Será que sai do papel? Square Enix está cogitando um serviço próprio de assinatura de jogos

Presidente da empresa revelou informação em entrevista

Hoje, muitas empresas estão investindo em serviços digitais de assinatura de jogos, uma delas é a Square Enix. Durante a E3 2019, o presidente da empresa, Yosuke Matsuda, revelou que há possibilidade de criarem seu próprio serviço. Em entrevista a Gameindustry, ao ser questionado sobre isso, já que agora que trabalham com o XBOX Game Pass, ele disse que a Square Enix está pensando sobre: "Ao fim do dia, a direção que estamos cogitando é ter nosso próprio canal". O Game Pass é um serviço de assinatura da Microsoft disponível no XBOX ONE, frequentemente chamado de "Netflix de jogos".

 

No entanto, Matsuda ainda disse que fazer algo assim necessitaria de preparo e investimentos "significantes", acrescentando que "ainda teríamos que considerar se trabalharíamos ou não apenas com nossos próprios títulos. Por enquanto, estamos oferecendo nosso jogos em diversos serviços de assinatura, incluindo o da Microsoft. Mas, eventualmente, eu acredito que devemos chegar em um momento em que teremos conhecimento o suficiente para criar nosso próprio serviço".

 

 

Em uma outra entrevista, com Siliconera e GameInformer, ao ser questionado sobre a possibilidade de todos os jogos da empresa ficarem disponíveis digitalmente, ele respondeu:

 

"Estamos trabalhando nisso de várias formas. Esse é um pedido que ouvimos muito. Para a maioria dos nossos grandes títulos, ainda temos variações que dá para jogar hoje. [Quanto] aos mais clássicos, que você deve ter jogado no NES, estamos ainda trabalhando para que seja possível jogá-los. Na verdade, lançamos um projeto interno dedicado a adaptá-los, então estamos tentando deixá-los disponíveis em outras plataformas. Com certeza, nesse percurso, gostaríamos de ver isso em um serviço de assinatura ou streaming, então estamos explorando a possibilidade de criar um canal dedicado a nós mesmos [à Square Enix]".

 

Ele também mencionou acreditar que as outras empresas seguem esse mesmo caminho, ressaltando que ainda não sabia qual seria a decisão final mas que a empresa quer "impulsionar" seu catálogo. Ainda assumiu que, para certos jogos, há alguns problemas em disponibilizar digitalmente pois há casos em que eles não sabem mais onde o código está. Yosuke explica, dizendo que "antigamente, você só fazia eles, colocava ali e pronto – não tinha que pensar como iria vendê-los depois. Às vezes, perguntam 'por quê vocês ainda não lançaram esse [jogo]?' e a resposta é porque não sabemos onde está".

 

Durante sua conferência na E3, a Square Enix anunciou vários jogos, inclusive trouxe novos vídeos e data de lançamento do esperado remake de Final Fantasy VII. A empresa hoje é fusão das japonesas Enix, fundada em 1945, e Square (também chamada Squaresoft), fundada em 1983. Ela é responsável por diversas grandes franquias de jogos, como Final Fantasy, Dragon Quest e Kingdom Hearts.

 

E você, assinaria um serviço da Square Enix? Conte para a gente nos comentários!

 

Fonte: Siliconera

© SQUARE ENIX


perfilLaura é graduada em Psicologia pela USP, redatora de notícias para a Crunchyroll.pt e eventualmente também escreve para o Nani. Entrou nessa de desenhos japoneses por causa de Cavaleiros do Zodíaco e está aí até hoje. Para surtos e reclamações mais pessoais, o Twitter é @gasseruto.

Outras notícias principais

7 comentários
Ordenar por: