Visando a “segurança de seus consumidores”, Pokémon Center no Japão não venderá novas cartas de Pokémon em suas lojas físicas

Quem estiver interessado, terá que se arriscar no sistema de loteria do Pokémon Center Online

Pokémon cards

(Foto de: Daryl Harding)

 

Ultimamente, tem ficado cada vez mais difícil conseguir novas cartas de Pokémon. Após a loucura que andou acontecendo pelos Estados Unidos, onde lojas físicas estavam se recusando a vender cartas em seus estabelecimentos, parece que esse problema atingiu o Japão também. O site do Pokémon Center japonês informou através de um comunicado que as novas coleções, previstas para serem lançados no dia 28 de maio de 2021, serão vendias apenas via digital no Pokémon Center Online, não estando disponíveis para vendas nos Pokémon Center físicos espalhados pelo país.

 

 

 

 

A empresa informou que as novas coleções “não estarão a venda nos Pokémon Centers e Pokémon Stores, apenas via sistema de loteria no Pokémon Center Online para que os consumidores possam realizar suas comprar com segurança. As vendas de alguns produtos voltarão a serem feitas em estabelecimentos físicos quando a produção tiver estabilidade.” A pré-venda para a nova coleção começaram no dia 7 de maio e, segundo o comunicado, viram um tráfego anormal de transações, o que deixou o site com instabilidade e precisaram interromper a pré-venda.

 

Esta situação não é exclusiva do Japão, com a conta Play Pokémon anunciando que estavam tendo problemas para produzir a quantidade de cartas que atendesse uma demanda sem precedentes, além de outros problemas que vieram à tona em fevereiro deste ano.

 

Apesar do comunicado se restringir ao problema de demanda das cartas, alguns Pokémon Center, como os localizados em Tóquio, estão fechados por conta do estado de emergência que está em vigor no Japão por conta do coronavírus. Assim, colocar as cartas a vendas apenas online (via sistema de loteria), ajuda a proteger as pessoas contra a COVID-19 e de scalpers (pessoas que compram várias cópias de um produto a fim de gerar escassez e revender a preços exorbitantes no mercado cinza), além do fato das pessoas não poderem ir aos Pokémon Center físicos, visto que estão fechados.

 

Então, caso você more no Japão e é um aficionado pelas Estampas Ilustradas de Pokémon, o melhor a se fazer agora é tirar a Ponyta da chuva e aguardar.

 

Leia também:

 

Fonte: CRNews

 

 


Samir “Twero” Fraiha é redator de notícias da Crunchyroll.pt. Formado em Letras e em Artes Visuais, curte animes, mangás e games desde os 5 anos e é fã dos jogos da CyberConnect2. É bem ativo no Twitter como @Twero e também gosta de gravar e editar podcasts.

Outras notícias principais

0 comentários
Sê a primeira pessoa a comentar!
Ordenar por:
Hime banner

Experimenta a nova Crunchyroll Beta

Quero experimentar