko é uma das que mais deixou elementos sem explicações, ou que contribuiu para criar mais mistérios na história. Primeiro ela revela uma das teorias do Prof. sobre espiritualidade e sobre enviar a mente para o passado ou futuro (conceito que já vimos em Steins;Gate). É dessa cena que eu formulei a minha teoria sobre a "mochila do tempo" no tópico 2 desta mesma review. Eu creio que a voz naquela mochila seja de alguém do passado ou futuro, mais precisamente do futuro, e que está ajudando o protagonista. É interessante também que o detetive conhecia muito bem as teorias do professor, tanto que ele mesmo cita sobre essa teoria de que a consciência poderia ser enviada ao passado. Essa questão liga justamente com as cobaias que o detetive citou anteriormente, possivelmente elas estejam sendo usadas para esse experimento de enviar as mentes para o passado/futuro, mas que por enquanto só estão obtendo resultados negativos. Todos esses conceitos são comuns em Steins;Gate, por isso que eu não acharia estranho que eles estivessem nessa obra também. Em seguida, a Touko faz ligação deste fato sobre enviar as consciências ao passado com o caso da Aria que viveu durante 1 ano com o cadáver de seu irmão.. uma história está se ligando a outra, mas por enquanto tenho tido dificuldades de assimilar tudo.

8) A cena seguinte mostra um acontecimento anterior na linha cronológica. É um fato que ocorreu em paralelo a cena do tópico 8 da primeira review. Enquanto o protagonista estava indo ao laboratório do professor para fazer uma entrevista, a menina dos peitos colossais e a Miyuu ficam encarregadas de fazer uma entrevista com a Aria, isto é, a garota das maldições e ocultismo. Aproveitando a visita, as duas pedem para que ela lance uma maldição no próprio protagonista.. acho que elas fizeram isso por não acreditarem na maldição, ou por acharem que era apenas uma brincadeira. Numa escala de intensidade da maldição, elas escolhem a de nível maior, isto é, justamente a da "besta".. creio eu que essa maldição seja a mesma do tópico 6 da review anterior, onde alguém lançou a maldição 666 no professor para que ele morresse.. neste ponto o anime ficou extremamente sinistro, pois por causa de uma brincadeira o protagonista foi amaldiçoado de morte.. não sei onde isso irá chegar e quais serão as consequências dessa brincadeira.

9) Em seguida é mostrado um flashback do passado da Aria, onde ela vivia com o seu irmão fazendo atividades normais, como se ambos tivessem um ótimo relacionamento.. é bizarro a forma como a narrativa segue, pois a Aria citava em alguns casos que sentia um cheiro insuportável e por isso tomava vários banhos por dia.. depois ela cita que a quantidade de insetos na casa era enorme.. a gente só vai entender o que isso significa quando vemos a cena dela com o cadáver do irmão no episódio 3.. esse mau cheiro e os insetos eram consequências do cadáver apodrecido que ela estava convivendo.

10) Ainda nesta mesma cena, a Touko conclui que a Aria estava vivendo com o "fantasma" de seu irmão..ela chega nesta conclusão com base nas teorias do professor.. tudo indica que esse professor era a peça central de tudo e teve a sua vida ceifada. Bom, essa questão liga a um outro fato misterioso. Vocês lembram da criatura misteriosa e invisível que eu citei no tópico 6 da primeira review? Então, eu acho que essa criatura seja justamento esse tal "fantasma" do irmão dela. Em seguida, a cena retorna para a mansão da Aria onde ela está conversando com a criatura e pergunta se foi ele quem matou o professor.. a criatura diz que ela até tentou chegar antes para matá-lo, mas que alguém havia feito isso antes. A minha conclusão de tudo: essa criatura é o agente pelo qual a Aria consegue lançar as maldições de morte. O indivíduo que ela amaldiçoa acaba sendo morto por esta criatura misteriosa. Lembram que uma mulher havia pedido para que matasse um determinado homem no primeiro episódio? Esse homem deveria ser o professor, mas ao chegar no laboratório, a criatura viu que alguém já havia matado ele antes.. posteriormente essa pessoa envia o couro cabeludo do professor para a caixa de correspondência da Aria, como se fosse uma espécie de "recado".. tudo isso faz muito sentido pra mim e os fatos estão se encaixando aos poucos, mas ainda faltam muitas peças para completar o quebra-cabeça.

11) Por fim, para encerrar o segundo episódio, a Miyuu está saindo do colégio junto com a sua amiga que ajuda nas gravações das streaming. Ao se despedirem, a Ririka que é a personagem misteriosa e que estava ligada à cena do crime do professor, passa pelas duas com um sorriso extremamente sarcástico. Depois que a Miyuu chega em casa, o celular de sua amiga parece ter sido roubado e uma foto suspeita com uma mão é enviada para ela.. tudo indica que ela foi sequestrada ou morta. Mais suspeito ainda é o fato da Ririka estar ligada nesta cena.. alguma coisa não cheira bem com ela!

Enfim.. depois vou reassistir o terceiro episódio e posto a próxima review. Só posso dizer que esse anime está fazendo a minha cabeça e eu nunca estive tão empolgado com uma história de suspense e mistério.
11415 cr points
Send Message: Send PM GB Post
24 / M / Brasil - São Paul...
Offline
Posted 10/24/16 , edited 10/24/16
@portugassis2 . Portuga, eu sei que você já dropou o anime, mas por favor, leia as minhas duas primeiras reviews do episódio 1 e 2 e veja como a história tem muito a oferecer. Eu sei que as reviews que eu escrevi são enormes, mas reserve um tempinho e leia elas! Pelo menos a do primeiro episódio e caso você se interesse, assista tudo de novo.

@ArthurPepper. Cara, você perguntou se mudou alguma coisa nos dois primeiros episódios, eu reassisti eles e não mudou nada.. mas por um lado eu acabei absorvendo coisas super interessantes que eu não havia percebido na 1ª vez.

@Luke32. Mano, eu sei que você está curtindo o anime assim como eu.. então dá uma lida nessas análises que eu fiz do 1º e 2º episódio.. eu acabei percebendo coisas super interessantes e acredito que possa te ajudar a entender um pouco melhor a história.

@Izarn. Cara, eu sei que tivemos opiniões contrárias e alguns desentendimentos, mas dê uma olhada nas análises que eu fiz do primeiro e segundo episódio. Pra você que viu até o 3º, creio que será útil ler a análise do 1º e 2º episódio.. quem sabe assim você não dá uma segunda chance pro anime..

Enfim, só posso dizer que esse anime é muito mais consistente do que imaginamos.. o problema dele está justamente na confusão das cenas e dos seus acontecimentos cronologicamente.. direto surge uma cena de algo que só será mostrado no episódio seguinte, ou cenas que aparecem para explicar acontecimentos de episódios anteriores.. creio que foi justamente essa dinâmica que afastou o pessoal.. essa é uma obra que deve ser consumida aos poucos e vista mais de uma vez para se absorver por completo todo o conteúdo..



@LucianoGomesFla, @Gilneizinho, @azelmotion, @johnnlenon, @gash13, @reikiny.. galera, pra vocês que também comentaram no tópico, deem uma olhada nas minhas análises do episódio 1 e 2 e creio que vocês poderão ter uma nova perspectiva sobre o anime através da minha ótica.. depois me digam o que acharam!

Abraços.
1248 cr points
Send Message: Send PM GB Post
26 / M
Offline
Posted 10/24/16 , edited 10/24/16
Eu curti bastante o episódio 3, achei que melhorou muito e irei continuar assistindo. O episódio 1 foi o que eu achei pior e mais confuso, eu nem tinha me ligado que o cabelo na caixa de correio era o cabelo do professor, pensei que era só algum cliente maluco insatisfeito com algum trabalho que não deu certo, essa tinha passado batido. O fantasma capetão da Aria eu também pensei em ser o irmão dela, já que ela já gostava de ocultismo podia ter feito algo para tentar trazer o irmão de volta a vida, só que ele acabou voltando naquela forma.



Achei bacana a iniciativa e paciência de escrever tudo isso pra ajudar quem não curtiu ou não entendeu o anime, pode ser que alguém dê uma nova chance ou tire dúvidas de alguma coisa que passou batido e ficou confuso.
First  Prev  1  2  3  4  5  Next  Last
You must be logged in to post.