RESENHA: Lycoris Recoil, uma trama envolvente e divertida para agradar a todos os públicos

O anime é um dos destaques da temporada de verão 2022

As cerejeiras estão totalmente floridas, a temperatura é quente e agradável em uma linda manhã de primavera quando conhecemos a alegre e enérgica Chisato, uma linda jovem independente se preparando para mais um dia tranquilo de trabalho no Café LycoReco. Tóquio é uma cidade tranquila, repleta de paz e harmonia, assim como todo Japão, onde vive uma população formada apenas por pessoas gentis e calorosas.

 

Contudo, tudo isso é apenas fachada para uma realidade obscura mantida em segredo da população. Por baixo dos panos, há organizações mantidas pelo governo que cuidam e treinam crianças órfãs para serem assassinos profissionais que recebem a missão de eliminar da sociedade qualquer indivíduo que possa representar algum perigo, uma mancha para essa vida perfeita de paz e harmonia que rola no Japão, pois a sociedade não perdoará aqueles que tentarem deturpá-la.

 

 

A AD é uma dessas organizações, onde atuam as Lycoris, jovens garotas com foram devidamente treinadas para manter a tão desejada paz e harmonia no Japão. Chisato já foi parte da organização, mas atualmente age por conta própria debaixo das asas do café LycoReco e seu mestre Mika.

 

 

Produção

 

Lycoris Recoil é um anime original do estúdio A-1 Pictures, renomado e reconhecido na indústria por diversos animes muito populares como Sword Art Online, um de seus maiores sucessos e de onde se original boa parte da equipe principal de Lycoris Recoil também. Spider Lily é creditado pela história original do anime, normalmente esse tipo de pseudônimo é usado quando a série é escrita e desenvolvida por várias pessoas, o que pode incluir o diretor, os principais roteiristas e outros colaboradores, como é o caso de AnoHana que credita "Chou Heiwa Busters" pela história original.

 

O anime conta com a direção e composição de série por Shingo Adachi, que faz a sua estreia na função, mas leva muita experiência na bagagem como animador-chave e diretor de animação em projetos importantes como Sword Art Online, Working!!! e Mahou Sensei Negima!, um de seus primeiros trabalhos como diretor de animação.

 

A equipe principal ainda conta com design de personagens por Imigimuru (autor de This Art Club Has a Problem!), uma forte equipe de animadores já tinha vasta experiência em outros animes do estúdio A-1 Pictures, como nas diversas temporadas e filmes de Sword Art Online e trilha sonora de Shuuhei Mutsuki, membro do grupo (K)NoW_NAME, que já assinou trilhas sonoras marcantes em diversos animes como SPY x FAMILY.

 

 

 

Lycoris em ação

 

O enredo do anime gira em torno dessa trama das Lycoris, quando somos então apresentados à segunda protagonista dá série, Takina. Enquanto Chisato tenta viver sua vida de uma forma mais livre e sem as amarras da AD para controlar todas as suas ações, Takina é uma agente extremamente dedicada e qualificada, mas que cai em desgraça em meio a uma missão em que não esperou ordens superiores antes de tomar por conta própria a decisão de metralhar uma quadrilha traficantes de armas que estavam ameaçando uma de suas colegas de equipe.

 

O massacre dos criminosos resultou em dificuldades para continuar a investigação — e o consequente afastamento de Takina da AD como punição, ela foi enviada para trabalhar no café LycoReco, junto de Chisato. Bom, como já se pode imaginar, o LycoReco também é uma loja de fachada, pois apesar de realmente funcionar como um café, eles também aceitam missões de apoio para a AD, além de outras atividades do dia a dia para ajudar a população local a resolver diversos tipos de problema.

 

Um dos motivos para que Takina fosse enviada para trabalhar na loja é justamente para que ela possa aprender novas técnicas e também a se controlar melhor justamente com uma das Lycoris mais famosas e respeitadas na organização: Chisato. Mas ao conhecer sua nova parceira, Takina fica um pouco decepcionada por encontrar parceira uma alegre, divertida e extrovertida como a Chisato, pois esperava por alguém mais séria e que pudesse lhe ajudar a retomar sua posição na AD o mais rápido possível.

 

 

Os serviços oferecidos pelo LycoReco são bem variados, envolvem desde missões simples como ensinar idiomas em um curso, ou divertir crianças em uma creche, até tarefas mais perigosas como escoltas de testemunhas importantes de algum crime. Enquanto Takina se acha bastante deslocada fazendo essas tarefas "bobas", Chisato tenta se divertir com tudo isso e aproveitar todos os momentos de seu dia de forma produtiva.

 

Takina logo descobre a filosofia de não matar da Chisato, que mesmo enfrentando criminosos armados até os dentes em algumas missões mais complicadas, utiliza apenas balas de borracha para incapacitar seus adversários e entregá-los às autoridades competentes. A história segue se desenvolvendo em volta da dupla, ao mesmo tempo que somos apresentados a novos personagens e uma trama maior que se desenvolve desde os acontecimentos do primeiro episódio, envolvendo um poderoso e espalhafatoso grupo terrorista e um figurão influente que move as peças desse tabuleiro complicado longe dos olhos de todos.

 

Em meio a missões externas, o trabalho no LycoReco e visitas eventuais na AD o relacionamento de Takina e Chisato se desenvolve. Takina passa a entender melhor a filosofia de sua parceira de não matar ninguém e até começa a adotá-la também, usando armas não letais em algumas oportunidades, mas além disso, ela aprende com Chisato uma nova forma de ver a vida, indo muito além do trabalho de uma Lycoris, mas entendendo que ela também pode ser livre, fazer suas próprias escolhas e viver sua vida da maneira que quiser. Em pouco tempo, as duas se tornam amigas inseparáveis e aprendem a trabalhar muito bem juntas.

 

 

Na reta final da série, essa trama com terroristas e figurões que se desenvolvia desde o começo toma forma e descobrimos que a vida de Chisato está em perigo, mas não apenas isso, como também todo esse sistema baseado nas Lycoris para proteger a paz e harmonia na sociedade pode ser exposto e destruído. Caberá às Lycoris resolver o problema com a ajuda de todos os membros do LycoReco e também às escolhas de Chisato que nunca vai fugir de uma luta e arriscará a sua vida para um bem maior, mesmo sem abrir mão daquilo em que ela acredita.

 

 

Uma trama envolvente e divertida

 

O diretor Shingo Adachi comentou em uma entrevista recente que quando se juntou ao projeto, a ideia inicial era produzir um anime com tom bem mais sombrio, porém ele enxergou a oportunidade de manter a base do anime, mas trabalhar com uma história mais leve e divertida. Esse toque especial do diretor pode ser visto ao longo de toda série, que por mais que aborte temas pesados como terrorismo e assassinatos, tem o seu foco voltado principalmente para a relação das personagens, seu cotidiano e a amizade que se desenvolve.

 

 

A série também está repleta de ótimas cenas de ação, com animação de qualidade e uma trilha sonora envolvente, mas nos momentos mais introspectivos o anime também não deixa a desejar, com uma direção de arte assertiva o anime entrega belos painéis, com cenários, figurino e ilustrações de encher os olhos.

 

Lycoris Recoil é um anime que pode agradar quem está em busca de uma série de ação, com muito movimento e até mesmo referências a filmes clássicos do gênero, mas também quem quer apenas aproveitar uma história envolvente e divertida, que mesmo em meio a muitos conflitos sempre vai valorizar a oportunidade de deixar um sorriso nos rostos de quem está assistindo.

 

Assista a Lycoris Recoil na Crunchyroll!

 

 

© Spider LIly / Aniplex, ABC ANIMATION, BS11


Fábio[portuga] é redator de notícias para a Crunchyroll.pt e gostou muito de Lycoris Recoil, foi um dos seus animes favoritos da temporada e do ano todo, ele fica na torcida para que continue fazendo muito sucesso. Visite o seu perfil e siga-o no Twitter: @portugassis. Clique aqui para ler outros posts do redator.

Outras Principais Notícias

3 Comentários
Ordenar por: