RANKING: Mangás mais vendidos no Japão entre 15 e 21 de fevereiro

Como é de praxe, a Shueisha aparece dominando a lista

 

O portal Oricon divulgou recentemente a lista dos mangás mais vendidos no Japão na semana entre o dia 15 de fevereiro e o dia 21 de fevereiro de 2021. O volume mais recente de KAGUYA-SAMA: LOVE IS WAR chegou com tudo, já ocupando o primeiro lugar da lista de mangás mais vendidos da semana. Apesar disso, o volume 21 (120.724 cópias) vendeu um pouco menos do que o volume 20 (161.263 cópias) em sua semana de lançamento — mas ainda assim, esse não é o número mais baixo de vendas para um volume da série na semana do lançamento, tendo em vista que o volume 18 vendeu 102.183 cópias na primeira semana. A surpresa da semana é o aparecimento do volume 10 de Dungeon Meshi no quarto lugar da lista. 

 

Abaixo, é possível conferir os 10 mangás mais vendidos na semana:

 

Título

Editora

Lançamento

Cópias vendidas

KAGUYA-SAMA: LOVE IS WAR Vol. 21

Shueisha

Fev/2021

120.724

JUJUTSU KAISEN Vol. 14

Shueisha

Jan/2021

120.028

Demon Slayer Official Fanbook: Kisatsutai Kenbunroku Vol. 2

Shueisha

Fev/2021

117.880

Dungeon Meshi Vol. 10

KADOKAWA

Fev/2021

110.236

JUJUTSU KAISEN Vol. 8

Shueisha

Jan/2020

108.721

JUJUTSU KAISEN 0: Tokyo Toritsu Jujutsu Koutou Senmon Gakkou

Shueisha

Dez/2018

107.858

JUJUTSU KAISEN Vol. 9

Shueisha

Jan/2020

105.251

JUJUTSU KAISEN Vol. 10

Shueisha

Mar/2020

103.484

JUJUTSU KAISEN Vol. 7

Shueisha

Out/2019

103.283

JUJUTSU KAISEN Vol. 13

Shueisha

Out/2020

101.649

 

Vale lembrar que os números de cópias vendidas citados acima são apenas dos volumes que foram vendidos durante a semana, e não o número total de vendas daquele volume em específico. Para conferir o ranking de mangás mais vendidos no Japão de semanas anteriores, clique aqui.

 

 

Fonte: Oricon via Erzat.blog


José S. (Skarz) é o editor-chefe da Crunchyroll.pt. Formado em Letras, não consegue se lembrar de um momento da sua vida em que mangás e animes não fizeram parte dela. Você pode encontrá-lo no Twitter em @_skarz.

Outras notícias principais

4 comentários
Ordenar por: