Será que vai dar certo? Nova série atuada de Final Fantasy XIV é anunciada

Obra contará história original no universo do jogo

Um parceria entre Sony Pictures Television, Hivemind Entertainment (responsável por The Witcher da Netflix) e Square Enix foi feita para o desenvolvimento de uma série atuada (live-action) de Final Fantasy XIV, um MMORPG pago da franquia principal de Final Fantasy.

 

A nova série contará uma história nova e original ambientada em Eorzea, o universo de Final Fantasy XIV. Não há ainda muitas informações sobre qual será o foco da série, mas, segundo informações dadas à imprensa, ela abordará "um embate entre magia e tecnologia em uma jornada para trazer paz a uma terra de conflitos". A série ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento, com o roteiro sendo escrito, então ainda não se sabe sobre o elenco, previsão de estreia ou onde ela será transmitada.

 

 

Tecnicamente, essa é a segunda série do jogo, em 2017 a Netflix distribuiu Final Fantasy XIV: Dad of Light, uma série também atuada sobre um filho e um pai se conectando por meio do jogo. A série não se focava no jogo ou na história contada por ele e sim na relação entre pai e filho. Produções cinematográficas de videogames num geral são recebidas com certa apreensão entre os fãs devido a um histórico de adaptações com recepção ruim entre o público, com algumas exceções.

 

Final Fantasy XIV foi lançado originalmente em 2010, mas desligado devido à recepção negativa. Em 2013, uma nova versão, Final Fantasy XIV: A Realm Reborn, foi ao ar e hoje está disponível nos PS3, PS4, Windows, OS X e na Steam. O MMORPG, com mensalidade além do preço do jogo, faz um sucesso considerável.

 

E você, acha que essa série tem potencial? Conte para a gente nos comentários!

 

Fonte: PSX Brasil e Kotaku

© SQUARE ENIX


perfilLaura é graduada em Psicologia pela USP, redatora de notícias para a Crunchyroll.pt e eventualmente também escreve para o Nani. Entrou nessa de desenhos japoneses por causa de Cavaleiros do Zodíaco e está aí até hoje. Para surtos e reclamações mais pessoais, o Twitter é @gasseruto.

Outras Principais Notícias

3 Comentários
Ordenar por: