O produtor Toshio Suzuki, do Studio Ghibli, anuncia aposentadoria

Co-fundador da companhia continuará na casa, mas com responsabilidades menores

Se você achava que o último baque no Studio Ghibli seria a aposentadoria de Hayao Miyazaki, você estava enganado. Toshio Suzuki, co-fundador do estúdio de animação, anunciou sua aposentadoria e irá assumir um papel bem menor na empresa. Yoshiaki Nishimura assumirá o papel de novo produtor daqui para frente.

 

Suzuki co-fundou o Studio Ghibli em 1985 com os diretores Hayao Miyazaki e Isao Takahata, e trabalhou como presidente. O antigo presidente da Walt Disney Japan, Kojii Hoshino, foi o sucessor do cargo de Suzuki em 2008, enquanto este foi renomeado como produtor de todos os filmes do estúdio. Graças as aparições frequentes em programas televisivos de Suzuki e seu programa dominical de rádio chamado Suzuki Toshio no Ghibli Asemamire, o jornal Sports Hochi o descreve como a "face de Ghibli".

 

 

O sucessor de Suzuki, Nishimura, fez sua estreia como produtor com o filme The Tale of Princess Kaguya, de Isao Takahata, que foi aos cinemas japoneses no último Novembro. Suzuki foi creditado pelo "planejamento de projeto" do filme, já que ele estava completamente focado na produção de Vidas ao Vento, último longa de Hayao Miyazaki.

 

Suzuki enfatizou que a sua decisão não tem nenhuma ligação com o anúncio de aposentadoria de Miyazaki. Ao contrário, ele disse torcer e querer ajudar na criação de uma nova era no Studio Ghibli, com a "força da juventude", como Yoshiaki Nishimura de 36 anos e Hirosama Yonebayashi, de 40.

 

 

Suzuki nasceu na Província de Aichi em 19 de Agosto de 1948. Ele se formou na Universidade de Keiko com bacharelado em Artes em 1972 e então participou da publicação Tokuma Shoten. Ele trabalhou na revista Weekly Asahi Geino antes de ajudar a lançar a revista Animage e trabalhar como segundo editor-chefe.

 

Suzuki estava editando a Animage quando Miyazaki começou a serializar o mangá Nausicaä do Vale do Vento. Suzuki participou do comitê de produção da Tokuma no subsequente filme de Nausicaä, e então participou da fundação do Studio Ghibli em 1985. Ele se mudou oficialmente da Tokuma Shoten para o Studio Ghibli em 1989 para produzir todos os filmes de lá para cá.

 

Suzuki estava na cerimônia de entrega do Oscar no último final de semana representando o filme Vidas ao Vento, que foi nomeado como Melhor Filme de Animação. Na cerimônia, ele revelou que Miyazaki queria fazer "Ponyo Parte II", porém, Suzuki insistiu que o diretor adaptasse o seu mangá Kaze Tachinu (Vidas ao Vento). Suzuki recebeu o prêmio de Melhor Filme de Animação no evento Japan Academy Prize por Vidas ao Vento na última sexta-feira.

 

Fonte: Anime News Network e Yahoo! Movies


DuckMustaine é redator da Crunchyroll.pt. Você pode encontrá-lo no twitter, no site HUE² e no site All Your Balls.

Outras notícias principais

0 comentários
Sê a primeira pessoa a comentar!
Ordenar por: