[ENTREVISTA] Dublador do protagonista de The God of High School confessa que gritou em público quando soube que conseguiu o papel

Tatsumaru Tachibana fala um pouco sobre como é dar voz a Jin Mori

The God of High School

 

É preciso uma grande variedade de pessoas para dar vida a uma série de anime, e estamos aqui para destacar os talentosos criadores da mais série original da Crunchyroll, intitulada The God of High School, que estrou segunda-feira desta semana!

 

Todo mundo sabe que os personagens são o coração de uma história, e um dublador é muito importante em como esse personagem é visto pelo público. Tatsumaru Tachibana é relativamente novo no mundo da dublagem de animes, com seus dois papéis anteriores sendo de Toratarō Kobayashi em Case File nº221: Kabukicho e de Shinoki Tōshirō Yoshimitsu em Oda Cinnamon Nobunaga. Ele recentemente conseguiu um papel de destaque, ao ser escolhido para dar voz ao personagem principal de The God of High School, Jin Mori. Tivemos a oportunidade de conversar com Tachibana sobre sua experiência como dublador, a pressão que os novos dubladores enfrentam representando séries muito queridas pelo público e seus pensamentos sobre Jin Mori!

 

 

Como você começou a trabalhar com dublagem? Poderia nos contar sobre como conseguiu seu primeiro papel?

 

Minha carreira como dublador começou a sério quando fui contratado pela minha agência atual. Quando conseguiu meu primeiro papel, soltei um gritão "YEAAAAAAAAHH" com toda minha força.


Você sempre quis ser um dublador?

 

Eu estive interessado em dublagem desde criança. Meu pai era o líder de um grupo de teatro, então eu estava atuando em peças e tal desde os dez anos. Mais tarde, deixei o grupo para procurar por novos desafios... e aqui estou.

 

Você está recém no início de sua carreira como dublador, e já conseguiu o papel de protagonista em The God of High School! Poderia nos contar como foi o processo de sua escolha como personagem principal?


Eu participei de uma audição e, alguns dias depois, entraram em contato comigo me avisando que eu tinha conseguido o papel do Mori. Quando descobri, eu estava na rua, indo para casa depois do almoço... E mesmo com todas as pessoas ao redor, eu surtei e gritei: “Isso aí! Eu consegui mesmo?!" Nunca vou me esquecer desse dia.

 

The God of High School


Como você se sentiu ao receber a notícia que seria a voz do Jin Mori?


Fiquei extremamente feliz, é claro. Mas imediatamente depois disso, senti uma imensa pressão nos meus ombros. É uma série muito popular, e eu sabia que muitas pessoas teriam grandes expectativas. Segui dizendo para mim mesmo que daria tudo certo.


Você já conhecia o material original de The God of High School antes de começar a trabalhar no projeto?


Não conhecia direito. Eu não tinha ideia que uma história em quadrinhos tão interessante existia até o dia da minha audição. The God of High School se tornou disponível para leitura online no Japão apenas recentemente. Temos cerca de 130 capítulos disponíveis agora, mas ouvi dizer que há muito mais capítulos disponíveis em outros países! Mal posso esperar para ler mais.


Poderia nos falar um pouco mais sobre Jin Mori? Qual você acha que é sua maior motivação como personagem?


Depois de interpretá-lo no anime, eu diria que ele é motivado pela diversão de lutar contra oponentes fortes a fim de ficar mais forte. Eu não chegaria ao ponto de dizer que ele é obcecado por lutar, mas acho que lutar e ficar mais forte significam para Mori a mesma coisa que melhorar em um jogo ou esporte significa para muitos de nós. Claro, existem alguns momentos em que não é esse o caso.

 


Há alguma coisa do Jin Mori que você se identifica pessoalmente? Como você se preparava quando ia dublá-lo?


Penso comigo mesmo que vou dar o meu melhor. Eu estava tão nervoso durante a dublagem do primeiro episódio que o diretor de som entrou no estande pessoalmente para me acalmar. Depois disso, me disseram: "não esconda nada, apenas vá em frente", então decidi que se eu fosse longe demais ao atuar, alguém me repreenderia, então fiquei mais tranquilo desde então. O diretor Sunghoo Park também ordenou que eu improvisasse de vez em quando, e sinto que melhorei desde então. Foi um trabalho muito divertido!


É muito difícil criar novas vozes para os personagens você fez? Como você se certifica de que cada um é único?


Nunca peguei um papel pensando que preciso criar uma nova voz, então, se eu tivesse que dizer de um jeito ou de outro, não considero algo difícil para mim. Passo mais tempo pensando em como eu pessoalmente retrataria esse personagem em particular e a presença que eles têm, aí depois testo com minha voz e penso um pouco mais.


Poderia nos contar como é um dia típico de um dublador? Como são as seções de gravação?


Ainda sou muito novo neste trabalho para ter o direito de descrever o "dia típico de um dublador", então vou passar essa pergunta (risos). Sempre fico nervoso quando faço dublagens, mas também é muito divertido!

 


Se você participasse do torneio de The God of High School, que arte marcial você seria especialista?


Não gosto de dor, então usaria o aikido para evitar ataques e fugir dos meus oponentes.


Tem algum conselho para pessoas que querem trabalhar com dublagem?

 

A perseverança compensa! Eu senti isso particularmente fortemente neste setor de trabalho.


Gostaria de mandar alguma mensagem aos fãs do manhwa ao redor do mundo? E para as pessoas que estão assistindo ao anime?


Olá a todos! Eu sou Tatsumaru Tachibana! Estou tão empolgado com a transmissão quanto todos vocês! É um anime divertido, legal e repleto de batalhas intensas ao mesmo tempo! A arte e a música também são incríveis! Estou ansioso para assistirmos ao anime juntos! 

 

 

Vocês estão assistindo The God of High School? 
O que estão achando do anime?
Conte para nós nos comentários!

Leia também:
 
 
 

 

 

Créditos a Cayla Coats pela entrevista.


José S. (Skarz) é o editor-chefe da Crunchyroll.pt. Formado em Letras, não consegue se lembrar de um momento da sua vida em que mangás e animes não fizeram parte dela. Para assuntos relacionados à Crunchyroll Notícias, entre em contato clicando aqui.

Outras notícias principais

12 comentários
Ordenar por: