Koichi Sugiyama, compositor dos jogos de Dragon Quest, faleceu aos 90 anos

Apesar de figura controversa, as músicas compostas por Sugiyama estão entre algumas das mais influentes da cultura pop de todos os tempos

Dragon Quest

 

O site oficial de Dragon Quest anunciou hoje que o compositor Koichi Sugiyama faleceu no dia 30 de setembro devido a um choque séptico, aos 90 anos de idade. Sugiyama ficou conhecido por ser o compositor original da série Dragon Quest, tendo criado mais de 500 músicas para a franquia, incluindo até composições criadas para o jogo Dragon Quest XII: The Flames of Fate, o próximo jogo da franquia e o último em que ele trabalhou. Um funeral dedicado a Sugiyama foi feito para sua família e amigos próximos.

 

Koichi Sugiyama nasceu em Tóquio no dia 11 de abril de 1931 e desde pequeno começou a compor músicas. Ele se formou pela Universidade de Tóquio com todas as honrarias em 1958 e entrou no ramo do entretenimento com a Nippon Cultural Broadcasting. Depois, ele foi para a Fuji TV como um diretor. Daquele ano em diante Sugiyama seguiu como freelance focado em música, sendo requisitado para criar músicas para animes como Cyborg 009, Science Ninja Team Gatchaman: The Movie e muitos outros.

 

Sugiyama começou a trabalhar na Enix depois de enviar para a desenvolvedora de jogos uma carta de fã para um jogo de Shogi para PC, o que levou a equipe a convidar o famoso compositor a compor músicas para seus jogos, incluindo o primeiro jogo Dragon Quest, função que ele continuou até sua morte. Desde então, Sugiyama criou músicas para todos os jogos Dragon Quest e detém o título de primeiro compositor de videogame a gravar com uma orquestra completa ao vivo.

 

Devido ao seu sucesso e da franquia Dragon Quest, Sugiyama foi condecorado em 2018 com a 4ª Classe da Ordem do Sol Nascente, a chamada de Raios Dourados com Roseta, pelo governo liderado pelo então primeiro-ministro Shinzo Abe. Em seguida, ele chegou a ser escolhido como Pessoa de Mérito Cultural pelo governo liderado pelo sucessor de Shinzo Abe: Yoshihide Suga. O tema principal que ele criou para Dragon Quest abriu o Desfile das Nações nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

 

Koichi Sugiyama

Imagem via site oficial de Dragon Quest

 

Fora do mundo de composição musical para videogames, Koichi Sugiyama foi um ativista político no Japão. Ele foi membro do Instituto Japonês pelos Fundamentos Nacionais, um gabinete de direita que promove a emenda do Artigo 9 da Constituição do Japão e que se opõe à visão de mundo de que o Japão considerou as mulheres coreanas como mulheres de conforto durante a Segunda Guerra Mundial, além de ter trabalhado de perto com os governos de Abe e de Suga sobre propostas políticas.

 

Sugiyama expressou sua opinião sobre a questão, sendo cossignatário de "The Facts", um anúncio de página inteira no The Washington Post publicado em 14 de junho de 2007, que discordava da Resolução 121 da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, uma resolução que pedia ao governo japonês um pedido oficial de desculpas por seu envolvimento com as mulheres consoladoras. Sugiyama também nega que tenha ocorrido o Massacre de Nanjing. Ele tentou colocar um anúncio no The Washington Post e no New York Times dizendo que os “300.000 mortos nas mãos dos militares japoneses em Nanjing não são fatos”, mas foi negado por ambos os jornais.

 

Ele também dizia ser contra a educação LBGT nas escolas japonesas, imitando os argumentos do político conservador Mio Sugita, com quem apareceu junto em um programa de variedades japonês dizendo que os membros LGBT da sociedade eram "improdutivos" porque não geravam filhos. Posteriormente, Sugiyama declarou em uma postagem em seu site que as pessoas LGBT são “irracionalmente discriminadas” e que o poder do governo deveria ajudar nessas situações.

 

As criações musicais de Sugiyama para mundo dos videogames serão lembradas no mundo todo.

 

 

Fonte: CRNews


Samir “Twero” Fraiha é redator de notícias da Crunchyroll.pt. Formado em Letras e em Artes Visuais, curte animes, mangás e games desde os 5 anos e é fã dos jogos da CyberConnect2. É bem ativo no Twitter como @Twero e também gosta de gravar e editar podcasts.

Outras notícias principais

0 comentários
Sê a primeira pessoa a comentar!
Ordenar por:
Hime banner

Experimenta a nova Crunchyroll Beta

Quero experimentar