ENTREVISTA: Hiroyuki, autor de Girlfriend, Girlfriend, fala sobre o que o inspirou na criação do mangá e muito mais

O mangaká falou sobre suas inspirações para o mangá e mais

Girlfriend, Girlfriend

 

Girlfriend, Girlfriend é um anime de comédia romântica que começou a ser exibido no início desta temporada e rapidamente conquistou um lugar no coração de muitos fãs de anime! A série apresenta uma mistura de comédia cotidiana e tensão romântica.

 

Hiroyuki é o autor por trás do mangá de Girlfriend, Girlfriend, cujo anime toma como base. Seu talento para a comédia pode ser visto em suas obras anteriores, The Comic Artist and His Assistants e AHO-GIRL. Tivemos a oportunidade de falar com Hiroyuki sobre seu trabalho no mangá e estamos muito contentes por poder compartilhar entrevista logo abaixo!

 


 

Poderia se apresentar à nossa audiência?

 

Claro, obrigado! Eu trabalho como mangaká desde 2004. Eu já trabalhei com Dojin Work, The Comic Artist and His Assistants e depois AHO-GIRL. Atualmente, estou fazendo Girlfriend, Girlfriend... Não sei muito bem explicar a natureza do meu trabalho. Ele é publicado semanalmente na Shonen Magazine, e eu trabalho tanto na história quanto na arte. Isso responde sua pergunta?

 

 

Responde sim! Poderia explicar para nossos leitores do que Girlfriend, Girlfriend se trata?

 

O protagonista é um garoto japonês do ensino médio. Pouco antes da história começar, ele começa a namorar a garota por quem sempre teve uma quedinha, o que é ótimo, mas então outra garota confessa seus sentimentos a ele... Ela também é uma ótima garota, então ele não sabe o que fazer, e é a partir deste ponto que a história começa. Não tenho certeza do quanto posso dizer... Aí ele pergunta à namorada atual se está tudo bem em ele namorar as duas ao mesmo tempo, e é isso aí.

 

 

Fazer o protagonista Mukai Naoya escolher entre duas namoradas no início da série é uma escolha bem ousada. O que inspirou você nessa decisão?

 

Não fui inspirado por nada especificamente, mas durante uma reunião com meu editor, quando propus esta história, foi mencionado que em The Quintessential Quintuplets, uma garota apenas é escolhida. Enquanto discutíamos como nos sentíamos mal pelas meninas que não foram escolhidas, nos perguntamos como seria escrever uma história em que todos saíssem ganhando. Como estamos falando de um mangá, eu procurei fazer algo que não dá para ser feito no mundo real. Mesmo que muitas garotas bonitas apareçam nos mangás, ter que escolher apenas uma delas parece uma oportunidade perdida, então eu estava me perguntando se algo poderia ser feito sobre isso... Eu quero explorar as possibilidades da vida. Por exemplo, se eu estivesse naquela situação, não tenho certeza se faria algo parecido. Se algo for possível, mesmo que um pouquinho, quero explorar essa chance. Imagino que seja difícil, mas também pode ser divertido. Comecei a escrever esta série porque queria explorar esse conceito por meio de um mangá. Comecei a me perguntar no que eu pessoalmente acreditava ser a "resposta mais interessante" para essa pergunta. A resposta que eu encontrei foi perguntar à namorada existente se ele poderia namorar as duas. Expandir essa ideia acabou levando o protagonista a namorar as duas garotas.

 

 

Girlfriend, Girlfriend

 

Você acha que ter escrito AHO-GIRL antes ajudou você a criar Girlfriend, Girlfriend?

 

Naturalmente, minha experiência anterior com Aho-Girl foi útil, assim como meu trabalho em minhas séries anteriores. Sempre escrevi comédias e gosto de escrever séries com uma vibe divertida. Uma história sobre um triângulo amoroso poderia facilmente ir em uma direção mais "sombria", então estou usando o charme e a personalidade dos personagens para tornar a série o mais leve e divertida possível. Eu tento ser sério quando é preciso, mas muito da minha escrita se baseia em AHO-GIRL.

 

 

O que os fãs de AHO-GIRL podem esperar de Girlfriend, Girlfriend?


A Yoshiko, de AHO-GIRL, era uma personagem bem esquisita... Ela fazia coisas que personagens normais não fariam. Acho que os leitores gostaram e acharam isso divertido. Eu acredito que os personagens de Girlfriend, Girlfriend são parecidos nisso. Tanto AHO-GIRL quanto Girlfriend, Girlfriend têm personagens que expressam emoções e agem de maneiras que você não vê todos os dias.

 

 

O que você vê de diferente em trabalhar em Girlfriend, Girlfriend em comparação a outros trabalhos?

 

A maioria dos meus trabalhos anteriores apresentava histórias que eram resolvidas em um único capítulo, mas desta vez, há uma história contínua, sequencial... A maneira como os relacionamentos e a situação estão mudando constantemente é a maior diferença em relação a minhas outras obras. É divertido trabalhar nisso. Às vezes, não sei o que vai acontecer a seguir.

 

 

Você está trabalhando de perto na adaptação em anime?

 

Estou envolvido na série desde as reuniões de roteiro. Trabalho supervisionando tudo.

 

 

Você trabalhou junto com o diretor do anime, Satoshi Kuwabara? Como foi a experiência?

 

O Kuwabara-san e eu conversamos bastante durante essas reuniões de roteiros... Ele lida com o trabalho muito cuidadosamente, gosto bastante disso. Me sinto à vontade deixando a série nas mãos dele.

 

 

Girlfriend, Girlfriend

 

 

Como o COVID-19 afetou sua agenda de trabalho?


Eu costumava me encontrar com meu editor todas as semanas, mas não tenho conseguido encontrá-los pessoalmente desde o início da pandemia. Ter que trocar o encontro presencial para uma reunião por telefone foi a maior mudança. Eu passo a maior parte do meu tempo em casa de qualquer maneira, então isso não me afetou muito.

 

 

O anime de AHO-GIRL foi ao ar principalmente depois do mangá ter terminado. Como você se sente por estar trabalhando no mangá de Girlfriend, Girlfriend enquanto o anime está sendo exibido?

 

AHO-GIRL também estava em publicação quando o anime começou, mas com poucos capítulos restantes. Girlfriend, Girlfriend é publicado semanalmente, enquanto AHO-GIRL havia mudado para a serialização mensal. Entre uma programação semanal e uma mensal, a quantidade de trabalho a ser feito é totalmente diferente. Nesse sentido, é definitivamente bem difícil. O anime começar enquanto a história ainda está se desenvolvendo... é emocionante. Estou muito grato por poder conferir de primeira mão o que acontecerá no futuro enquanto trabalho na série.

 

Quem é sua personagem feminina favorita de Girlfriend, Girlfriend?

 

Todas, é claro!

 

 

Girlfriend, Girlfriend

 

 

O que os fãs do mangá podem esperar da adaptação em anime?


Ao contrário do mangá, há cores, os personagens se movem e há vozes, efeitos sonoros e música! Eu acredito que isso adiciona uma certa "profundidade" à série. O envolvimento de tantas pessoas ajuda a produzir movimentos, vozes e gestos não vistos no mangá, que tornam os personagens mais legais e bonitos. Nesse sentido, acredito que o anime fará com que os espectadores gostem ainda mais dos personagens!

 

 

No que você pensou quando soube que Girlfriend, Girlfriend ganharia uma adaptação em anime?

 

Pra falar a verdade, eu pensei... "Sério? Já? Tão cedo?". Mas fiquei muito feliz. Estou animado demais para assistir ao anime.

 

 

Há mais alguma coisa que você gostaria de dizer aos fãs de Girlfriend, Girlfriend?

 

Agora que o anime está indo ao ar, um monte de gente vai assistir... Eu adoraria se os espectadores se emocionassem com a série ou se divertissem discutindo qual garota é sua favorita. O mangá continuará a se desenvolver em uma direção empolgante, então eu adoraria se as pessoas gostassem tanto do anime quanto do mangá. Obrigado por assistirem a Girlfriend, Girlfriend na Crunchyroll!

 

 

Girlfriend, Girlfriend

 


 

ASSISTA A GIRLFRIEND, GIRLFRIEND NA CRUNCHYROLL CLICANDO AQUI!

 

Otras noticias principales

0 comentarios
¡Sé el primero en comentar!
Ordenar por:
Banner de Hime

Prueba la Nueva CrunchyrollBeta

Probarla