Toshio Suzuki, produtor do Estúdio Ghibli, disse que “Hayao Miyazaki não sabe o que são serviços de streaming”

O célebre estúdio de animação está com 21 filmes disponíveis na Netflix

Howl's Moving Castle

 

No dia 7 de março, durante um evento sobre o álbum de fotos d’A História do Museu do Ghibli, o produtor e ex-presidente do estúdio, Toshio Suzuki, participou de uma palestra para falar do museu e do estúdio de animação como um todo. Ao final da palestra, abriram uma sessão de perguntas e respostas e um dos tópicos foi a distribuição dos filmes do Estúdio Ghibli via digitalmente e por que o “banimento” foi retirado para que empresas como a Netflix pudesse colocar os filmes do estúdio em seus catálogos.

 

Toshio Suzuki

 

Suzuki, que é mais voltado ao lado financeiro do Estúdio Ghibli foi direto ao ponto ao explicar que “o banimento da distribuição digital” foi retirado “para que pudessem ganhar dinheiro para a produção de mais filmes”. Hayao Miyazaki, que anteriormente havia anunciado que iria se aposentar após terminar Vidas ao Vento, vai dirigir mais um filme para o estúdio. Com o título de How Do You Live?, o filme estava só 15% completado até dezembro de 2019. Suzuki falou: “Hayao Miyazaki está trabalhando no filme, mas isso leva muito tempo e dinheiro, é claro.”

 

Continuando, Suzuki disse que “Hayao Miyazaki não sabe o que são serviços de streaming. Ele não possui nenhum computador ou celular.” Suzuki então explicou a ele do que se trata esses serviços e conseguiu convencê-lo a retirar o banimento para serviços digitais e vendeu os direitos de streaming para o catálogo de filmes de anime de empresas estrangeiras.

 

No tópico sobre o porquê escolheram a Netflix para ter os direitos de distribuição dos filmes do estúdio fora do Japão e dos Estados Unidos (na América do Norte, os filmes estão disponíveis pelo canal HBO MAX, em parceria com a GKIDS), Suzuki explicou que apesar de já ser um homem de idade, é um homem que gosta de tecnologia e que “está interessado nos novos filmes que estão sendo produzidos pela Netflix. Certamente mais filmes serão criados por eles. Como produtor de filmes, mesmo achando que cinemas e DVDs são importantes [para o lançamento de um filme], eu creio que [a distribuição digital] também seja importante.”

 

Spirited Away

 

Desde fevereiro, a Netflix lançou 21 filmes do Estúdio Ghibli em seu catálogo, sendo a primeira leva chegou no primeiro dia de fevereiro, e o restante agora no dia primeiro de março. O único filme que ficou fora da aquisição foi O Túmulo dos Vagalumes, por seus direitos de distribuição estarem nas mãos de outra empresa de distribuição.

 

© 2001 Studio Ghibli - NDDTM

© 2004 Studio Ghibli - NDDMT

Via: CRNews

 



Samir “Twero” Fraiha é redator de notícias da Crunchyroll.pt. Formado em Letras e em Artes Visuais, curte animes, mangás e games desde os 5 anos e é fã dos jogos da CyberConnect2. É bem ativo no Twitter como @Twero e também gosta de gravar e editar podcasts.

Outras notícias principais

2 comentários
Ordenar por:
Hime banner

Experimenta a nova Crunchyroll Beta

Quero experimentar