Produtor de The Rising of the Shield Hero quer o seu voto no Anime Awards 2020

A série foi indicada em duas categorias!

Não dá para negar que The Rising of the Shield Hero foi um dos animes de maior sucesso de 2019. Tal sucesso é refletido nas indicações que o anime recebeu em duas categorias diferentes no Anime Awards 2020. Best Girl (Raphtalia, obviamente) e Melhor Trilha Sonora (Kevin Penkin, que também trabalhou em Made in Abyss). Então, se você é fã do anime, essa é sua oportunidade de demonstrar o seu amor por ele e votar!


The Rising of the Shield Hero, Naofumi and Raphtalia

 

Caso você precise de uma motivação para votar, Junichiro Tamura, o produtor da KADOKAWA para o anime, tem um recado:

 

Muito obrigado a todos por todo apoio que demonstraram no ano passado por The Rising of the Shield Hero.


Todos os funcionários do estúdio Kinema Citrus, e toda equipe técnica, todo mundo colocou todo seu coração e alma nesse projeto, para criar a melhor série possível. Acredito que devido ao fato de gente de todo o mundo assistir à série por meio da Crunchyroll e outras mídias a faz brilhar ainda mais.


Shield Hero é um anime que busca uma forma de retratar como alguém reagiria quando jogado em um mundo completamente desconhecido, sobre como enfrentaria uma vida inteiramente diferente. Transmitir a importância de acreditar em si próprio e seus amigos quando o mundo todo se vira contra você era vital — e fizemos isso. Meus colegas e eu estávamos preparados quando mergulhamos de cabeça na série, preparados para quaisquer críticas que surgissem no caminho. É por isso que acho muito encorajador que os espectadores de todo o mundo assistiram ao nosso anime e viram nosso esforço, sou muito grato. Sabemos que vocês estão ansiosos por uma continuação... E estamos trabalhando muito duro para trazê-la!


Ficaríamos muito contentes se pudessem demonstrar seu apoio mais uma vez votando em The Rising of the Shield Hero!


a surprise comes your way!

 

Você vai votar em The Rising of the Shield Hero?

Conte para nós nos comentários!

 


via Daniel Dockery

Outras notícias principais

3 comentários
Ordenar por: