Assassins Pride, premiada light novel de ação e fantasia, ganha adaptação em anime

A série de ação e fantasia é publicada pela Kadokawa no Japão

Foi oficialmente anunciado no evento Fantasia Bunko Daikanshasai 2018, realizado em Akihabara no domingo, que uma adaptação em anime baseada na série de light novel de fantasia de batalha de Kei AmagiAssassins Pride, está em produção. Mais detalhes incluindo data de estreia e formato serão revelados em uma data posterior.

 

O autor recebeu o Grande Prêmio do 28º concurso Fantasia Taisho com o romance em 2015, em janeiro de 2016 seu primeiro volume foi lançado da primeira edição da Kadokawa Fujimi Fantasia Bunko. A série conta com nove volumes atualmente, incluindo uma coleção de histórias curtas, "Jardim Secreto". A adaptação em mangá da novel, ilustrada por Yoshie Kato, foi publicada na Ultra Jump da Shueisha desde sua edição de junho de 2017 e dois volumes encadernados já estão disponíveis no momento.

 

A história é ambientada em um mundo onde apenas os aristocratas são responsáveis por lutar contra os monstros usando seu poder chamado "Mana". Melida Angele é uma das jovens aristocratas que frequentam a escola de treinamento, mas ela é incapaz de usar esse poder. Para descobrir seu verdadeiro talento, um jovem chamado Kufa Vampeel é enviado para servir como seu tutor. Mas ele também tem uma tarefa secreta, assassiná-la se confirmar que ela não tem chances de despertar poderes compatíveis com seu status social.

 

Anuncio oficial no Twitter da editora:


Ilustrador da novel, Nino Ninomoto e do mangá,
Yoshie Kato, comemoraram o anúncio:

 


Capas do 1º e 8º volume da light novel

 

Capas do 1º e 2º volume do mangá

 

Fique ligado nas CrunchyNotícias e não perca nenhuma novidade!

 

Fonte: CRNews

©Kei Amagi/KADOKAWA CORPORATION 2018


Fábio[portuga] é redator de notícias para a Crunchyroll.pt e está acompanhando a versão em mangá da obra, ele gosta muito da arte e história, é um dos raros casos em que ele prefere a arte do mangá em relação a light novel. Visite o seu perfil e siga-o no Twitter: @portugassis. Clique aqui para ler outros posts do autor.

hit tracker

Outras notícias principais

11 comentários
Ordenar por: