Após pagar multa por posse de pornografia infantil, Nobuhiro Watsuki volta a publicar Samurai X em junho

E multa menor do que deveria ser...

Em novembro do ano passado surgiu uma polêmica envolvendo o autor Nobuhiro Watsuki, de Rurouni Kenshin (conhecido no Brasil como Samurai X), que foi indiciado por posse de pornografia infantil, encontrada em seu escritório. Apesar do crime, no entanto, em fevereiro desse ano o autor apenas teve que pagar uma multa de 200 mil ienes, algo em cerca de 6 mil reais (menos dos que os 1 milhão de ienes que a lei japonesa prevê), e com isso conseguiu se manter em liberdade e voltará a publicar a continuação de seu maior sucesso ainda mais cedo que do que esperado.

 

Rurouni Kenshin: Hokkaido-hen (ou Samurai X: Arco de Hokkaido), mangá que teve publicação iniciada no Japão em setembro do ano passado, volta para as páginas da Jump SQ no dia 4 de junho. Para justificar o retorno, foi notificado no anúncio que o autor estaria vivendo uma vida de "reflexão e penitência", mas que o desejo dos fãs pela a história fez com que a Shueisha e Watsuki retornassem com a obra.

 

Como é possível observar, a lei japonesa ainda é muito leve em relação a crimes de pedofilia. A posse de conteúdo de pornografia infantil, caso pelo o qual Watsuki foi acusado, por exemplo, só foi considerada crime em 2014, com vigoração em 2015, ou seja, apenas três anos atrás. Considerando a situação, percebe-se claramente os motivos da pena de Watsuki ter sido da forma que foi, ainda mais para uma figura considerada tão importante dentro de um mercado como o de mangás, enorme no Japão.

 

 

A continuação de Rurouni Kenshin tem acontecimentos seguindo cinco anos após o fim da história original, publicada na revista Weekly Shounen Jump entre 1994 e 1999, totalizando 28 volumes, se tornando um título com grande popularidade não só no Japão, mas em todo o mundo. No Brasil, o mangá foi o primeiro mangá que começou a ser publicado pela editora JBC e anos mais tarde foi republicado, ambas as vezes por completo. Além do mangá, alguns spin-offs também foram publicados por aqui.

 

Fonte:  Comic Natalie


 

Talles Queiroz (TekeEfe) é redator de notícias da Crunchyroll.pt e estudante de Letras pelo IFSP. Sofrendo por personagens 2D desde sempre, escrevendo sobre esse sofrimento desde 2013. Para surtos mais pessoais, o Twitter é TekeEfe também.

Outras notícias principais

14 comentários
Ordenar por: