Conheça um pouco da história da carreira de George Wada, escolhido como "Ícone da Indústria" do Anime Awards 2020

George Wada vai receber o prêmio de "Ícone da Indústria" no Anime Awards deste ano

attack on titan

 

George Wada é o presidente do WIT Studio, e foi escolhido este ano para receber o prêmio de "Ícone da Indústria" do Anime Awards. Como forma de homenagem a seu reconhecimento, decidimos contar um pouco de sua história e contribuições para a indústria de animes.


wada


Poucas pessoas são tão importantes na indústria moderna de animes como George Wada. O presidente do WIT Studio supervisiona séries como o fenômeno internacional Attack on Titan, The Ancient Magus' Bride, além de um dos maiores sucessos de 2019, Vinland Saga, que muito se falava sobre como era o "melhor mangá a não ganhar uma adaptação animada".


Apesar de seu sucesso e seu papel atual, Wada nem sempre fez parte da indústria dos animes. De fato, anos atrás, ele trabalhou para a empresa Cisco, em São Francisco, exportando equipamentos estadunidenses para o Japão. Mas não era um trabalho muito "criativo", algo que a Wada aspirava. E assim, Wada, apaixonado por animações e com sonhos de espalhá-las pelo mundo, acabou no Production I.G., o estúdio de animação por trás de clássicos como Ghost in the Shell, Psycho-Pass e Eden of the East.

 

E foi durante o tempo que ele esteve no Production I.G que o WIT Studio, um estúdio subsidiário, foi criado (em 2012). Originalmente situado em um escritório de uma sala com apenas cinco funcionários, tinha dois projetos: um filme de animação e Attack on Titan, uma série que Wada descobriu por meio de anúncios enquanto estava em um trem. Ele notou que "se conectou" bem com a história como produtor, e devido ao fato de seu "pedigree" anterior no I.G. com séries como Guilty Crown, a editora de mangás Kodansha estava aberta a trabalhar com ele e com o WIT.


anime


E assim, história foi feita, já que o Attack on Titan seria o anime televisivo número 1 em 2013. Também recebeu elogios de críticos que admiravam seus tons obscuros, horror impressionante e drama emocionante. Isso daria notoriedade substancial ao WIT Studio, e assim, o estúdio passou a se envolver em séries como Seraph of the End e Kabaneri of the Iron Fortress. Também produziria The Ancient Magus' Bride, série que acabou ganhando "Melhor Drama" no Crunchyroll Anime Awards de 2018.

 

Depois de imergir os fãs de anime em um mundo parcialmente inspirado pela abordagem de Hayao Miyazaki à fantasia, o WIT adaptou Vinland Saga, de Makoto Yukimura, uma série que começou em 2005 e parecia que nunca ganharia uma adaptação para anime. Mas, assim como The Ancient Magus’ Bride e Attack on Titan, o trabalho cuidadoso e entusiasmado do WIT apresentou uma série que o IGN listou como um dos melhores animes da década de 2010 e foi indicado para os prêmios de "Anime do Ano", "Melhor Antagonista", "Melhor Diretor" (Shuhei Yabuta, que havia trabalhado anteriormente em Attack on Titan e Steins; Gate), "Melhor Animação", "Melhor Design de Personagens", "Melhor Cena de Luta", "Melhor Drama", "Melhor Abertura" e "Melhor Encerramento" no Anime Awards.



vinland saga


George Wada receberá o prêmio de "Ícone da Indústria" no Anime Awards deste ano. Ele teve algumas palavras a dizer:


"Sinto-me honrado por receber um prêmio tão maravilhoso. Ao mesmo tempo que estou maravilhado, estou cheio de gratidão por todas as pessoas envolvidas na criação de animes. Acima de tudo, só sinto que quero continuar criando anime."


A carreira de George Wada nos trouxe muitas grandes séries na década de 2010, e isso tende a continuar. Seja por sua abordagem de planejar 5 a 10 anos à frente ou por sua filosofia simples de criar animação da qual tanto os fãs quanto os investidores se orgulham, fica claro que o Wada e o WIT são uma combinação vencedora.


magus


Altre notizie importanti

0 Commenti
Puoi essere il primo a commentare!
Ordina per: