Japão Submerso, anime de produção da Netflix em parceria com o estúdio Science SARU, ganhará filme de compilação

Anime estreou mundialmente no dia 9 de julho desse ano.

 

Foi divulgado no site do anime Japão Submerso (Japan Sinks: 2020), que a série de dez episódios será compilada em um filme no Japão. O longa-metragem tem estreia marcada para o dia 13 de novembro nos cinemas japoneses. O anime original estreou mundialmente na Netflix no dia 9 de julho desse ano.

 

Masaaki Yuasa (DEVILMAN crybabyKeep Your Hands Off Eizouken!) dirigiu o anime junto de Pyeon-Gang Ho (roteiro e direção de episódios em School-Live!Sword Art Online), com roteiro escrito por Toshio Yoshitaka (Dragon Ball Super). A trilha sonora é de kensuke ushio (DEVILMAN crybabyPing Pong). O design de personagens é de Naoya Wada (direção de episódios em DEVILMAN crybaby). A produção é do estúdio Science SARU.

 

Nihon Chinbotsu é originalmente um livro escrito por Sakyo Komatsu lançado em 1973. A obra originou dois filmes live-action desde sua publicação, um lançado no mesmo ano do livro e outro em 2006. Além dos filmes, o livro foi adaptação para uma série live-action e também para dois mangás, sendo que um deles foi feito por Takao Saito, autor do clássico Golgo 13. A obra é considerada um clássico da ficção científica no Japão.

 

Confira abaixo a imagem promocional de divulgação do filme:

 

 

A nova história tem acontecimentos no Japão moderno, mais especificamente no ano de 2020. Anteriormente, a história coincidiria com o acontecimento das Olimpíadas de Tóquio, detalhe que foi removido devido ao adiamento do evento para o ano que vem. A sinopse da Netflix traz a base da história do título como "Uma família luta para sobreviver a terremotos catastróficos que estão afundando o Japão".

 

Fonte: Anime News Network

 


Talles Queiroz (TekeEfe) é redator de notícias da Crunchyroll.pt e estudante de Letras pelo IFSP. Sofrendo por personagens 2D desde sempre, escrevendo sobre esse sofrimento desde 2013. Para surtos mais pessoais, o Twitter é TekeEfe também.

 

Outras notícias principais

3 comentários
Ordenar por: