RECOMENDAÇÃO: Animes baseados em tokusatsu para quem curte FUUTO PI

Está gostando de FUUTO PI? Então confira esta lista!

 

FUUTO PI, anime baseado no mangá da série tokusatsu Kamen Rider W (Double), é um dos destaques desta temporada de verão. Aqui na Crunchyroll, você pode acompanhar a saga da dupla Shotaro & Philip com episódios inéditos legendados e a versão dublada que estreou recentemente por aqui. Além de FUUTO PI, você pode acompanhar outros animes baseados em tokusatsu – sejam sequências ou curiosas homenagens. Veja algumas das nossas dicas para adicionar à sua lista! Henshin!

 

SSSS.GRIDMAN


Se os personagens da fictícia cidade de Fuuto são carismáticos e investigam casos misteriosos, com certeza o espectador vai curtir SSSS.GRIDMAN. O anime foi exibido originalmente no Japão entre outubro e dezembro de 2018, totalizando 12 episódios. Trata-se de uma homenagem à série tokusatsu Denkou Choujin Gridman (1993~94) – que deu origem à adaptação americana, Superhuman Samurai Syber-Squad (1994~95), exibida aqui no Brasil pela extinta Rede Manchete, entre 1996 e 1997.


SSSS.GRIDMAN se passa cerca de 25 anos depois do final da série original e mostra Yuta Hibiki, um estudante que tem amnésia, unindo forças ao Gridman – que aparece com uma nova forma e podendo lutar fora do mundo dos computadores. Para ajudá-los, os amigos de Yuta resolvem criar a Aliança Gridman, a fim de deter os kaiju que aparecem na fictícia cidade de Tsutsujidai. O espectador não precisa necessariamente ter assistido a Gridman para entender o anime, funcionando como porta de entrada para a franquia da Tsuburaya. Para quem viu as duas séries clássicas citadas acima, vai notar referências e elementos (até mesmo de Ultraman), além de curtir um momento nostálgico reservado no último episódio.

 

 

SSSS.DYNAZENON


SSSS.DYNAZENON é o segundo anime do projeto Gridman Universe, exibido no Japão entre abril e junho de 2021, com mais 12 episódios. Nele, somos apresentados aos novos personagens Yomogi Asanaka, Yume Minami e os primos Koyomi Yamanaka e Chise Asukagawa, que se tornam alvo de um ataque de um kaiju e são salvos pelo misterioso Gauma. Os cinco jovens se unem para pilotar o robô gigante Dynazenon. A trama começa a girar em torno de um dos personagens que tem ligação com um grupo chamado Eugenicistas de Kaiju, que visam dominar os monstros gigantes através de suas habilidades especiais.


Dynazenon é uma releitura dos mechas God Zenon e principalmente de Dyna Dragon – a “reencarnação do T-rex japonês” -, que aparecem durante a série de Gridman. Ambos foram adaptados em Superhuman Samurai como Zenon e Drago, respectivamente. Em breve, os personagens de SSSS.GRIDMAN e SSSS.DYNAZENON se encontrarão no filme Gridman x Dynazenon, que ainda não tem data de lançamento. Portanto, vale a pena maratonar as duas séries na sequência!

 

 

GARO -VANISHING LINE-

 


Outro anime importante para entrar na vibe do tokusatsu é GARO -VANISHING LINE-, que está no catálogo da Crunchyroll desde sua exibição simultânea, que ocorreu entre outubro de 2017 e março de 2018. O título faz parte da franquia Garo, criada pelo prolífico diretor e designer de personagens Keita Amemiya, que é bastante conhecido por fãs de tokusatsu. O tema de abertura é interpretado pela banda JAM Project, liderada pelo grande Hirobobu Kageyama (cantor de Changeman, Maskman, Os Cavaleiros do Zodíaco e Dragon Ball Z), que empresta sua voz mais uma vez para o anel Zaruba.


Com 24 episódios, a trama se passa na fictícia Russel City (baseada em Nova Iorque), onde os Horrors planejam tocar o terror e assombrar os habitantes. Sword, um cavaleiro Makai que veste a armadura dourada de Garo, encontra uma pista sobre os Horrors. Mas sua missão muda de rumo quando aparece a garota Sophie, que busca a mesma pista que pode ter ligação com o desaparecimento de seu irmão. GARO -VANISHING LINE- é uma ótima série para apreciar a franquia e um prato cheio para quem curte suspense e terror.

 

 

KAIJU GIRLS

 


KAIJU GIRLS é outro anime de longa data aqui na Crunchyroll. A série de 2016 tem duas temporadas, totalizando 24 episódios com duração aproximada de 4 minutos. Faz parte das séries Ultra e, na ocasião, serviu como parte das celebrações dos 50 anos de Ultraman (1966~67). A série se passa em um mundo onde a luta entre os humanos e os kaiju havia terminado. Para enfrentar novas ameaças contra a era de paz, três recrutas da organização GIRLS – todas com 16 anos de idade – se unem para lutar com os poderes de antigos monstros gigantes do passado.


A série é uma comédia que apresenta três heroínas em estilo de antropomorfismo moe, que possuem os poderes de Agira, Miclas e Windom – os monstros de capsula do clássico Ultra Seven (1967~68). Mesmo que o espectador não seja fã desse estilo, vale a pena conferir. É um anime bem simpático que divulga elementos da franquia Ultraman com muito bom humor.

 

 

Miss KUROITSU from the Monster Development Department


E na última temporada de inverno, a Crunchyroll lançou o simulcast do anime Miss KUROITSU from the Monster Development Department, que tem 12 episódios exibidos entre janeiro e março deste ano. Baseada no mangá de Hiroaki Mizusaki, esta série é uma comédia sobre a Sociedade Secreta Agastia, que possui uma espécie de equipe de produção para decidir que tipo de monstro da semana vai atacar o país. A protagonista da série é a graciosa Toku Kuroitsu, que criou seu próprio monstro que foi rejeitado pela equipe de Agastia.


Esta série tem duas curiosidades que chamam atenção de antigos e novos fãs de tokusatsu. A primeira é a menção aos Local Heroes, que são personagens do estilo tokusatsu que realmente representam uma região particular do Japão. A outra é que, para cada episódio, tivemos as narrações dos astros veteranos Hiroshi Watari (Boomerman em Jaspion), Hiroaki Murakami (Skyrider em Kamen Rider – o revival de 1979), Ryosuke Kaizu (Red Mask em Maskman), Hiroyuki Takano (Barom One), Seiko Senoo (Metalder), Shouhei Kusaka (Jiban), Kohji Moritsugu (Ultra Seven), Daisuke Tsuchiya (Blue Beet em B-Fighter), Masaru Shishido (Oh Red em Ohranger), Takashi Hagino (Changéríon), Takumi Tsutsui (Jiraiya) e Daisuku Ban (Kikaider) – exatamente nessa mesma ordem. Ou seja, é um prato cheio para os aficionados por heróis do gênero, especialmente dos mais famosos no Brasil.

 

Love After World Domination

 


Para fechar esta lista, temos outro anime que estreou neste ano. Com apenas 12 episódios lançados entre abril e junho – na última temporada de primavera - Love After World Domination é uma comédia romântica que conta sobre o amor proibido entre Fudou Aikawa/Red Gelato, líder do Esquadrão Congelante Gelato Five, e a vilã Hellko.


Gelato Five é uma homenagem do autor Hiroshi Noda à franquia Super Sentai, que está na ativa desde 1975 – séries como Changeman e Flashman foram exibidas aqui no Brasil – e deu origem à franquia nipo-americana Power Rangers. Curiosamente, quem faz a voz de Hellko é a atriz e dubladora Mao Ichimichi (M.A.O), que, além de emprestar sua voz para personagens de animes como Akashic em Miss KUROITSU from the Monster Development Department, é lembrada por fãs de tokusatsu por interpretar a pirata espacial Luka Millfy/Gokai Yellow em Kaizoku Sentai Gokaiger, série Super Sentai de 2011 que à época celebrou os 35 anos da franquia.

 

 

E aqui na Crunchyroll você encontra outros animes com referências/homenagens ao tokusatsu como Nyarko-san: Another Crawling Chaos, Planet With, Cute High Earth Defense Club LOVE! e SUPER HXEROS. Qual dessas séries vai começar a maratonar? E qual o seu herói favorito? Conta pra gente nos comentários!

 


Este texto foi escrito por César Filho, do Blog Daileon, a convite da Crunchyroll. Você pode encontrá-lo no Twitter (@blogdaileon).

Outras notícias principais

7 comentários
Ordenar por: