[Resenha] Você que gosta de animes de esporte deveria assistir a um anime de idols: IDOLiSH7

Sim, isso mesmo!

Talvez não seja a primeira vez que você vê alguém falando isso porque já é algo que foi comentado anteriormente por outras pessoas, mas o anime IDOLiSH7, mesmo com sua temática principal envolvendo idols, pode ser o anime de esportes ideal.

 

O que estamos acostumados a ver por aí em animes de esportes famosos como HAIKYU!! ou Free! ou até mesmo um HANEBADO!? Sim, você acertou, pontos de exclamações nos títulos...! Tá, além disso, o que costumamos ver e gostar de acompanhar?

 

Talvez você tenha pensado no companheirismo de uma equipe, ou talvez a rivalidade entre personagens. Até mesmo em partidas emocionantes que deixam o coração na boca. Isso tudo você pode ver também em um anime de idols e esse anime é IDOLiSH7!

 

 

Para quem não conhece, a história tem foco no novo grupo da Takanashi Production, uma produtora relativamente iniciante que trabalha com artistas que visam entrar no estrelato. No início da série conhecemos os personagens Nanase Riku, Izumi Iori, Nikaido Yamato, Izumi Mitsuki, Yotsuba Tamaki, Osaka Sogo e Rokuya Nagi. Juntos, esse grupo forma o IDOLiSH7, o primeiro grupo nos planos da agência.

 

Para cuidar desses personagens, temos uma manager (familiar?), chamada Takanashi Tsumugi, filha do dono da Takanashi Production. O intuito dela é cuidar do departamento de marketing dos idols, administrando coisas como será o andamento da carreira dos sete, além de participações em programas de TV, doramas, etc. Até então pode não parecer muito com um anime de esporte (que é o intuito desse post, né?), mas conhecendo a história a coisa fica mais próxima.

 

Com o andar da carruagem, assim como vemos em um já citado HAIKYU!! da vida, a primeira impressão é conhecer o esporte do que se trata a série. Em IDOLiSH7 também seguimos essa direção, adquirindo um embasamento de como funciona a indústria de idols, desde a formação de um grupo até a sua chegada no sucesso e administração dessa situação.

 

Continuando, tocando em outro tópico, existe também o companheirismo entre os membros do grupo e, como pode acontecer também em animes de esporte, sempre há aquele drama em cima de algum (ou alguns) personagem específico, abordando um passado que pode deixar as coisas meio conturbadas. Em I7 vemos isso acontecer bastante, mas tudo dentro do ritmo do roteiro.

 

Outra coisa que podemos observar é o foco no treinamento. Vemos os sete ensaiando os passos, o canto e a desenvoltura com o público. Todo esse aspecto é uma das partes mais interessantes da série porque é aí que vemos a associação com animes de esporte brilhar.

 

talvez seja mesmo um anime de esporte no fim das contas

 

Não é sempre, mas em séries que envolvem idols, normalmente acompanhamos grupos já formados e prontos para brilhar; ou então que naturalmente quando estão no início já possuem uma naturalidade única, porém não é assim que acontece sempre. Em IDOLiSH7 acompanhamos tão de perto esses problemas de desenvoltura dos "atletas" que existem cogitações como "será que essa pessoa pode atuar no grupo?" ou "isso realmente vai funcionar com sete pessoas?". Coisas assim podem ser associadas com personagens que conhecemos bem. Aqueles que precisam passar por um arco de superação e treinamento dentro de sua área esportiva para superar barreiras e conseguir se encaixar dentro do time. E isso também é companheirismo, bem como é espírito de equipe.

 

Outro ponto importante de citar são as apresentações dos personagens em shows e eventos. Claro, em um anime de idols a partida de basquete de um Kuroko no Basket se torna uma música cantada pelo grupo. A questão é que todo o processo pra chegar nessas apresentações traz um brilho resultado de todo o treinamento que finalmente permite conseguir uma vitória (ou lidar com uma derrota) e isso é entregue com uma maestria espetacular. Ficamos vidrados naquilo de um jeito que acabamos mal percebendo.

 

Mas o que não pode faltar mesmo em um anime de esporte é a... rivalidade. Em IDOLiSH7 não temos falta disso. Em paralelo ao grupo que dá nome à obra, temos o TRIGGER, formado por Yaotome Gaku, Kujo Tenn e Tsunashu Ryunosuke. O trio tem um grande paralelo de rivalização com o IDOLiSH7, já sendo famosos, formado por menos pessoas e possuindo um talento excepcional que está esperando ser superado. Além disso tudo, também acompanhamos alguns dramas pessoais envolvendo os dois grupos que são aprofundados com o andar do enredo e, bem, traz muitas semelhanças com os falados animes de esporte em toda a estrutura de roteiro formada para criar uma rivalização entre os dois.

 

IDOLiSH7 pode ter certos exageros temáticos se formos comparar com animes de esporte normalmente, mas não podemos negar que coisas como HANEBADO! também contam (ô se contam) com esses exageros. No fim das contas você leitor pode até falar que "ah, tem outros animes que não são de esporte que tem tudo isso!!". Sim, tem, principalmente em shounen de batalha famosos, contudo o ponto está no desenvolvimento do enredo que, nesse aspecto competitivo como foco principal, querendo ou não uma comparação mais justa acaba sendo com, mais especificamente, os mangás de esporte voltados ao público mais jovem

 

 

Por enquanto é isso. Esse texto para por aqui porque falta ao redator toda a motivação de um atleta (ou idol) de buscar seus sonhos e fazer acontecer aquilo que buscam, porém assim como um personagem secundário que busca dar o seu melhor por mais difícil que seja, estou buscando aqui fazer vocês assistirem a IDOLiSH7

 

IDOLiSH7 tem sua primeira temporada disponível completinha aqui na Crunchyroll.pt. A segunda temporada estreia em abril, então estamos de dando o tempo necessário para acompanhar essa obra-quase-prima dos animes de esportes e com certeza obra-totalmente-prima dos animes de idols.


 

Talles Queiroz (TekeEfe) é redator de notícias da Crunchyroll.pt e estudante de Letras pelo IFSP. Sofrendo por personagens 2D desde sempre, escrevendo sobre esse sofrimento desde 2013. Para surtos mais pessoais, o Twitter é TekeEfe também.

 

Outras notícias principais

0 comentários
Sê a primeira pessoa a comentar!
Ordenar por: