Para homenagear o dia das mães, trazemos as mães de Nisekoi

Afinal, mãe só tem uma. Já sogras...

Dia das mães Nisekoi

 

Como é a sua mãe? Engraçada? Amiga? Implicante? Brava? Ela é mais agitada ou mais tranquila? Isso pouco importa, o que é realmente importante é o imenso amor que sentimos por essas mulheres sem igual, que nos trouxeram no mundo à custa de sofrimento, dores e exaustão, mas que por nós passariam por tudo isso de novo.

 

Foram elas quem acompanharam cada etapa do nosso crescimento, de nossos primeiros momentos especiais, de nossas descobertas e sonhos. Mesmo que, em determinada etapa dessa convivência nem sempre harmônica, venha o assim chamado "choque de gerações", quando falamos para elas algumas coisas que magoam e das quais nos arrependamos depois. Mas é inegável que um colinho de mãe sempre será o lugar mais confortável do mundo.

 

E para homenagearmos esse dia tão especial, trouxemos não uma, mas duas: as mães das heroínas Chitoge e Onodera de Nisekoi. Se as filhas já são apaixonantes, as mães não ficam atrás. Vamos conhecer cada uma delas:

 

Hana Kirisaki

 

Hana

 

A mãe de Chitoge também é conhecida como "Madame Flor (Hana)". Ela é uma consultora de empresas de renome mundial que mantém grande parte de finanças do mundo em equilíbrio. É extremamente ocupada, temida e respeitada em todo o mundo. Inclusive o marido e a própria filha a temem, o que gera momentos tensos na família. 


Mas por trás dessa fachada de mulher poderosa, Hana na verdade é uma cabeça-oca (tal mãe, tal filha). Ela acha que a Chitoge a odeia, então tenta disfarçar seu nervosismo em estar junto da filha com um comportamento semelhante a indiferença. O Raku percebe que na verdade as duas se amam, mas por causa dos mal-entendidos elas se mantêm afastadas. E ele luta por dois capítulos inteiros para unir as duas na noite de Natal.


Preparem as emoções: tem como não amar essas adoráveis destrambelhadas?

Hana
Chitoge


Amor de mãe e filho (a) é coisa linda de se ver, não?

Mãe e filha




Nanako Onodera


Nanako

 

A mãe da Onodera também é outra forte e agressiva mulher de negócios. Administra a loja de doces da família com punho de ferro, bem diferente da doçura que está exposta nos balcões. É implacável com fornecedores (e até com clientes, pelo jeito com que ela tratou o Raku quando ele apareceu na loja como empregado temporário).

 

Sogra mostrando que com ela as coisas não serão tão fáceis...

Nanako


No fundo, tudo o que ela quer é aquilo o que toda mãe deseja para sua filha: que sua amada Kosaki tenha um futuro promissor, que deixe de ser uma banana vergonhosa, que consiga um namorado decente e que possa assumir os negócios da família. E não é que esse moleque que a Kosaki trouxe, esse tal de Raku, tem qualidades suficientes para ser chamado de "genro"?

 

Bem, pelo menos ela não precisa se preocupar com sua outra filha, a Haru. Que, apesar da pouca idade, é ajuizada, dedicada e com certeza encontrará um homem digno que a fará feliz. Mas um pensamento engraçado surge na sua mente: e se as suas filhas, de repente, se apaixonassem ao mesmo tempo pelo mesmo cara? Ah, não, isso seria impossivel... 


"Kosaki, fala pra mamãe quem vai me dar um neto primeiro: você ou a Haru?"

Nanako/Kosaki

 

Conheça essas mães maravilhosas (e sogras que todo genro pediu a Deus) em Nisekoi aqui na Crunchyroll.pt!



E para você, qual é a sua mãe preferida dos animes? Opine nos comentários!
E mais uma coisa: você já abraçou sua mãe hoje?



© 2015 Naoshi Komi, Shueisha, Shaft inc., Aniplex e Nisekoi Production Committee

As opiniões desse especial são de inteira responsabilidade do redator e não expressam a opinião da Crunchyroll.


Fábio Luz

FabioLuz é redator da CrunchyNotícias para a Crunchyroll.pt, além de metido a escritor de romances e Light Novels sob o pseudônimo de Isao Ooyama. Sabe que mãe só tem uma mas sogras pode-se ter quantas quiser. Cuidado Raku! Siga-o no Twitter: @FabioLuzCR

Outras notícias principais

9 comentários
Ordenar por: