Harém: Quanto mais, melhor

Uma é pouco, duas já tá bom, três é ótimo... mas aí vêm quatro, cinco, seis...

IS

 

Um gênero muito presente nas animações do Japão é o harém. Ele já faz parte do cotidiano de muitos animes hoje em dia (mesmo animes que não são harém, como Sword Art Online, usam muitos de seus conceitos) e é bastante apreciado pelos japoneses, quer nós ocidentais gostemos ou não. Devido às suas situações inusitadas e cheia de absurdos exagerados ele é um gênero perfeito para uma comédia romântica ou um ecchi, embora muitas vezes ele aborde também o drama.

 

Sword Art Online

Sword Art Online: não é um anime harém, mas podia ser


Segundo a definição padrão, “harém é, para a cultura árabe, a parte da casa proibida a homens de fora. Em outras culturas, porém, o termo significa o conjunto das mulheres de um matrimônio poligâmico”. Em se tratando de animes, a definição seria “quando um protagonista é cercado, geralmente amorosamente, por três ou mais personagens do sexo oposto”.

 

O mínimo que pode haver em um harém são três personagens do mesmo sexo, caso contrário é um triângulo amoroso. O mais comum é quando o cenário é dominado pelo sexo feminino, como por exemplo com um grupo de meninas que acompanha um certo menino e, em alguns casos, coabitam com ele. É quando a intimidade se torna habitual.

 

Diferente do que se imagina, não é necessário que as garotas tenham interesse amoroso no protagonista. Se houver uma reunião de garotas em torno dele, mesmo sem romance,  já se constitui um mangá-anime harém (um exemplo é Seitokai Yakuindomo). E existe também uma variante que tem como público alvo as garotas, mais conhecidas como fujoshis: o harém invertido, aonde uma garota é a protagonista e se relaciona com outros garotos no mesmo ambiente. Como exemplos temos Diabolik Lovers e Kamigami no Asobi.

 

Seitokai Yakuindomo Diabolik Lovers Kamigami no Asobi

Seitokai Yakuindomo: harém sem ser harém. Diabolik Lovers e Kamigami no Asobi: para a alegria das fujoshis

 

Quem ajudou a definir os parâmetros do gênero como o conhecemos hoje foi Ken Akamatsu, que criou histórias como Love Hina e Mahou Sensei Negima. Uma curiosidade sobre Love Hina é que Akamatsu não conseguiu ingressar na prestigiada Universidade de Tóquio (conhecida como Toudai) e procurou um curso de cinema (alguns acham que foi daí que surgiu a história de Love Hina). Já Mahou Sensei Negima (Negima!: Magister Negi Magi) é considerado o harém com o maior elenco feminino da animação japonesa (são 20 garotas que se relacionam com o protagonista, um garoto de 10 anos).

 

Love Hina Negima

Love Hina e Negima!: clássicos do harém

 

Outra influência do harém vem dos jogos Dating Sim, ou simuladores de encontros, que são jogos de simulação aonde o jogador adota um papel (algumas vezes de si mesmo através de um protagonista silencioso), criando um personagem fictício e interagindo com mulheres do jogo. Nos jogos mais simples, o objetivo é sair com uma mulher (ou mais de uma) e alcançar um nível alto de relação com ela em um tempo limitado, o que as vezes exige o aperfeiçoamento de estatísticas virtuais como força física, charme ou inteligência. Jogos mais complexos tendem a possuir um enredo mais elaborado e se focam mais nas escolhas realizadas pelo jogador durante o desenrolar da história. Animes como Walkure Romanze, Photo KanoClannad, Shuffle! e Yosuga no Sora têm muita influência vinda desses jogos.

 

Walkure Clannad Shuffle!

Walkure Romanze, Clannad e Shuffle!: a influência vem dos jogos de computador



 

Nos animes harém, há quatro finais possíveis, de acordo com o modo com que o autor conduza a história:

 

1) Quando o protagonista, mesmo cercado por muitas beldades em volta dele, não se decide por nenhuma em particular. Geralmente esse final é proposital e muito comum, não se aprofundando o elemento romance e preferindo abordar o elemento amizade. Kami Nomi zo Shiru Sekai entraria nesse campo, além de Boku wa Tomodachi ga Sukunai (Haganai) e Infinite Stratos.

 

Kami Nomi zo Shiru Sekai Boku wa Tomodachi ga Sukunai Infinite Stratos

Kami Nomi zo Shiru Sekai, Boku wa Tomodachi ga Sukunai e Infinite Stratos: aqui, o protagonista não fica com ninguém

 

2) Quando o personagem decide, entre todas as garotas que o cercam, por manter relacionamento com uma delas, descartando automaticamente as outras e transformando o contexto poligâmico em monogâmico. Em comparação com o Dating Sim, é quando o protagonista escolhe a rota que quer seguir. Como exemplos Gokukoku no Brynhildr, Kanojo ga Flag wo Oraretara e Zero no Tsukaima, além de Ai Yori Aoshi, Tokimeki Memorial – Only Love e Shuffle!


Gokukoku no Brynhildr Kanojo ga Flag Zero no Tsukaima

Gokukoku no Brynhildr, Kanojo ga Flag wo Oraretara e Zero no Tsukaima: o protagonista elege a sua eleita 

 

3) Quando o personagem mantém relacionamento amoroso com todas as garotas de seu convívio e elas aceitam essa situação com naturalidade. Citando exemplos temos Campione!, além de Highschool DxD, Asobi ni Iku yo! e Sekirei.

 

Campione Highschool DxD Sekirei

Campione!, Highschool DxD e Sekirei: haréns aonde o protagonista se dá bem

 

4) Existe ainda o harém com múltiplos finais, abordando diversos arcos na história. Nesse caso o protagonista vive um romance com cada uma das garotas, de acordo com o arco a ser abordado. É um harém que satisfaz a todos, mostrando como seria o final ideal com a sua garota favorita. Nesse caso aparecem Yosuga no Sora e Photo Kano.


Yosuga no Sora Photo Kano

Yosuga no Sora e Photo Kano: múltiplos finais para agradar a todos


Atenção: para obras inacabadas, esse panorama pode mudar. O conceito abordado aqui reflete o andamento da obra até o momento.

 



Mais alguns haréns que você pode ver aqui na Crunchyroll.pt:



E outros haréns que vale a pena você conhecer:

  • Sora no Otoshimono
  • To Love Ru
  • Rosario to Vampire
  • Kiss X Sis
  • School Days
  • Princess Lover
  • Kono Naka ni Hitori, Imouto ga Iru! 


E vamos parar por aqui porque senão a lista ficaria quilométrica. Provavelmente o seu harém favorito ficou de fora, então participe e contribuia nos comentários e nos fóruns dando sugestôes.

 

As imagens usadas nesse especial pertencem a seus respectivos proprietários. 


Fábio LuzFabioLuz é redator da CrunchyNotícias para a Crunchyroll.pt, além de metido a escritor de romances e Light Novels sob o pseudônimo de Isao Ooyama. Divide seu tempo entre escrever notícias e manter o seu harém de garotas 2D. Siga-o no Twitter: @FabioLuzCR  

Other Top News

21 Comments
Sort by: