NewPOP Week: Kamen Rider, Kamen Rider Black, Mazinger Z e Dante Shinkyoku chegam ao Brasil pelo Selo Xogum

Clássicos mais acessíveis pelo novo selo.

 

A editora NewPOP anunciou durante o segundo dia da NewPOP Week que publicará no Brasil os mangás Mazinger Z Dante Shinkyoku, de Go Nagai, além de Kamen Rider e Kamen Rider Black, de Shotaro Ishinomori. O dia foi dedicado para o anúncio de clássicos pela editora, além de informações sobre traduções.

 

Foi informado que os mangás devem chegar ao Brasil pelo selo Xogum, que será dedicado a publicar clássicos em edições mais simples, ao contrário do selo Prime, que é visado em edições de luxo. As obras do selo saírão no formato 15 x 21 cm e contará com capa cartonada com orelhas.

 

Mazinger Z foi originalmente lançado com um total de cinco volumes encadernados que foi serializada entre 1972 e 1973. O mangá conta com uma série de sequências, histórias alternativas, adaptações para outras mídias, novas edições e mais. A obra é grandes pioneiros do gênero mecha no Japão. A adaptação principal pra anime está disponível na Netflix. A edição da NewPOP contará com três volumes.

 

Construído com a Super-Liga Z, Mazinger foi criado pelo Professor Juzo Kabuto como uma arma contra as Bestas Mecânicas do malvado Dr. Hell. Koji Kabuto, o neto do professor, se torna o piloto do Mazinger Z quando seu avô é morto e assim entra em batalhas contra o Dr. Hell e seus aliados. 

 

 

Dante Shinkyoku, releitura de A Divina Comédia, poema épico de Dante Alighieri, foi publicado no Japão entre 1994 e 1995 e tem três volumes ao todo. No Brasil, A Divina Comédia contará com apenas dois volumes.

 

A história original de A Divina Comédia mostra a viagem de Dante pelo Inferno, Purgatório e Paraíso, enquanto conhece várias figuras históricas como filósofos, religiosos, políticos, entre outros, fazendo algumas críticas durante sua jornada a esses grandes nomes.

 

 

Kamen Rider é um dos grandes clássicos de Shotaro Ishinomori, idealizador de toda franquia que faz sucesso até hoje, mais especificamente com os tokusatsu. O mangá original tem um total de 4 volumes, tendo sido serializado semanalmente na Shonen Magazine. No Brasil, a obra será compilada em 3 volumes.

 

Já Kamen Rider Black originalmente tem um total de 6 volumes. A serialização foi feita na revista Shonen Sunday entre 1987 e 1988. A franquia ganhou grande popularidade no Brasil por causa da exibição do tokusatsu de Kamen Rider Black na Manchete no início dos anos 90. A versão brasileira do mangá contará com três volumes.

 

Kamen Rider:

Em um plano para dominar o mundo, a misteriosa organização terrorista Shocker sequestra pessoas com o intuito de transformá-las em ciborgues mutantes, além de fazê-las passar por lavagem cerebral. Porém, uma das vítimas foi resgatada antes da etapa final: Takeshi Hongo.

Com sua sanidade e consciência intactas, Hongo se torna o super-herói com aparência de gafanhoto Kamen Rider e batalha contra a Shocker com seus novos poderes.

 

 

Kamen Rider Black:

Depois de ser sequestrado pelo culto Gorgom, Kotaro Minami foi obrigado a passar por uma mutação em uma cirurgia com o propósito de se tornar um dos candidatos para ser o próximo Rei Demônio de Gorgom. No entanto, Kotaro escapa e se vira contra o culto como o Kamen Rider Black.

 

 

A NewPOP Week acontece até o dia 31 de janeiro desse ano. O primeiro dia, dedicado aos mangás boys' love, teve um total de nove anúncios.

 

Fonte: NewPOP Editora

 


 

Talles Queiroz (TekeEfe) é redator de notícias da Crunchyroll.pt e estudante de Letras pelo IFSP. Sofrendo por personagens 2D desde sempre, escrevendo sobre esse sofrimento desde 2013. Para surtos mais pessoais, o Twitter é TekeEfe também.

Outras Principais Notícias

1 Comentário
Ordenar por:
Hime banner

Teste o Novo CrunchyrollBeta

Quero testar