Todas as referências em Cowboy Bebop (Episódios 14 a 26)

Nesta segunda parte, listamos as referências no restante da série

 

* Antes de ler este artigo, leia a primeira parte clicando aqui!

 

Como você deve ter notado, após a primeira parte do anime, Shinichiro Watanabe não se conteve ao colocar referências, por mais sutis que fossem, a todos os tipos de filmes, séries, canções, culturas, personagens históricos ou mitológicos. Isso é parte do que torna divertido assistir Cowboy Bebop novamente, mesmo anos depois, tentando descobrir novas referências que você não percebeu na primeira, segunda ou terceira exibição.

 

Na verdade, há uma referência que apareceu e que não incluímos na primeira parte por ser tão peculiar que terá seu próprio artigo. Para quem não leu a primeira parte, lembramos que Cowboy Bebop, considerado um dos grandes clássicos da anime, é a história de um grupo de caçadores de recompensas com pouca sorte, mas muito carisma. Seus protagonistas são Spike Spiegel, Jet Black, Faye Valentine, Ed e seu animal de estimação, Ein.

 

O anime foi produzido pela Sunrise, conta com um total de 26 episódios e estreou a 3 de abril de 1998 nas TVs japonesas. Agora, sem mais delongas, apresentamos todas as referências que a série apresenta entre os episódios 14 ao 26, com base em nossa análise episódio por episódio do anime:

 

Sessão 14: Bohemian Rhapsody

 

 

  • A referência mais óbvia é o nome do episódio, referindo-se à popular canção homônima de 1975 da banda britânica Queen.
  • Deep Blue, o computador criado pela IBM para jogar xadrez, é mencionado nos arquivos do jogo dentro das peças dos White Kings. Deep Blue foi o primeiro computador a derrotar um campeão de xadrez, vencendo Gary Kasparov em 1996.
  • Os movimentos do jogo entre Chessmaster Hex e Deep Blue correspondem a um jogo real de 1858 entre Paul Morphy e Adolf Anderssen.
  • E o jogo entre Chessmaster Hex e Ed coincide com outro jogo famoso entre Morphy e John William Schulten de 1857.

 

Sessão 15: My Funny Valentine

 

 

  • O nome do episódio refere-se à canção de mesmo nome de 1937 composta por Richard Rodgers e Lorenz Hart e interpretada por vários artistas, incluindo Frank Sinatra.
  • O número de série NCC-1701-B, um tributo à terceira USS Enterprise de Star Trek, pode ser visto no criotubo em que Faye estava.
  • A cápsula também mostra a data 23 de novembro de 2019. Isso pode ser uma coincidência, mas a série Dr. Who estreou em 23 de novembro de 1963.
  • O nome do Dr. Baccus é uma referência a Baco, o Deus do Vinho na mitologia romana.
  • O conto de fadas A Bela Adormecida é mencionado para se referir a Faye.
  • No texto no final do capítulo, eles escrevem "Besta Adormecida" em referência à Bela e a Fera.

 

Sessão 16: Serenata do cachorro preto

 

 

  • Black Dog é o nome de uma música do Led Zeppelin de 1971
  • O enredo do episódio é inspirado no filme Con Air de 1997
  • Embora a série de forma geral se inspire no cinema noir, os flashbacks desse episódio são a homenagem mais clara e direta.
  • A morte de Fad é semelhante à do filme neo noir O Samurai (1967).

 

Sessão 17: Samba de cogumelo

 

 

  • O design de Mellon Man é inspirado na música Watermelon Man
  • O design e o nome de Coffee são inspirados no personagem de mesmo nome Coffy do filme Blaxploitation de 1973.
  • O design e o nome de Shaft são evidentemente inspirados no personagem Shaft.
  • O fato de Shaft estar arrastando um caixão é uma referência ao filme Django (1966).
  • A música Stairway to Heaven é referenciada em diálogos enquanto a equipe do Bebop está sob a influência de cogumelos alucinógenos.
  • Quando o Bebop cai, o pôster Western World Development Tract 8271 faz referência ao filme Paris, Texas (1984).
  • O restaurante Mobi Dik pode ser uma referência tanto para o romance Moby Dick quanto para a música do Led Zeppelin.

 

Sessão 18: Speak Like a Child

 

 

  • O nome do episódio corresponde ao nome do álbum de 1968 do músico de jazz Herbie Hancock.
  • Em um diálogo, é feita referência ao conto tradicional japonês Urashima Taro.
  • Os mascotes da entregadora do episódio referem-se à história A Lebre e a Tartaruga.
  • Quando Spike e Jet visitam o especialista em videoteipe, ele está assistindo a uma série do século 20 produzida por Jason Preston e Shanan D'harty em referência a Jason Priestley e Shanen Doherty, atores de Beverly Hills 90210. Na cena que o homem assiste, dois irmãos de Minnesota falam sobre sua mudança para outra cidade, algo semelhante ao que os personagens Brandon e Brenda Walsh vivenciam na série.

 

Sessão 19: Wild Horses

 

 

  • Wild Horses é uma canção de 1971 dos Rolling Stones
  • O ônibus espacial Columbia aparece neste episódio.
  • Um B-25 Mitchell, um helicóptero Mil Mi-24, um F-22 Raptor, um F-86 Sabre e um F-16 Fighting Falcon podem ser vistos no ferro velho Doohan. O tanque que seu assistente dirige é o M4 Sherman.
  • Os piratas espaciais são chamados de George, Herman e Ruth, o nome completo da lenda do beisebol Babe Ruth.
  • Existem influências de Star Trek: First Contact (1997) no enredo do episódio.
  • As marcações de Spike na janela do Swordfish para manter um certo ângulo e evitar que queime ao reentrar na atmosfera são semelhantes ao que o piloto Gordon Cooper fez no último vôo do programa Mercury da NASA.
  • O nome de Doohan é uma homenagem ao ator James Doohan, que interpretou Scotty, o engenheiro da Enterprise em Star Trek.

 

Sessão 20: Pierrot Le Fou

 

 

  • O nome do episódio vem do filme homônimo de 1965, dirigido por Jean-Luc Godard. O nome também é uma referência a um dos personagens da Commedia Dell'Arte.
  • O personagem Tongpu (Mad Pierrot) parece um cruzamento entre vilões do Batman, sendo eles: Pinguim, Coringa, e o menos conhecido Tally Man. Convidar o protagonista para um parque de diversões também é uma referência à história em quadrinhos do Batman, The Killing Joke.
  • O Spaceland Park parece uma referência aos parques da Disney pelos mascotes que apresenta.
  • As cenas dos experimentos de Tongpu lembram o projeto MKUltra da CIA e a canção On the Run do Pink Floyd, que o The Seatbelts coverizou.

 

Sessão 21: Boogie Woogie Feng Shui

 

 

  • O design de personagens dos Mafiosos Blue Snake e seu nome é baseado em Os Irmãos Cara-de-Pau.
  • Boogie Woogie é um estilo de blues tocado no piano
  • O Feng Shui, como você deve saber, é uma filosofia chinesa de origem taoísta baseada no uso harmonioso do espaço para melhorar a vida de quem o habita.

 

Sessão 22: Funk do cowboy

 

 

  • O personagem Ted Bower é inspirado em Theodore “Teddy” Kaczynski, mais conhecido como Unabomber.
  • O cowboy Andy Von De Oniyate é baseado em um livro ilustrado chamado Cowboy Andy
  • Quando Andy muda seu nome para Musashi, é uma referência a Miyamoto Musashi.
  • Embora a série rotineiramente homenageie o cinema ocidental, este episódio é o mais óbvio, incluindo menções a Wyatt Earp.

 

Sessão 23: Arranhão cerebral

 

 

  • A seita que aparece no episódio refere-se à seita Heaven’s Gate, liderada por Marshall Applewhite. O Doctor Londes também é inspirado por Applewhite.
  • Há um anúncio de um jogo semelhante a Tomb Raider com um recorte de papelão semelhante à Lara Croft.
  • Os controles do console no comercial Brain Dream incluem modelos para Nintendo, Super Nintendo, Sega Mega Drive e Playstation 1.
  • Baixar sua consciência na Internet e usá-la para fazer o mal pode ser uma referência a Ghost in the Shell (1995).

 

Sessão 24: Hard Luck Woman

 

 

  • O nome do episódio é o mesmo de uma música de 1976 da banda KISS
  • Walking on the Moon, o título do livro que Spike é visto lendo compartilha o mesmo nome da canção de 1979 do The Police.
  • A cena de Spike e Jet comendo ovo cozido é uma referência ao filme de 1967 Rebeldia Indomável.
  • Macintyre e Appledehli são referências sutis aos computadores Apple e Macintosh.
  • No episódio aparece a estátua do Parque Merlion em Cingapura, quando Faye retorna para sua casa.

 

Sessão 25: The Real Folk Blues (Parte 1)

 

 

  • O nome deste episódio e o 26 referem-se a uma série de álbuns de compilação de sucessos do blues lançados entre 1965 e 1967 pela Chess Records.
  • Jet menciona o enredo da história As Neves do Kilimanjaro (1936) de Ernest Hemingway.
  • Há um pôster de Bruce Lee fora do consultório médico neste episódio. Spike pratica a arte marcial criada por Lee, Jeet Kune Do.
  • O carro de Julia é um conversível Tucker 48, uma versão que dizem ter sido projetada, mas nunca construída.

 

Sessão 26: The Real Folk Blues (Parte 2)

 

 

  • Os pássaros voando após a morte de um personagem são uma referência ao filme Alvo Duplo 2 (1987), que já mencionamos no artigo anterior, dirigido por John Woo.
  • Este mesmo filme inspira a troca de armas entre Spike e Vicious, com a qual eles concluem seu duelo final.
  • O tiroteio que antecede o duelo é muito inspirado no de Taxi Driver (1976).
  • O texto da tela final do episódio e da série "Você vai carregar esse peso" é uma referência à música Carry that Weight (1969) do álbum Abbey Road dos Beatles.

 

E com isso concluímos nosso passeio pelas referências que podemos encontrar nos 26 episódios da série. Excluímos o filme e o episódio especial Mish-Mash Blues, que não foi ao ar fora do Japão.

 

Perdemos alguma referência? Mencione nos comentários!

 


Matéria escrita originalmente por Amílcar Trejo Mosquera. Você pode visitar sua conta no Twitter e no Instagram.

Outras Principais Notícias

12 Comentários
Ordenar por:
Hime banner

Teste o Novo CrunchyrollBeta

Quero testar